The Voice US – 10×25/26 – Semifinal

the-voice-10x2526

Continua após as recomendações

Estamos chegando nos momentos decisivos de The Voice US, e essa semana o massacre rolou solto. Dos oito sobreviventes, quatro acabaram sendo eliminados, restando então os finalistas da temporada. Vamos convir que não foi nada fácil, pois essa semana praticamente todos vieram com performances destruidoras, digna para se classificar.

Para essa semifinal, os coaches contaram com a presença da cantora P!nk, como mentora de seus pupilos. No programa de terça a nova coach do programa, Alicia Keys, apresentou seu mais recente single. Chega de papo e vem com a gente conferir como foi essa penúltima semana de season 10.

Continua após a publicidade

PERFORMANCES

 

Shalyah Fearing – “And I Am Telling You I’m Not Going”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=NUG1WEJkfew[/youtube]

Bernardo: Uma estrela nasce diante dos nossos olhos!!! Simplesmente sem palavras para descrever a imensa qualidade da Shalyah nessa performance. Pode ser que tenha guardado o melhor para agora, justamente para causar impacto, mas seja como for, não tem como negar que isso aqui foi espetacular.

Edu: MEU DEUS DO CÉU! Aquela Shalyah destruidora dos playoffs voltou, e eu não estou sabendo lidar nenhum pouco com isso. Alguém me tira do chão, por favor? Essa foi simplesmente sua melhor apresentação na competição, mostrando que ela ainda tem grandes chances sim de ser finalista. Estou arrepiado, emocionado, sem saber lidar com esse samba feat tiro todo.

Let: MARAVILHOSAAAA! Duas semanas seguidas com Shalyah me deixando no chão. Também concordo que foi a melhor apresentação da moça na competição, e isso me deixa é bem feliz, afinal ela ainda tem potencial para nos deixar boquiabertos.  

Lucas: Gente do céu, chega até ser sacanagem começar a noite dessa forma. Shalyah destruiu demais com essa performance gente! O que foi isso? Quer dizer que compensou a espera né? Porque essa foi a melhor dela nas últimas semanas.

 

Alisan Porter & Adam Wakefield – “Angel From Montgomery”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Cr5yWfKpsvk[/youtube]

Bernardo: Não teve toda aquela força que a Shalyah teve para abrir essa noite de apresentações, mas o importante é que Alisan e Adam trouxeram algo tão leve, tão emocionante, que me vi perdido nos pensamentos da vida com esses dois. Delícia de performance!

Edu: Eis que, respectivamente, primeira e segundo colocados dessa season vieram com esse dueto maravilhoso. Foi a coisa mais linda de se ver, é incrível a uniformidade desses dois juntos. Eu simplesmente fechei meus olhos aqui, e me deixei levar pela música.

Let: Não achei maravilhoso, mas gostei bastante. Essa mistura de Alisan com Adam poderia muito bem render algum single no futuro, hein?!

Lucas: E o primeiro dueto da noite também foi lindeza demais! Como as vozes ficaram lindas juntas gente. Não imaginei que fossem combinar tanto, mas foi maravilhoso!

 

Paxton Ingram – “I’d Do Anything For Love (But I Won’t Do That)”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=VvEnKwq4u_U[/youtube]

Bernardo: Depois de uma semana tão promissora, Paxton consegue esculhambar tudo novamente e mostrar que é um dos candidatos mais irregulares que tive o desprazer de assistir nessa competição.

Edu: A única coisa que sou capaz de dizer, é que dessa semana ele não passa.

Let: Poxa Paxton, sempre essa inconstância, migo? Assim não dá para te defender mesmo.  

Lucas: Sou obrigado a concordar contigo Duh, acho que definitivamente essa foi a última do Paxton.

 

Laith Al-Saadi – “One And Only”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=vRW3JistcGo[/youtube]

Bernardo: Não foi ruim, na verdade foi bem longe disso, porque por mais que Laith erre em determinados momentos, ele ainda possui sua grande voz como amparo. Entretanto, eu esperava um pouquinho mais dele nessa reta final, seja com um arranjo diferente ou algo que pudesse me surpreender de outra maneira.

Edu: Essa é uma das minhas músicas prediletas de dona Adele, e a forma como Laith a interpretou foi bastante interessante. Ele deu um toque de singularidade, e o resultado ficou bom, mas tenho que admitir que não foi sua melhor performance. Quem acompanha nossos coments aqui, sabe que o rapaz é um dos meus candidatos favoritos dessa temporada, mas depois dessa, francamente, eu não sei se ele chega até a final.

Let: TÔ NO CHÃO CHORANDO! Já deixei bem claro que Laith é a minha voz favorita da competição, e semana após semana ele não cansa de deixar essa torcida ainda mais forte. O cara foi lá e pegou minha música favorita de dona Adele, e a deixou melhor ainda. Foi demais, sei nem o que dizer mais!

Lucas: Estava na certeza que seria o primeiro tropeço do Laith, mas foi o contrário. Como de costume, ele não decepcionou e, embora não tenha sido sua melhor performance na competição, conseguiu colocar seu estilo próprio e maravilhoso nessa delícia de música da menina Adele. Adorei a performance, e é mais uma dele que vou deixar guardada aqui.

 

Bryan Bautista & Mary Sarah – “Break Free”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=d9tvnnnU22g[/youtube]

Bernardo: Não gostei nenhum pouco disso aqui. Mary estava fora da música durante todo o tempo, visto que esse não é o seu gênero, e o resultado final acabou ficando um pouquinho estranho. Bryan até que estava no caminho certo, mas como isso é um dueto, eles têm que funcionar juntos, não é?

Edu: Gente, eu simplesmente amei esse dueto. Primeiramente pela incrível sintonia, e até mesmo toques de sensualidade entre eles, mas principalmente por outro fator. Mary Sarah, pela primeira vez na competição, investiu numa canção pop. E essa apresentação foi a prova clara a versatilidade dela, que reinou aqui, e que é tão boa nesse estilo como costuma ser no country.

Let: Há tempos estou torcendo para Mary Sarah sair do country, e que bom que ela fez isso logo com esse dueto delicinha. Amei essa mistura!

Lucas: Pra ser bem sincero não consegui gostar muito não viu?! Talvez pelo fato de não ser assim tão fã dessa música.

 

Alisan Porter – “Desperado”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=9wb7HqVNuKg[/youtube]

Bernardo: Essa apresentação teve tudo – emoção, a qualidade da voz da Alisan, a capacidade de prender o telespectador, uma escolha musical sensacional e tudo feito de uma maneira bem acabada e brilhante. Fazia bastante tempo que não assistia uma apresentação no The Voice, com tamanha qualidade.

Edu: Providenciem um desfibrilador pra mim, por gentileza. Alisan veio com uma música belíssima, cantando de forma magistral, sem exageros, e toda trabalhada na serenidade. Ela tem o dom de tocar e emocionar com suas apresentações, e já está ficando chato elogiá-la. Assim como aconteceu com Jordan na temporada passada, não consigo mais encontrar adjetivos para definir a RAINHA.

Let: Essa música gente, ESSA MÚSICA É MARAVILHOSA! Gostei da versão de Alisan, ela foi poderosa, valorizou sua voz, mas impliquei com a puxada country, sei lá. Quem está acostumado a ler meus coments aqui, sabe que eu tenho uma cantora japonesa que amo demais, e sempre que vejo alguém cantar algo que ela cantou também, gosto de comparar e, para variar, a linda Shiho Ochi foi melhor. Vejam aqui.

Lucas: Que mulher maravilhosa gente! Foi uma daquelas performances que arrepiou do começo ao fim. Música linda, e a voz dela estava daquele jeito impecável de sempre. Nem tem muito o que dizer, a não ser de que ela é a dona da temporada.

 

Hannah Huston & Laith Al-Saadi – “Knock On Wood”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=dNFD5IMTqYA[/youtube]

Bernardo: Eu reitero meu reconhecimento pelo talento do Laith, mas infelizmente nem ele foi capaz de salvar esse dueto da vergonha alheia.

Edu: Ai gente, amo os dois de paixão, mas esse dueto não casou. Aliás, não sei o que está acontecendo com Laith essa semana, pois por aqui, Hannah levou a apresentação toda nas costas.

Let: Os meus preferidos em um dueto, e eu já achava que seria puro lacre. Pena que não deu nada certo.

Lucas: Outro dueto que pra mim também não rolou. Senti uma falta de sintonia aí entre os dois.

 

Adam Wakefield – “I’m Sorry”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=SSg2xHumQs0[/youtube]

Bernardo: Eu venho dizendo e reiterando essa qualidade que o Adam tem. É uma capacidade única que ele tem de me fazer parar tudo o que estou fazendo, para escuta-lo cantar e ve-lo se apresentando. Não posso aceitar outro resultado, além dele na final.

Edu: Como sabem, eu não morro de amores por Adam, mas tenho que admitir que essa apresentação foi a coisa mais linda de se ver. Amo performances, em que o piano está sempre em evidência. Na hora que ele chegava no refrão, toda vez me arrepiava todo aqui. Assim como Alisan, Adam também já tem vaga mais que garantida na final.

Let: Foi de arrepiar de tão lindo. Adam tem uma voz maravilhosa e poderosa, que sempre me deixa no chão. Foi lindo demais!

Lucas: Mais do que aceitável a música ter pulado pra segunda posição do iTunes, gente. Foi uma performance maravilhosamente linda! A melhor do Adam na competição, e olha que se não me engano disse isso da performance da semana passada. Adam é mais um que ataca apenas com sua voz, sem muitas grandezas nas apresentações, e é mais do que o suficiente pra lhe mandar direto pra final. Foi lindo!

 

Bryan Bautista – “Hurt”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=CJzSleqkhQM[/youtube]

Bernardo: A melhor apresentação do Bryan em toda a sua passagem por esta temporada. Fiquei um pouco preocupado, por ele ter que fazer um grande esforço para comover o telespectador, pois isso tem que sair do cantor com a maior naturalidade do mundo. Mas é uma evolução tão grande, tão impressionante, que não consigo levar muito em conta os problemas.

Edu: Essa é uma das melhores e mais intensas músicas da Xtina, que sempre mexe comigo toda vez que ouço. Bryan soube transmitir, mesmo que no seu modo, toda a melancolia que a mesma exige. Na minha opinião, essa foi uma das suas melhores apresentações na competição, me deixou totalmente desconcertado e comovido.

Let: Bryan vem em uma evolução incrível, e trouxe sua melhor apresentação no programa até agora, eu amei demais. Já torço muito para o cara chegar até a final, pelo menos.

Lucas: Quando o Duh comentou que ele tinha cantado essa música fiquei meio com o pé atrás, mas olha, Bryan teve um de seus melhores momentos no programa, se não o melhor. A performance foi tão intensa, tão emocionante, que precisei de uma pausa quando o cara terminou.

 

Paxton Ingram & Shalyah Fearing – “Masterpiece”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=uWPuxPDp00M[/youtube]

Bernardo: Vocês vão me desculpar o trocadilho, mas isso aqui não chegou nem perto de uma obra prima, muito pelo contrário.

Edu: Ai gente, essa é a minha segunda música favorita de Jessie J, e eles simplesmente estragaram, com uma performance toda bagunçada. Fiquei bem chateado, sabe?

Let: Tava tudo errado.

Lucas: Pra mim ficou mais parecendo que estava rolando uma disputa de quem gritava mais ali, e olha que estava um pouco empolgado com esse dueto, mas não consegui gostar.

 

Mary Sarah – “I Told You So”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=aX4kUraPjN4[/youtube]

Bernardo: Admiro a vontade de inventar e de encantar o telespectador, principalmente por trazerem os violinos, mas Mary não conseguiu me ganhar desta vez. Uma pena.

Edu: Vou admitir que não foi sua melhor performance, mas Mary tem evoluído e se destacado tanto desde que começaram os live shows, que isso não me incomodou nenhum pouco. Apesar disso, acredito que não será o bastante para levá-la até a grande final, na próxima semana.

Let: A eu amo Mary, e adorei essa performance. Ela tem um jeito único de transmitir emoção, de interpretar a música, não tem como não ser fã.

Lucas: Gente, pronto… Mary me conquistou depois dessa. Eu sou apaixonado por essa música, desde quando minha MARAVILHOSA Carrie Underwood cantou no American Idol, ao lado de Randy Travis e, pra mim, Mary não decepcionou em nenhum momento. A voz dela estava linda, e a guria conseguiu transmitir toda a emoção da letra. Achei a performance maravilhosa, minha preferida da noite!

 

Hannah Huston – “When A Man Loves A Woman”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=OrTCjntO3_s[/youtube]

Bernardo: Essa música é um clássico da música mundial, isso quer dizer que qualquer pessoa responsável por produzi-la, teria essa responsabilidade também. Apesar de Hannah não ter feito AQUELA apresentação, foi algo agradável de se assistir sem muitos problemas.

Edu: Essa música é simplesmente sensacional, e Hannah soube usá-la na medida certa, e na sua maneira. Eu curti cada momento, a intensidade usada por ela e tudo mais. Se antes ela já tinha chances de ser finalista, agora então que isso não está fora da jogada.

Let: Hannah é a minha voz feminina favorita, e ela só confirmou seu favoritismo comigo depois dessa apresentação destruidora. Foi maravilhoso demais!

Lucas: Eu estava achando a performance muito boa, que Hannah tinha conseguido manter o mesmo ótimo nível das últimas semanas, mas quando a música foi chegando no final e ela estava lá quase ajoelhada no chão soltando aquelas notas absurdas, cheguei a assustar aqui. Pra mim foi a melhor dela na competição, senti que ela conseguiu dar um belo salto positivo em relação a suas apresentações anteriores.

 

BOTTOM

 

Mary Sarah – “Something In The Water”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=6hokfwdnmsc[/youtube]

Bernardo: Num momento tão decisivo da competição como esse aqui, confesso que esperava um pouquinho mais de Mary. Na verdade, senti que ela já estava um pouquinho desmotivada por estar ali.

Edu: Eu até gostei da performance de dona Mary Sarah, mas por ser o último bottom da temporada, esperava um pouco mais.

Let: Poxa Mary, eu também esparava mais.

Lucas: Depois daquela performance maravilhosa na noite anterior, Mary me deu uma baita decepcionada. Essa é uma ótima música da Carrie, e pra mim ela não conseguiu fazer um bom trabalho. Pode ter sido o nervosismo, mas não funcionou mesmo.

 

Bryan Bautista – “Adorn”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=LdmV64eRB3M[/youtube]

Bernardo: Bryan e a sua capacidade de surpreender, de encantar e mostrar seu valor, mesmo que estejam duvidando dele. Aprendi a gostar da sua maneira de se apresentar, mas o melhor disso tudo é que não precisei fazer nenhum esforço, ele conseguiu essa admiração por mérito próprio.

Edu: Gente, o que está acontecendo com Bryan essa semana? Amei essa performance dele para tentar garantir o Instant Save, toda cheia de alto astral, e quase me levantei aqui para dançar. Imagina ele se tornando o quarto finalista? Aí sim isso seria um baita plot twist.

Let: Como falei antes, Bryan está em uma evolução incrível. E essa foi mais uma apresentação inesquecível para o seu currículo.

Lucas: Foi uma performance bem gostosa de assistir. Fiquei um pouco surpreso com ele aí no bottom, mas como Let disse, o cara teve uma evolução incrível ao longo da temporada, e isso com certeza vai lhe ajudar na carreira.

 

Laith Al-Saadi – “All Along The Watchtower”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=NMHjEtJCzUM[/youtube]

Bernardo: Agora eu fico extremamente dividido por ter adorado a apresentação do Bryan, mas ter sentido que o Laith voltou a ser aquilo que era desde o começo.

Edu: ALGUÉM ME DIZ POR QUE LAITH NÃO APRESENTOU ESSA MÚSICA NA NOITE ANTERIOR? O cara voltou a ser aquele act que me cativou desde as blinds, e que me fez torcer absurdamente para conquistar esse decisivo Instant Save.

Let: Amo Bryan, mas Laith merece mais esse Instant Save.

Lucas: Rapaz, olha o Laith tombando novamente. O cara começa tocar desse jeito e chega arrepiar aqui gente, como pode destruir dessa forma? Mandou bem demais!

 

ELIMINAÇÕES

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=69gcFeRkhBQ[/youtube]

Bernardo: Gostei demais desse Top 4 para a grande final do The Voice. Olhando toda essa competição bastante irregular, tenho toda a certeza em dizer que esses que passaram foram, de fato, os melhores. Minha torcida ficará claramente com o Adam, mas não ficarei triste se qualquer um desses quatro cantores vencerem essa edição. Tenho certeza que grande partes destes já possuem uma carreira esperando, mas quem ganha com isso é a televisão, quem vem precisando de algumas vitórias e, principalmente, o telespectador.

Edu: Final mais previsível que essa impossível, não acham? Fazia tempo que previa a formação entre Alisan, Adam, Hannah e Laith. Achei justo, apesar de não ir com a cara do act de Blake. Ainda bem que dessa vez um participante de cada coach estará no momento decisivo da temporada. A eliminação direta achei justa apenas de Paxton, mas de Shalyah doeu, vida que segue. Eu estou feliz, porque os meus três candidatos favoritos dessa temporada são finalistas, e vamos ser sinceros que depois das apresentações da noite anterior, as duas últimas vagas tinham chances de ter grandes surpresas. Ainda bem que o óbvio prevaleceu, e essa é a final mais justa do US desde a season 5, apesar dessa décima edição estar bem chatinha.

Let: Também fui Mãe Diná e já tinha previsto Laith, Hannah e Alisan na final. Adam eu também previa, mas confesso que preferia Bryan, devido a sua evolução semana após semana. Mas concordo com o Edu, faz tempo que não vejo uma final tão justa.

Lucas: Adam e Alisan, eu estava na certeza absoluta que iriam direto pra final, nem tinha como ser diferente. Agora Hannah foi uma bela surpresa! Eu estava pensando que essa vaga era garantidamente do Bryan, e comemorei demais por ver a loira chegando lá. Agora quanto às eliminações, vamos combinar que as performances da Mary e Bryan não chegaram nem perto do Laith, então foi totalmente justa.

 

O que acharam da formação dos finalistas? Quem merecer levar essa temporada? Façam suas apostas!

Avatar

Team Mix Reality

#TeamReality no Mix de Séries é responsável pelos realities shows.

No comments

Add yours