The Voice US – 10×27/28 – Final

the-voice-10x2728

Continua após as recomendações

Chegou o grande momento: Adam Wakefield, Alisan Porter, Hannah Huston e Laith Al-Saadi. O quarteto teve um desempenho muito positivo no decorrer dessa décima temporada, e agora é a hora do vale tudo. Os candidato apresentaram pela primeira vez músicas inéditas, além também de duetos ao lado de seus respectivos coaches e com convidados especiais.

Chega de papo, e vamos ver que foi o grande campeão?

Continua após a publicidade

 

PERFORMANCES

 

Laith Al-Saadi – “White Room”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=ICUb4Y92BWg[/youtube]

Bernardo: Excelente maneira de começar uma noite tão importante como essa. Laith fez um bom trabalho de escolha na sua música e nos trouxe, como sempre, um incrível trabalho vocal que nos coloca no lugar certo para acompanhar o que está por vir no resto da noite.

Edu: Eita que essa final já começou com tudo. Laith, como sempre, não decepcionou, e veio com uma apresentação deliciosa, evidenciando como de costume, sua potente voz. E o que foi aquele solo de guitarra no ápice de tudo? Se ele não levar a competição, o cara merece mais que tudo ter um futuro brilhante pela frente, pois o mesmo possuí um talento ímpar. Estou boquiaberto aqui.

Let: A noite já começa com o dono da minha torcida me deixando no chão. Laith é um artista pronto, cheio de personalidade e que certamente brilhará muito ainda. O solo me matou e a voz me deixou toda arrepiada, como sempre.

Lucas: Gosto muito da voz do Laith, mas gente, o cara começa o solo na guitarra e eu fico arrepiado aqui. É um espetáculo que dá gosto de ver. A voz, como sempre, estava ótima, mas esse solo foi coisa de maluco.

 

Alisan Porter – “Down That Road”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=qhZa7ZPbzjE[/youtube]

Bernardo: Poderia jurar que estava assistindo uma cantora profissional se apresentando, porque não só nos trouxe uma música que eu preciso colocar na minha playlist, como também o porquê é um dos principais talentos revelados em toda a história do The Voice americano. Simplesmente sensacional!

Edu: Que música linda, casando perfeitamente com a voz de Alisan. Estou arrepiado e emocionado até agora, com tamanha qualidade, e a forma como a candidata se entregou a algo totalmente seu. Amei por demais, e não poderia estar mais orgulhoso possível. E a cara de Xtina de “missão cumprida”? Ai meu coração!

Let: Que música ótima, hein?! Fiquei impressionada mesmo. Ela soube misturar uma letra linda com uma melodia perfeita, deixando muitos espaços para rasgar sua voz com maestria. Foi lindo Alisan!

Lucas: Alisan, tu me deixou destruído depois dessa performance! Que música maravilhosa gente! Letra linda, melodia linda, a primeira apresentação dela da noite e eu já fiquei mal aqui. Como pode?

 

Adam Wakefield & Blake Shelton – “The Conversation”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Lx9CBx9JVa4[/youtube]

Bernardo: Minha dupla preferida finalmente se apresentou. Gosto de Blake por tudo o que ele faz dentro e fora do The Voice, mas acredito o qual mesmo que ele tenha dominado grande parte dessa apresentação, Adam conseguiu aproveitar os pequenos momentos que teve para trazer seu ótimo trabalho.

Edu: Me desculpem, mas a performance foi toda do Blake. A sensação que tive, foi de Adam ter inalado gás hélio.

Let: Olha, apresentação bem chata. Blake dominou e só ficou claro o quanto Adam não é tudo isso que o pessoal acha que é. Eu acho o act bem fraco, e isso ficou claríssimo nessa apresentação. Confesso que aproveitei para comer alguma coisa e pegar um suco na cozinha.

Lucas: Gosto muito da voz do Adam, mas gente, não rolou. Não consegui gostar nenhum pouco do dueto, pra mim pareceu mais que ambos estavam cantando sem vontade.

 

Hannah Huston – “Every Breath You Take”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=VLZTdrzIVDU[/youtube]

Bernardo: Essa é a Hannah que merecia estar na final deste programa. É provável que ela nem vença essa temporada, mas quer saber? É melhor perder ganhando, do que perdendo. Estou paralisado, jogado no chão e sem reações.

Edu: O QUE FOI ISSO? Hannah foi uma das grandes surpresas dessa temporada, e uma das minhas favoritas. Eu estou arrepiado aqui, de tão espetacular a forma como ela apresentou esse grande clássico. Definitivamente essa foi a melhor performance dela na competição e, pra mim, ela é a única, sim A ÚNICA, capaz de poder vencer a temporada, ao invés de Alisan.

Let: TÔ SEM AR, SÉRIO! QUE VERSÃO MARAVILHOSA FOI ESSA? Olha, Hannah não cansa de deixar minha cara no chão, de me deixar sem palavras. Além de linda demais, ela cantou maravilhosamente bem. Sem esquecer essa versão incrível toda melancólica desse clássico. AMEI, AMEI, AMAY!!!

Lucas: QUE MULHER LINDA! Hannah foi chegando de mansinho, e olha só gente, que performance espetacular! Amei do começo ao fim, ela estava linda, e essa voz maravilhosa fez a performance superar qualquer outra dela na competição.

 

Laith Al-Saadi & Adam Levine – “Golden Slumbers/Carry That Weight/The End”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=R35u7GJ4rvQ[/youtube]

Bernardo: Que apresentação divertida, emocionante e que me fez ficar com bastante orgulho de ter chegado até aqui. Que delícia gente! É por isso que eu amo finais, sejam elas de qualquer tipo de coisa.

Edu: Que coisa mais linda essa apresentação, meu Deus do céu. Foi espetacular, emocionante, e é incrível a sintonia de Laith com Adam.

Let: Adam é de longe um dos melhores técnicos, ele sempre traz performances onde seus acts podem se destacar, e esse foi mais um caso. Eram dois artistas prontos ali, como se estivessem fazendo uma participação especial. Como sempre digo, Laith está pronto, é perfeito, arrasa na voz e me mata sempre que solta aquela rasgada na garganta. O match dele com Adam foi perfeito.

Lucas: Esse sim foi um dueto que deu gosto de assistir, gente! Adam começando com essa voz que todos amamos já foi coisa linda, aí Laith vem com a sua parte e pronto. Ficou realmente ótimo!

 

Alisan Porter & Christina Aguilera – “You’ve Got A Friend”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=2_B4THITnm4[/youtube]

Bernardo: Foi um nível tão leve e baixo, que elas poderiam levar o espectador ao tédio, mas quer saber? Foi tão intimista, tão gostoso de assistir, que me vi perdido no tempo ao acompanhar essas duas fazendo um dueto tão memorável como esse aqui.

Edu: Alisan e Xtina possuem uma química sem igual, donas de vozes monstruosas, mas pra esse dueto optaram por algo bem mais suave. E não é que deu certo, minha gente? Olha eu gostei, mesmo não tendo sido algo destruidor, às vezes o básico é espetacular.

Let: Concordo Edu, a química delas é uma coisa sem igual. As duas se adoram, se respeitam, e fizeram uma apresentação incrível juntas. Duas vozes poderosas, incríveis, dominadoras e que souberam se dosar para a mistura perfeita. Me lembrei muito da apresentação de Rita e Louisa na final de The X Factor UK, onde o mesmo respeito e perfeição reinaram absolutamente.

Lucas: Eu estava esperando um dueto cheio de notas gigantes ou coisa do tipo, até porque estamos falando dos furacões Xtina e Alisan, mas não foi bem assim e pra ser bem sincero, nem precisou disso para ficar ótimo. Foi uma apresentação até tranquila, com as duas vozes maravilhosas e em perfeita sintonia. Adorei!

 

Adam Wakefield – “Lonesome, Broken and Blue”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=AM__2NbQTQY[/youtube]

Bernardo: Vocês me desculpem, mas esse é o tipo de música que eu adoro e Adam conseguiu dar seu toque na canção, além de nos trazer, mais uma, apresentação memorável.

Edu: Sério mesmo que essa música atingiu o topo do iTunes? Aff!

Let: Olha, eu não gostei nada. Foi muito clima de clássico gospel, não entendi também todo esse burburinho. Foi bem blé!  

Lucas: Sério que tu não gostou, Duh? Eu adorei a música! Como já comentei antes, gosto muito da voz do Adam, mesmo ele sempre ficando na mesma zona de conforto e tudo mais. Senti uma sinceridade absurda durante a performance, e ele me ganhou totalmente. Já estou com a versão estúdio aqui.

 

Hannah Huston & Pharrell Williams – “Brand New”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=3kOCMjh9VRQ[/youtube]

Bernardo: Não gostei muito não. Eles estavam completamente desajustados, na verdade, nunca deveriam terem sido combinados para se apresentarem.

Edu: Olha, até que foi uma performance bacana, mas não senti totalmente um feeling entre Hannah e Pharrell. Sei lá, no fundo senti que faltou uma pitada de algo.

Let: Eu gostei do dueto, mas é preciso dizer que, como artistas, Hannah e Pharrell não têm nada em comum, e quem sabe por isso não foi tão bom. Ela tem aquele vozeirão que é difícil de dosar, enquanto o coach é todo good vibes introspectivo. Não ornou muito.

Lucas: Foi mais um dueto que eu não consegui gostar. Desculpe, mas pra mim não rolou combinação nenhuma entre os dois.

 

Laith Al-Saadi – “Morning Light”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=W4u0T0SwEto[/youtube]

Bernardo: Não vi nada demais aqui. Laith faz seu excelente trabalho, como sempre, mas não chega a me empolgar, porque a impressão que tenho é que o trabalho simplesmente fica se repetindo.

Edu: Que música maravilhosa, minha gente. Eu amei por demais, e já quero na minha playlist pra ontem. No ranking final Laith pode ficar anos luz à frente de Adam, que não irei me importar nenhum pouco.

Let: TÔ NO CHÃO MORTA E ENTERRADA! COMO QUE ESSA MÚSICA NÃO FICOU NO TOPO DO ITUNES??? Laith trouxe uma música original linda, forte, poderosa, perfeita. Nem sei o que dizer mais sobre ele, o cara é bom demais, um artista incrível. Amei a performance e quero ouvir para sempre.

Lucas: Todo mundo resolveu fazer bonito com as músicas originais né? Laith me surpreendeu absurdamente, porque essa música realmente ficou linda! A performance foi tão deliciosa de assistir, que deu gosto.

 

Adam Wakefield – “When I Call Your Name”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=iWtg8G0sMcg[/youtube]

Bernardo: Que coisa mais maravilhosa. Adam conseguiu reinventar-se, o que é algo essencial quando você faz parte de uma indústria como essa, mas o ponto alto da sua apresentação fica dedicado ao piano. Simplesmente sensacional.

Edu: Vou admitir que a combinação Adam + piano é extremamente perfeita, e é fator decisivo para que eu não odeie por completo o candidato. Foi linda essa apresentação, e fiquei aqui curtindo cada segundo. Essa sim seria digna de #1 no iTunes.

Let: Olha foi bom sim, mas não consigo deixar de comparar com Laith e já pego implicância com Adam, de novo!

Lucas: Adam mais uma vez mandou muito bem. Só não consegui gostar mesmo do dueto, porque as outras duas performances dele foram ótimas, e essa foi coisa linda de assistir. Ótima música e voz!

 

Hannah Huston – “I Call The Shots”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=efV87j7x0R4[/youtube]

Bernardo: Já estou correndo para baixar essa música, porque ela não sai da minha cabeça. Todavia, Hannah conseguiu ser excelente, mesmo com uma canção que normalmente não entra no repertório desses competidores do The Voice e outros reality shows musicais.

Edu: Música mais chiclete que essa impossível, estou até agora com o refrão grudado na cabeça, incrível. Mas convenhamos também gente, vindo de Pharrell, que é um ótimo produtor, estava na cara que viria um hit. Olha gente, Hannah não para de surpreender e, aos 45 do segundo tempo, suas chances de vencer estão aumentando cada vez mais.

Let: Amei a música, amei Hannah se arriscando em algo mais pop, e fiquei feliz de ver que essa parceria dela cantora e Pharrell produtor pode render ainda muita coisa boa.

Lucas: Engraçado como ela e Pharrell cantando juntos não foi uma boa combinação, mas trabalhando é coisa linda de ver. Ele dando toda aquela ajuda durante a gravação gente, espetacular! A música ficou deliciosa, você ouve pela primeira vez e já quer sair cantando junto. Hannah <3

 

Alisan Porter – “Somewhere”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=we7VtN4fQq8[/youtube]

Bernardo: Se a Alisan não vencer essa temporada depois disso que assistimos aqui, não sei mais de nada não.

Edu: MEU DEUS DO CÉU, O QUE FOI ISSO? Eu estou jogado no chão, afogado em minhas próprias lágrimas. Essa performance foi um tiro de bazuca, sem dó e nem piedade. Estou totalmente desconcertado e boquiaberto aqui. DEEM LOGO O TÍTULO PARA ESSA RAINHA, POR FAVOR!!!!!!!!

Let: Confesso que parei de respirar por alguns momentos, até minha mãe parou o que estava fazendo e ficou parada olhando para a tv, me perguntando se “aquela ali” era a vencedora. No caso, é sim, só pode ser. Porque depois dessa apresentação, não tem para mais ninguém. Como disse Adam e Christina, Alisan é a essência do programa, ela é a voz. Fim!

Lucas: Olha, lembro muito bem quando cantaram essa música na temporada passada do The Voice AU, e eu já não fiquei nada bem aqui, aí Alisan começa e já no início da performance já sinto arrepios. A música é linda, transmite uma emoção que nem consigo explicar e na voz dela não poderia ser diferente. Foi fantástica! Por favor, ela tem que ganhar essa temporada.

 

SPECIAL PERFORMANCES

 

Hannah Huston & Cee Lo Green – “Crazy”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=JDl-1VeFKRI[/youtube]

Bernardo: Foi triste ver Hannah tentando se destacar do lado de alguém como o Cee Lo, mas quer saber? Eu aprecio a tentativa.

Edu: Que morte horrível para a pobre Hannah, coitada. A aparição de Cee Lo nessa final só fez ter certeza de uma coisa, que ele não faz falta alguma no programa. Adeus!

Let: Foi bem sofrido, nossa! Fiquei com pena da Hannah, e não entendi a roupa de pastor do Cee Lo até agora.

Lucas: Gente, além de se superar no quesito rouba medonha, Cee Lo também me fez ficar com pena da Hannah. Credo!

 

Laith Al-Saadi & Joe Walsh – “Rocky Mountain Way”

*Infelizmente o vídeo não foi disponibilizado na internet

Bernardo: Sem palavras para o que acabei de assistir. Excelentes performances para encerrar essa temporada com chave de ouro.

Edu: Simplesmente espetacular e histórico, não tinha como ser diferente. Estou em transe até agora.

Let: Agora sim, que apresentação perfeita, incrível. De novo fico com a impressão que são dois artistas prontos em uma apresentação especial no programa. Laith nem tem cara de candidato.

Lucas: Rapaz do céu, o que foi isso? Que tiro de performance! Arrepiou do começo ao fim. Foi realmente incrível!

 

Adam Wakefield & Alison Krauss  – “Willin’”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=AhfbMelXvjE[/youtube]

Bernardo: Alison complicou um pouquinho o desempenho de Adam nesse dueto, mas nada que pudéssemos classificar de desastrosa ou ruim, muito pelo contrário.

Edu: Gloria Pires mode = on… não sou capaz de opinar.

Let: Pode ser a implicância falando mais alto, mas não curti nada.

Lucas: Ah gente, eu adorei o violino, sério. A voz da mulher não topei muito, mas não achei que o dueto foi assim todo ruim.

 

Alisan Porter & Jennifer Neetles – “Unlove You”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=9aY9UIfFeaQ[/youtube]

Bernardo: Não me emocionei com essa performance, não acredito que ela conseguiu trazer o melhor da Alisan. Mas também não foi ruim, repito, longe disso.

Edu: Ai gente, não sei vocês, mas as special performances dessa temporada estão bem chatinhas. A de Alisan foi just ok.

Let: Eu achei que poderia ter sido muito melhor do que foi, hein?!

Lucas: Quando olhei pra cara dessa Jennifer lembrei da Jo, de Grey’s Anatomy, e já criei antipatia. Mas olha, a mulher começou a cantar e pronto, me ganhou. Que voz linda! Gostei muito do dueto, as vozes combinaram demais e ficou lindo!

 

VENCEDOR

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=JtaN9KBTU8k[/youtube]

Bernardo: Esse anúncio nada me surpreendeu. Na verdade, para quem leu meus comentários referentes ao episódio anterior, sabe que independente de quem ganhasse, estaria não só satisfeito, como também feliz por ver que a televisão cumpriu seu papel de revelar talentos e importantes adições para a indústria fonográfica. Entretanto, mesmo torcendo com mais veemência para Adam, gostei da vitória de Alisan pelo conjunto da obra, não só pelas apresentações dessa finale, além do fato da Christina ter ganhado, o que reconhece um trabalho bastante exaustivo e longo de ensinamentos. Em suma, sei que apesar de saber que essa não foi a melhor temporada do The Voice, talvez uma das principais, o reality show, ao meu ver, ganha um fôlego extra pelos talentos que foram revelados aqui, a qualidade daqueles que competiram, e as decisões coerentes dos coaches. A fórmula mostra sinais de esgotamento, mas acredito que ainda há maneiras de beber dessa fonte.

Edu: FINALMENTE, TEAM XTINA GANHOU!!! Eu estou arrepiado aqui, vibrando sem parar, extremamente feliz. Quem acompanhou meus coments, viu que minha torcida foi pra Alisan desde as blinds, e ainda não caiu a ficha. O medo do Adam levar e a injustiça falar alto foi tão grande, que ainda estou processando tudo isso. Depois da maravilhosa “Somewhere”, não tinha como o resultado ser outro, e agora posso respirar aliviado. A candidata teve uma trajetória impecável, e sua sintonia com Xtina foi algo único, o que ajudou muito a conexão entre elas para esse maravilhoso desfecho da edição. Falando na jurada, o que foi ela ajoelhando perante a sua pupila, com a divulgação do resultado? Olha, só sei que quero ver essa final mais e mais vezes. Let e Luke, no final o ranking foi igual aquele que sugeri pela manhã, lembram? Parabéns aos demais candidatos, mas por mim Hannah ficaria em segundo. Ah sim, e Laith em terceiro.

Let: Olha, eu torci por Laith e Hannah a temporada inteira, mas não tem como não dizer que a vitória foi totalmente justa, Alisan é sim a vencedora absoluta dessa season 10, ela reinou do início ao fim. Como disse antes, concordo com as afirmações de Adam e Christina, Alisan é a essência do programa, ela é “A VOZ”, representa tudo isso. E Christina finalmente teve sua vitória e, sejamos sinceros, com a melhor act que ela teve no programa em 10 temporadas. Foi justo e super coerente. Eu só queria que Hannah ou Laith tivessem ficado em segundo lugar, e não Adam sem graça. Ainda não entendi essa torcida toda pelo cara.

Lucas: Só queria dizer que não estou nada bem aqui. Gente, Alisan merece esse prêmio desde a primeira vez que pisou no palco nas blinds, mas pra ser bem sincero eu ainda pensei que no final das contas o Adam acabaria levando, porque os americanos geralmente são meio que do contra né? Mas enfim, gritei junto com ela e a Xtina quando anunciaram Alisan, sério, que coisa mais linda! Melhor reação de um vencedor ever! Xtina maravilhosa chegou até se ajoelhar no palco de tanta emoção, aí a candidata começa cantar com um dos filhos no colo e pronto, estou choroso ao extremo aqui. MARAVILHOSO! Quanto às outras colocações, eu queria Hannah em segundo lugar, pois entre os quatro finalistas, pra mim ela foi a que mais evoluiu ao longo das semanas. Adam merece sucesso em sua carreira, porque realmente é muito talentoso, assim como Laith.

 

the-voice-10x2728-

O que acharam da vitória de Alisan Porter? A candidata foi a primeira mulher desde a quinta temporada, a vencer o The Voice US. Sem contar que Christina Aguilera se tornou finalmente a primeira coach feminina a levar o título na versão de lá.

O programa volta em setembro em sua décima temporada, e cheio de novidades, como a entrada de Alicia Keys e Miley Cyrus na bancada. Enquanto isso, continuem acompanhando o Team Reality, pois estamos cobrindo várias outras atrações do gênero, inclusive o The Voice Australia.

Até a próxima edição!

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=-7x_PoEoqd8[/youtube]

Avatar

Team Mix Reality

#TeamReality no Mix de Séries é responsável pelos realities shows.

2 comments

Add yours
  1. Avatar
    Kelly 26 maio, 2016 at 12:34 Responder

    Não entendi porque todo mundo odiou a apresentação de Hannah com Cee Loo. Eu gostei, talvez seja porque eu gosto da música.
    Quanto ao resultado: AAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH QUE MARAVILHA
    Alisan merecia a vitória desde o day 1, Christina merecia essa vitória há várias temporadas atrás, e Blake/Adam definitivamente não mereciam. Grande alegria para compensar minha grande decepção com Survivor.

    • Eduardo Nogueira
      Eduardo Nogueira 26 maio, 2016 at 13:40 Responder

      Concordo Kelly, Xtina merecia essa vitória desde a season 5, com Jacquie Lee e também na season 8, com Kimberly ou India. Alisan vingou as três emblemáticas acts da cantora, e foi bom ver que o programa saiu um pouco desse monopólio sem graça Blake/Adam. Que na próxima season, Alicia ou Miley possam continuar com esse legado, pois os dois já ganharam demais.

Post a new comment