The Voice US – 11×01/02 – Blind Auditions

Imagem: NBC
Imagem: NBC
Imagem: NBC

[spacer size = “20”]

Continua após publicidade

Agora sim a espera oficialmente chegou ao fim! Adam Levine, Alicia Keys, Blake Shelton e Miley Cyrus já estão prontos para buscar a mais nova voz dos Estados Unidos.

Continua após a publicidade

Como sempre, performances icônicas, outras nem tanto. Sem falar que nossas duas novas coaches já mostraram que não estão nenhum pouco para brincadeira, e estão dispostas a vencer essa décima primeira temporada a todo custo.

Continua após publicidade

Chega de papo e vem com a gente conferir os principais destaques dessa primeira semana de blind auditions.

 

Continua após publicidade

PRIMEIRO DIA

 

Jason Warrior – “Living For The City”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=7Z_jHkNUETQ[/youtube]

[spacer size = “15”]

Bernardo: Começou sonolento, tenho que admitir, mas quer saber? Jason foi subindo, subindo e nos trouxe uma excelente maneira de começar essa temporada. Adorei essa música, falando nisso.

Edu: Eu achei que Jason foi tendo uma evolução gradual durante a performance, mas algo não me conquistou totalmente nele. Acho que o candidato possui muitos vícios, que caberá a Alicia Keys a missão de tirar tais manias dele. Vamos aguardar!

Let: Eu já achei o contrário, que ele começou muito bem e foi decaindo. Tinha um potencial incrível já no início que se perdeu ao longo da apresentação e ficou chato, boring. Ainda assim acho que Alicia conseguirá fazer o candidato evoluir.

Luke: Defini essa apresentação como oscilação constante. Começou mal, evoluiu bem, no refrão deu uma decaída e depois voltou ao patamar estável. Tem uma voz incrível, isso não se discute, mas Alicia tem que saber lapidar estes defeitos.

 

Dave Moisan – “Sex And Candy”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=iXsdJGaL_K4[/youtube]

[spacer size = “15”]

Bernardo: Não gostei nem um pouquinho do início. Pode ser que estava um pouco de preguiça da escolha da música, mas o que aconteceu? Dave mostrou que eu estava errado e chegou no miolo da música se apresentado como um grande contender desta temporada.

Edu: Não sei vocês, mas senti um “quê” de Ryan Quinn em Dave, talvez seja o jeito meio nerd de ser. O rapaz tem uma voz incrível, e estou apostando alto que ele pode sim ter um futuro brilhante na competição, porém não no Team Alicia, e sim trabalhando com Adam.

Let: Sinceramente, não gostei tanto assim de Dave. Música chata, quase dormi. E já achei ele o cúmulo da burrice por não escolher Adam, que sabe muito bem trabalhar uma voz como aquela, e sim Alicia. Aff!

Luke: O timbre do rapaz é simplesmente incrível e ele soube trabalhar bem com as alternâncias e falsetes. O problema foi na hora da escolha, Adam seria com certeza o coach ideal para o rapaz. Mas por ter gostado dele, espero que se dê bem com a inteligência de Alicia.

 

Courtnie Ramirez – “Mamma Knows Best”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=f_0tWUCcRfc[/youtube]

[spacer size = “15”]

Bernardo: Posso dizer que eu amei Courtnei incondicionalmente logo quando atingiu a primeira nota? Tanto posso que eu direi – maravilhoso, maravilhoso e maravilhoso.

Edu: Cantou Jessie J já tem meu respeito, e com Courtnie não foi diferente. Com apenas 17 anos, ela já mostrou uma potência vocal surpreendente, além de uma personalidade única, que lembrou alguns momentos a de Miley. Não é à toa que ela escolheu a nossa finada Hannah Montana como sua coach, sinto cheiro de samba ainda vindo dessa parceria.

Let: Não entendi porque demoraram tanto para virar a cadeira pra ela. Courtnie é maravilhosa, com um vozeirão que não é qualquer um que tem. A menina atinge agudos incríveis com uma facilidade única, e também amei o match dela com Miley, certeza que irão arrasar!

Luke: A garota é simplesmente sensacional. Tem uma potência vocal impecável, trabalha bem isso durante a canção. Acho que Miley irá usar e abusar dessa voz para estourar na competição. Uma boa escolha de coach!!

 

Sundance Head – “I’ve Been Loving You Too Long”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=28i9QHEWuAc[/youtube]

[spacer size = “15”]

Bernardo: Vamos começar dizendo que esse nome para uma pessoa é sensacional! Excelente a criatividade desses pais em registrar o filho como Sundance. Enfim, o mais importante aqui é que foi uma das melhores audições que tive o prazer de assistir, em muito anos acompanhando reality show musical.

Edu:  Que apresentação mais maravilhosa! Sundance conseguiu transbordar uma emoção única na música, e isso proporcionou algo sem igual. Já estou ansioso por seus próximos passos e, se Blake investir pesado no rapaz, sinto que há chances de rolar um penta pro astro country com o act.

Let: Achei Sundance maravilhoso, e olha que eu sou chata com country. Mas como ele tem uma veia mais soul e adora soltar o vozeirão, virei fã. Blake se deu bem!

Luke: Que magnífico essa pegada do Sundance. Eu sou encantado pelo country americano, e ele trouxe uma pegada própria pra canção que me fez ficar ainda mais vidrado. Blake já tem uma de suas estrelas na competição.

 

Ali Caldwell – “Dangerous Woman”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=KMym0Wf7VGQ[/youtube]

[spacer size = “15”]

Bernardo: Não achei tão impressionante assim não. A voz, de fato, é sensacional, mas no conjunto da apresentação eu não achei uma grande performance e, muito menos, uma audição que valha tantos elogios daquele.

Edu: Na moral? Ali não foi essa coca-cola toda como os coaches deram a entender. Ela até canta bem, mas pecou e muito na song choice, e rolaram uns exageros extremamente desnecessários. Não a vejo indo muito longe, espero estar absolutamente enganado sobre.

Let: O problema é que a música é muito chata, pesadona mesmo. Quando Ali investiu nos agudos e rasgou a garganta, foi lindo, mas também muito exagerado. Ela ainda precisa me convencer.

Luke: Serei obrigado a discordar de vocês. A song choice não foi das melhores, mas a potência vocal é inegável. O agudo dessa mulher é incrível. Soube controlar a canção, e mereceu a chance na próxima fase!!

 

Riley Elmore – “The Way You Look Tonight”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=GVHlpm_lmOw[/youtube]

[spacer size = “15”]

Bernardo: Ele tem muito trabalho, né? Mas quer saber de uma coisa? Eu me diverti muito, concordo que lembrou Michael Bublé, e espero que esse moço continue melhorando cada vez mais. Ele tem muito talento e potencial.

Edu: E esse mini Michael Bublé, gente? Achei simplesmente demais a performance, com uma energia contagiante, e quase levantei aqui pra dançar. Apenas bárbaro!

Let: Achei meio pedante, mas não tem como negar que Riley é ótimo, e com potencial para fazer muita coisa boa ainda no programa. Amo essa música, e ele conseguiu captar bem a vibe standart apostando nesse ritmo mais animado.

Luke: A voz é inegavelmente boa, totalmente adepta a uma gravação, necessita de poucos detalhes e arranjos. Achei incrível a performance, só me fez um pouco de falta a questão da interação com a música, o charme do olhar de quem canta. Tirando isso, gostei muito do Riley!!

 

Dana Harper – “Jealous”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=8E0BnKKlYts[/youtube]

[spacer size = “15”]

Bernardo: Eu gostei muito dessa ideia de mudar o arranjo, confesso que nunca tinha escutado essa música do Nick Jonas sem todos aqueles efeitos no fundo. A voz é muito boa, a Dana é extremamente simpática, mas precisa de um pouquinho mais de prática. Gostei bastante, mas é uma competição muito disputada para aprovarem o “ok”.

Edu: Apesar de ter uma voz ótima, Dana não me surpreendeu da forma como eu esperava. Talvez tenha sido a song choice, mas faltou algo que prendesse a atenção.

Let: Dormi, desculpa.

Luke: Ela começou muito fraca, foi ganhando força com uns graves bem colocados, que fez 2 jurados virarem, depois estagnou mais um pouco e por lá ficou. Tem um timbre bacana, mas como disse a Lety, dá um domingo bom.

 

Christian Cuevas – “How Am I Supposed To Live Without You”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=OD_1_TOjsAg[/youtube]

[spacer size = “15”]

Bernardo: Sabe o que eu mais gostei dessa apresentação? Não foi apenas a voz que o Christian, felizmente nos trouxe por aqui, mas por toda a história que ele contou durante essa performance. Acredito, e espero, que possamos conhece-lo mais daqui para frente. Esse é daqueles cantores que tem muito talento, muito potencial e uma história de vida que merece a atenção de todos.

Edu: Quando vi a história de vida de Christian já imaginava que vinha tiro a caminho, mas não que dos grandes. Que voz, que apresentação! Fiquei boquiaberto, me emocionei por demais com essa canção, a forma como o rapaz conduziu tudo, abrindo seu coração, expondo suas vulnerabilidades de forma incrível. Como não se segurar depois dessa? Algo me diz que ele tem grandes chances de ser finalista SIM, e se eu fosse Alicia apostaria boa parte das minhas fichas nele.

Let: Eu tô completamente destruída no chão, e em posição fetal. Christian acabou comigo de um jeito que nossa, nem sei explicar! A voz dele é maravilhosa, arrepiante, incrível, tô boba ainda. Chorei aqui, porque não deu para evitar. Vida longa ao moço no programa!

Luke: Que timbre incrível e que prazer poder ouvi-lo cantar. Christian trabalhou por entre as notas da canção com maestria, sabendo onde encaixar sua voz e trabalhando possíveis limitações. Deu aquele gostinho de quero ver muito mais dele na competição.

 

 

SEGUNDO DIA

 

Sa’Rayah – “Drown In My Own Tears”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=X6keiMS-0Mw[/youtube]

[spacer size = “15”]

Bernardo: Senhoras e senhores, que furacão foi esse? Sa’Rayah sua linda, prazer em conhecê-la. Que performance sensacional, tenho que concordar com a Alicia – “O que simplesmente aconteceu?”

Edu: SEGURA ESSE FORNINHO! Com uma história de vida incrível, Sa’Rayah veio com um poder sem igual, com um controle vocal simplesmente incomparável. Os momentos em que ela atingia as notas mais altas eu simplesmente me arrepiei dos pés à cabeça, e o final da performance me deixou jogado no chão. Já a quero nos live shows pra ontem!

Let: Já caí no chão logo no início, que agudo foi esse? Sa’Rayah é uma artista pronta, deu para sentir o nervosismo, mas ela tá pronta sim. Sua voz é incrível, sua potência também. Agora é correr para a final, sua linda!

Luke: Realmente ela não se importou com nada a sua frente. Veio destruindo a todos e chegou no seu devido lugar. Sa’Rayah foi uma explosão de acertos, um timbre incrível, uma voz gostosa de se ouvir. O nível da competição está ficando alto.

 

Andrew DeMuro – “Vienna”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=nNuAHV3nQ2M[/youtube]

[spacer size = “15”]

Bernardo: Uma delícia de ver e ouvir essa apresentação do Andrew. Como venho dizendo na análise dessa premiere, há muita coisa que precisa ser corrigida com esses cantores iniciantes, mas eles estão trazendo um nível de qualidade que eu não tive o prazer de conferir anteriormente.

Edu: Super curti essa apresentação! Andrew tem uma voz bem equilibrada, gostosa de se ouvir. E realmente, cá entre nós, mesmo que tivessem virado as quatro cadeiras, de forma ou outra ele é a cara do Team Adam.

Let: Amei Andrew, amei essa energia na voz, senti verdade, originalidade. Foi uma delícia de ouvir mesmo, já me deixou claro que é alguém que conseguirá me prender com qualquer música. Curti!

Luke: Andrew trouxe uma suavidade na apresentação que me deixou vidrado. A song choice foi de primeira qualidade e ter Adam como seu coach irá agregar ainda mais para seu crescimento na competição!!

 

Billy Gilman – “When We Were Young”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=wkJrShaOaz0[/youtube]

[spacer size = “15”]

Bernardo: Talvez tenha sido o melhor a se apresentar até agora. Billy tem tudo que “a voz” precisa ter sucesso nessa indústria, que não é nada fácil. Gostei tanto disso aqui que, confesso, já assisti algumas vezes essa apresentação de tão boa.

Edu: MINHA NOSSA SENHORA DA APARECIDA! Eu estou arrepiado, sem palavras e jogado aqui no chão. A melhor performance das blinds dessa temporada até agora! Billy veio com uma escolha certeira, o qual ele deu um toque pessoal nessa maravilhosa canção. A história dele lembra em partes da nossa última vitoriosa, Allisan Porter, mas o que me chamou a atenção foi a forma como ele conduziu tudo do começo ao fim. A última parte da apresentação foi destruidora, acabando com quaisquer estruturas. Se eu fosse Adam investiria até o último segundo, e pesado, no rapaz.

Let: ESTAMOS JUNTOS NO CHÃO, EDU! A voz de Billy é incrível, que versão maravilhosa para essa música. No final eu levantei aqui e aplaudi de pé, porque é isso que ele merece. História de vida pesada, apresentação cheia de força, Billy merece as melhores coisas do mundo!

Luke: Billy não precisa de palavras para descrevê-lo. Não consigo parar de assistir sua apresentação, de novo, e de novo, e de novo. Incrível a maneira com que ele evoluiu na canção. Desde o começo apresentou uma maestria no domínio de sua voz, que me deixou admirado. O nível da competição aumenta a cada apresentação!!

 

Brendan Fletcher – “Jolene”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=BRj7QYKbodE[/youtube]

[spacer size = “15”]

Bernardo: Eu gostei muito desse moço, mas sinceramente? Não me emocionou nem um pouquinho. Quem sabe da próxima vez ele me derrube da cadeira.

Edu: Senti uma pegada bem John Mayer em Brendan, com a suavidade da sua voz. O rapaz consegue prender sua atenção do primeiro até o último segundo, e você consegue fechar os olhos e viajar sem medo de ser feliz na canção. Francamente eu esperava que ele escolhesse Alicia, mas estou confiante que Adam fará um ótimo trabalho.

Let: Melhor versão que já ouvi dessa música, me fez ficar de boca aberta, sério. Brendan tem uma voz deliciosa e cheia de potencial, adorei! Que ele continue fazendo apresentações incríveis assim. Ele precisa aproveitar essa veia comercial que sua voz possui.

Luke: A voz dele é suave e envolvente. Achei a apresentação emocionante, consegui perceber a mensagem que ele passava cantando a letra. O encaixe da voz com a melodia foi muito bem feito. Brendan conseguiu me impressionar bastante!!

 

Dan Shafer – “Marry Me”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=0aSc2PwYP1A[/youtube]

[spacer size = “15”]

Bernardo: Surpreendente. Sabe quando a gente faz aquela bobagem de julgar a pessoa antes dela começar a cantar? Pois é, foi o que aconteceu aqui. Dan foi um dos melhores desses episódios de estreia. Ótimo.

Edu: Achei a história de Dan bacana, e apesar de não ter sido uma apresentação tão poderosa, foi linda da sua maneira. O candidato simplesmente abriu seu coração, transparecendo uma genuinidade tão grande, que detalhes de aprimoramento podemos deixar para as battles.

Let: Ah, foi uma apresentação fofíssima, amei, me envolvi, viajei na música e na voz deliciosa de Dan. Ele até pode não ir muito longe na competição, mas já valeu!

Luke: Dan foi aquela surpresa deliciosa de presenciar. Começou devagar e ganhou seu espaço. Foi tão simples e genuíno, que não tenho palavras para descrever. Simplesmente achei incrível!!

 

Lauren Diaz – “If I Ain’t Got You”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=wikX3P4eBbQ[/youtube]

[spacer size = “15”]

Bernardo: MELHOR DE TODAS! Lauren Diaz rainha, suprema e maravilhosa que pode ser colocada na final desde já. Fico muito feliz de ver talento de verdade na televisão de massa. O público precisa disso, nós precisamos disso e, principalmente, a indústria fonográfica precisa de talento de verdade.

Edu: Essa música é tão maravilhosa né gente? Lauren deu umas leves desafinadas, mas mandou hiper bem. Cantar a música de um dos coaches é sempre uma responsabilidade grande, mas quando fazem isso de forma magnífica, é de se aplaudir de pé. Vamos ser sinceros que foram poucas as vezes, nos diversos The Voice ao redor do mundo que isso acontece, e Lauren acaba de entrar nessa seleta lista. E gente, se antes eu já amava Alicia, agora no The Voice esse sentimento apenas se multiplicou. Já a quero até o series finale do programa, por favor.

Let: Eu tô arrepiada até agora. Lauren tem uma voz maravilhosa, destruidora, sinceramente nem notei as desafinadas, porque eu só vi lacre. Foi uma apresentação de aplaudir de pé! E Alicia destruindo ali no final? Não tô bem!

Luke: O risco de cantar uma música de um dos coaches é muito alto, mas Lauren fez isso com demasiada maestria que me deixou arrepiado da cabeça aos pés. Cara, que voz incrível!!! Não sei lidar com pessoas de grandes talentos assim, difícil saber para quem torcer. Só sei que Lauren já está no meu top 3 até agora, e vão ter que suar para tirar ela de lá.

 

O que acharam dessa primeira semana de audições? Já deu para ver que essa temporada promete simplesmente ser uma das melhores, não acham?

Venham comentar conosco a opinião de vocês.