The Voice US – 11×13 – Knockout Rounds

Imagem: NBC

Imagem: NBC

Fala pessoal, como estão vocês? Essa semana chegou ao fim a fase Knockout Rounds em The Voice, e está na hora de descobrirmos quem serão os vinte sortudos que irão para os shows ao vivo. Ansiosos? Nós estamos e muito!

TEAM BLAKE

Austin Allsup – “Breakdown” x Gabe Broussard – “It Will Rain” 

Continua após a publicidade

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=AUzsS3fARsc[/youtube]

Bernardo: Acredito que por mais que você goste do Gabe, é inegável que Austin venceu esse knockout com muita facilidade, graças à sua performance maravilhosa. Infelizmente Gabe não conseguiu sair na zona de conforto, diria até que foi uma apresentação extremamente morna e não fez por merecer uma vitória aqui.

Edu: Austin fez uma apresentação equilibrada e coerente, enquanto Gabe, por sua vez, veio com uma song choice que nada lhe foi benéfico.

Let: Não entendi Gabe com essa música, sinceramente. Mesmo que Austin já fosse vencedor desde antes do knockout começar.

Luke: Austin realmente usou a maturidade a seu favor… ele tem um timbre incrível, sua voz é característica. Agora, Gabe também merece aplausos, pois uma apresentação daquela na sua idade é realmente inspirador.

Dana Harper – “You Give Me Something” x Karlee Metzger – “Invincible”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=D8LA08O_CWM[/youtube]

Bernardo: Karlee tentou, trouxe uma música diferente e até conseguiu fazer um bom trabalho, mas quando se disputa contra Dana, que nos apresentou algo ainda melhor, maior e mais impressionante. “You Give Me Something” veio carregada de emoção e, principalmente, o resultado de algum tempo de preparo.

Edu: Ambas vieram com duas músicas que amo de paixão, mas foi incontestável que Dana estava mil anos luz a frente de Karlee. A garota foi péssima, sem expressão, mal se movia no palco, parecendo a líder suprema do movimento suflê de chuchu. Dana em contrapartida foi simplesmente maravilhosa, e fez um número absolutamente delicioso de se ouvir, e é óbvio que sua vitória seria algo inevitável.

Let: Dana é maravilhosa, e ficou ainda mais incrível depois dessa apresentação. Já Karlee foi tão ruim que a apresentação foi mega piegas, chata mesmo. Vitória de Dana foi justíssima.

Luke: Dana tem um charme incrível, nada ousado, apenas na voz e no modo de cantar. A música me envolveu durante todos os segundos, fiquei realmente vidrado nas letras e melodias. Karlee não mandou mal, mas não conseguiu atingir a emoção que eu esperava. No fim tivemos uma escolha justa.

 

 

TEAM MILEY

 

Darby Walker – “Shake It Out” x Maye Thomas – “Closer”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=u50r2rRt–Q[/youtube]

Bernardo: A verdade é que eu não gostei de nenhuma das duas apresentações. Darby apresentou uma música extremamente difícil e que ela evidentemente ainda não estava preparada para cantar, mas Maye por outro lado, não se ajudou muito com uma performance bagunçada e muito interessante. Acredito que Miley escolheu bem, porque Darby pelo menos soube como sair da sua zona de conforto.

Edu: Darby é a queridinha da Miley e com certeza deve ser também do público norte americano, então independente de como fosse sua performance, ela sairia vitoriosa. A música que cantou foi um dos grandes hinos de Florence+The Machine, e foi de uma qualidade incrível. Ainda vamos nos surpreender muito com essa garota, anotem. Sobre Maye, sua apresentação foi tão esquecível que quase acabei não comentando.

Let: Achei Darby incrível, como em todas as suas apresentações até agora. A voz deliciosa que ela tem misturada com a melhor música de Florence foi perfeito. Já de Maye, eu só curti mesmo a bota, que era linda. Não tinha dúvidas da vencedora dessa disputa.

Luke: Eu gostei muito de ambas as performances, pois consegui me emocionar com Darby e me empolgar ao som de Maye. Darby foi mais ousada e constante, enquanto a voz de Maye oscilou durante toda a canção. A escolha de Miley foi justa ao se comparar as apresentações.

 

Aaron Gibson – “Die a Happy Man” x Josh Halverson – “Whiskey & You”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=86oUC0d_B2M[/youtube]

Bernardo: Fiquei extremamente feliz com o resultado desse knockout. Todos os dois trouxeram apresentações sensacionais, poderosas na sua maneira e com muita qualidade. Se eu tivesse no lugar da Miley, não saberia escolher um vencedor, por isso quase dei um pulo de felicidade quando Alicia deu um steal para o Josh. Muito bom mesmo.

Edu: Como sempre, o melhor ficou para o final. Foram duas apresentações lindas, singelas, cruas e emocionantes. Foi simplesmente arrepiante de ver tanto Aaron quanto Josh cantarem, e francamente não saberia quem escolher. Estou besta até agora, e qualquer resultado seria justo. No final Aaron levou a melhor, e Josh acabou voltando ao team Alicia, que soube guardar perfeitamente seu último steal.

Let: Eu saberia escolher o vencedor desse knockout, Josh. Até agora estou arrepiada com a sua apresentação, foi tudo lindamente melancólico. Aaron foi bem, mas  chegou um momento da sua performance que eu não aguentava mais, estava aflita. No fim foi ótimo ver que os dois foram salvos, e certamente Alicia saberá aproveitar melhor esse grande talento que é Josh.

Luke: Realmente foram duas grandes apresentações e no fim fiquei muito feliz com o resultado. Aaron trouxe a felicidade à canção, foi instigante e envolvente. Mas Josh é um baú de surpresas, e sua canção veio com mais emoção. Após a escolha de Miley fiquei meio preocupado, mas Alicia sempre mostrando seu lado técnico e usando um steal perfeitamente colocado. Parabéns! 😀

 

 

TEAM ADAM

 

Brendan Fletcher – “Soulshine” x Nolan Neal – “Love Is Your Name” 

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=sK5rpz_qmc0[/youtube]

Bernardo: Depois de dois knockout que me deixaram um pouco apreensivo quanto a qualidade dos cantores, temos essa dupla maravilhosa para tornar as coisas muito melhores. Brendan conseguiu me cativar assim começou a cantar, seja pela voz, pela escolha acertada da música e pela emoção que ele, com muita facilidade, conseguiu passar. Nolan foi muito bem também, mas quando você para e avalia esses dois lado a lado, tem que concordar com o Adam em dizer que Brendan venceu esse knockout.

Edu: O que foi esse KO? Foram dois extremos totalmente incríveis, pois Brendan veio com algo mais leve e sereno, enquanto Nolan veio com uma sonoridade mais agressiva. Eu amei ambas as performances, e estava esperando para que Alicia utilizasse seu último steal nos dois. Infelizmente Nolan acabou indo embora, e eu fiquei bem triste por isso.

Let: Eu estou completamente ao contrário de vocês, e por isso bem triste com o resultado desse knockout. Eu torcia por Nolan, e amei sua apresentação mais forte, poderosa – enquanto tudo que Brendan causou em mim foi sono. Que pena, mesmo!

Luke: Brendan tem uma característica em sua voz que é própria do cantor. Ela emociona, cria sentimentos fortes. Nolan é igualmente bom, no início da canção arrisco a dizer que, se fechasse os olhos, imaginaria um Rod Stewart cantando. Mas mesmo com toda essa potência, Brendan realmente tem uma identidade marcante que o fez passar para as próximas fases.

 

 

TEAM ALICIA

 

Michael Sanchez – “Just the Two of Us” x Sa’Rayah – “Ain’t Nobody”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=-jUABjRUcTM[/youtube]

Bernardo: Quando soube que seria a vez de Sa’Rayah se apresentar, tinha certeza que o conteúdo seria sensacional. Michael foi muito bem, diria até que trouxe uma performance extremamente divertida, mas quando se está disputando uma vaga nos lives com alguém com o poder vocal igual o dela, é claro que ele tinha que ter arriscado mais e quem sabe até ter escolhido uma música mais difícil. Escutar “Ain’t Nobody” foi algo de outro mundo.

Edu: A apresentação de Michael foi linda e singela, tudo na medida certa, transmitindo uma emoção única. Sa’Rayah infelizmente não casou totalmente com a música que lhe foi escolhida, e não gostei tanto assim de sua performance, pois esperava mais destruição de sua parte. Eu teria escolhido o rapaz, pois não estou com uma boa sensação em relação a moça, e acho que ela pode rodar já nos playoffs.

Let: Morri de pena do Michael, porque né, sofrido disputar com a deusa absoluta dessa temporada. Amei a apresentação de Sa’Rayah, foi surreal ver aquilo tudo. Raramente encontramos alguém que consegue brincar tanto com a voz como ela, a diva realmente estava se divertindo, treinando apenas, porque a facilidade foi tanta que parecia mais um ensaio mesmo de algo muito maior. Maravilhosa!

Luke: Chega a ser maldade colocar os dois para disputarem uma vaga, por toda a qualidade que vimos. Michael foi incrivelmente bem, o piano acompanhando é bem apresentado, a voz ficou muito bem encaixada à canção. Do outro lado temos ninguém mais, ninguém menos que Sa’Rayah, uma cantora que não precisa nem abrir a boca pra saber que já é sucesso. Ain’t Nobody foi o ápice do dia, ela desenvolveu a música de uma maneira impecável, e mereceu muito a vaga.

 

Estão definitivamente classificado para os live shows:

Team Adam: Simone Gundy, Riley Elmore, Billy Gilman, Josh Gallagher, Brendan Fletcher

Team Alicia: Kylie Rothfield, Wé McDonald, Christian Cuevas, Sa’Rayah, Josh Halverson

Team Blake: Sundance Head, Courtney Harrell, Jason Warrior, Austin Allsup, Dana Harper

Team Miley: Ali Caldwell, Belle Jewel, Darby Walker, Aaron Gibson, Sophia Urista

 

Gostaram do Top 20 da temporada? Na próxima semana começam os playoffs, e será a última vez que os jurados terão poder de decisão, para a escolha dos doze sobreviventes da fase seguinte.

Até lá!

 

Avatar

Team Mix Reality

#TeamReality no Mix de Séries é responsável pelos realities shows.

1 comment

Add yours
  1. Avatar
    Lucas Santtos 4 novembro, 2016 at 11:50 Responder

    Performance do Josh foi a minha preferida da noite. O cara tem uma baita voz e sempre surpreende sem fazer exageros. Curti demais ele voltando pro time da Alicia e já estou na expectativa pelo primeiro live.
    Sa’Rayah foi um tiro no peito ein. Que vozeirão é aquele gente? Num é normal.
    E a surpresa foi Brendan saindo vitorioso na rodada, porque apesar de gostar MUITO da voz do rapaz, achei que ele iria rodar nessa fase.

Post a new comment