The Voice US – 12×19/20 – Top 12

Imagem: NBC

Continua após as recomendações

Chegamos ao Top 12, e agora está tudo nas mãos do público por completo. Nessa semana, os jurados contaram com a participação pra lá de especial da icônica musa country Shania Twain, como conselheira deles. Como se não bastasse, a artista se juntou ao quarteto no programa de segunda-feira e, pela primeira vez, a atração contou com a bancada composta por cinco pessoas.

Vamos conferir tudo o que rolou?

Continua após a publicidade

 

PERFORMANCES

 

Jesse Larson – “Make You Feel My Love”

https://www.youtube.com/watch?v=7uCKeph-rS4

Bernardo: Essa música é um verdadeiro clássico nos reality shows, tanto que já perdi as contas de tantas vezes que eu escutei essa performance. Entretanto, Jesse conseguiu torna-la diferente e imprimir o seu estilo na música. Não foi perfeito, é verdade, com alguns defeitos pontuais, mada nada que prejudique o resultado final.

Edu: Peguei uma birra de Jesse por ele ter passado nos playoffs, causando a eliminação de Hanna, mas tenho que admitir que o embuste fez um ótimo número aqui, abrindo essa noite de Top 12 de forma bem satisfatória. Ele pegou esse grande clássico de Bob Dylan, que anos depois foi imortalizado na voz da maravilhosa Adele, e conseguiu deixar meu queixo no chão. Foi lindo, emocionante, e essa semana é questão de lei o ser continuar.

Luke: Mas gente, esse aí é um Jesse completamente diferente daquilo que tinha visto nas semanas anteriores. Essa música da Adele foi uma baita surpresa, e pra mim acabou rendendo uma ótima performance por parte dele. Ouvi aí muitas coisas que até aqui não tinha nem percebido que ele era capaz. Não teve guitarra e toda aquela energia, mas nem por isso deixou de ser uma excelente apresentação.

 

Mark Isaiah – “One Dance”

https://www.youtube.com/watch?v=w7Q2Cm45yNY

Bernardo: Eu gostei muito… da música. Acredito que Mark poderia ter saído da zona de conforto e trazido uma pegada mais latina, com mais sex appeal e intensidade. É verdade que ele até tentou fazer uma performance, mas infelizmente não rolou não, ficou tudo meio perdido.

Edu: Acho que já temos o eliminado da semana, não é mesmo?

Luke: Foi uma baita performance? Não, mas particularmente achei que foi a melhorzinha do Mark, e isso porque convenhamos que, entre os demais, o rapaz está um pouco atrás, né?

 

Stephanie Rice – “White Flag”

https://www.youtube.com/watch?v=6YM2m7GIU30

Bernardo: Eu gostei dessa apresentação da Stephanie, mas continuo esperando aquele fogo, aquela vontade de ir para frente e ganhar. Está tudo muito bom, mas eu queria dizer que foi sensacional. Quem sabe da próxima vez?

Edu: Stephanie e sua voz encantadora, como não amar? Ela conseguiu dar seu toque pessoal a essa maravilhosa música, mas tenho que admitir que de primeiro instante não me senti totalmente conectado à performance. Ela é tão maravilhosa, mesmo assim, que não a vejo em perigo, pelo menos essa semana.

Luke: Essa mulher, me apaixono ainda mais a cada semana que passa. Quanto tempo não ouvia Dido, e não poderia ter sido em outra ocasião. A música encaixou feito luva na voz da Stephanie e novamente rendeu uma apresentação emocionante e maravilhosa!

 

Troy Ramey – “Free Fallin’”

https://www.youtube.com/watch?v=whtLcOg_VSE

Bernardo: Eu gosto do Troy, acredito que ele tem força pessoal muito boa e que deve inspirar muitos cantores com uma certa idade a arriscarem e investir no sonho. O problema é que ele força demais, e isso me deixa não só cansado em alguns momentos, como também contando quanto tempo falta para apresentação terminar.

Edu: zZZzzZZZzzzzz… ainda inconformado que Gwen optou por ele, ao invés de JChosen.

Luke: Outra música que eu adoro, até porque tem uma letra maravilhosa. O problema ali é que pra mim faltou alguma coisa na performance.

 

Aliyah Moulden – “(Love Is Like a) Heat Wave”

https://www.youtube.com/watch?v=3nURiUbL2Vs

Bernardo: O bom trabalho de Aliyah nessa oportunidade é a amostra do quão sensacional foi o trabalho de Shania Twain. Pode repetir a dose que eu adorei.

Edu: Não é que gostei dessa vibe “diva” dada a Aliyah nessa performance? A música não é lá aquelas coisas, mas a garota conseguiu fazer um número incrível. Sério gente, pra mim pareceu em alguns momentos até ato de espetáculo musical.

Luke: Foi uma boa apresentação, mas da minha parte senti falta de um pouco de emoção. Tudo bem que ela cantou uma música mais animada e tudo mais, só que pra mim pareceu um pouco mecânico e ainda continuo esperando pra ver um lado mais diferente da Aliyah.

 

Chris Blue – “Love And Hapiness”

https://www.youtube.com/watch?v=C7mNzB2MP2Q

Bernardo: Sabe aquela vontade que você tem de levantar e aplaudir algo sensacional que acabou de assistir? Pois é, foi exatamente a mesma sensação que eu tive depois de assistir essa performance do Chris. Espetacular, é a única coisa que eu consigo dizer para esse moço depois dessa apresentação.

Edu: CHRIS, PISA MENOS! Que número, meus amigos. Estou impressionado com esse espetáculo, proporcionado pelo rapaz. Essa com certeza, na minha opinião, foi uma das melhores performances dele na disputa até o momento. A sensação que tive não foi de ver um candidato tentando sobreviver a mais uma semana de competição, e sim um artista fazendo um show e tanto em Vegas.

Luke: Eu estava aqui, só observando o começo da performance e meio com o pé atrás, mas aí bastou alguns segundos pro Chris voltar ao espaço onde começa a soltar tiros com suas performances e pronto, o cara destruiu mais uma vez. Que performance explosivamente maravilhosa!

 

Lauren Duski – “Lord, I Hope This Day Is Good”

https://www.youtube.com/watch?v=iy-7zRgEFwU

Bernardo: Investir num country quando se tem Shania como convidada, não é para qualquer um. Eu acredito que a Lauren não foi ruim, muito pelo contrário acredito que ela fez um trabalho muito bom. Que continue assim.

Edu: Ainda bem que Lauren não decepcionou, perante a um ícone do country como Shania Twain. Foi uma bela música cantada, que não ficou nada sonolenta, e até que curti em alguns momentos. Mandou bem dessa vez, suflê de chuchu.

Luke: Eu adoro a voz da Lauren! Não sei, acho que ela consegue passar uma emoção muito grande toda vez que canta e nunca me decepciona. Nessa semana não foi diferente, porque achei que novamente entregou uma apresentação linda, e continuo acreditando que é a única que pode levar o #TeamBlake longe nessa temporada.

 

Lilli Passero – “Man! I Feel Like Woman”

https://www.youtube.com/watch?v=WJG-T7F65oU

Bernardo: Lilli sabe que mesmo doente, Jennifer Lopez tem que honrar seus compromissos, sabe que apesar de problemas familiares, Cher tem que comparecer aos seus eventos e com uma tragédia atrás da outra na vida particular, Celine Dión teve que subir ao palco para fazer o que faz de melhor, que é cantar. Digo isso porque mesmo com a voz um pouquinho zuada, ela não deixou que isso lhe atingisse, foi lá e fez uma performance ótima e muito divertida. Adorei, seja pela mensagem ou pela apresentação.

Edu: Apesar de ter ficado doente durante os ensaios, Lilli não se intimidou, e propôs uma performance satisfatória, mesmo sua voz estando meio anasalada. Só que rolou um problema, por mais que ela seja uma das minhas favoritas da temporada, pelas suas condições não achei uma boa pedida cantar esse hino de Shania, ainda não estando totalmente recuperada, pois é uma música que exige muito fôlego.

Luke: Achei que Lilli não conseguiu alcançar todo poder que essa música tem. Talvez pelo fato de ter ficado doente, ou talvez por outro motivo. Ainda assim o que eu gostei é de ter visto esse outro lado dela, e deu pra continuar torcendo pela sua permanência no show.

 

Brennley Brown – “Long, Long Time”

https://www.youtube.com/watch?v=whcvmoQ8_sI

Bernardo: A força que a Brennley tem na sua voz é algo sensacional, e digo de reverência. Já estou esperando a cantora na final, só digo isso.

Edu: Brennley não cansa de impressionar, eu acho incrível a evolução que essa menina consegue ter. Essa foi pra mim a melhor performance da noite, e isso sim é country de qualidade a ser mostrado a uma das lendas do gênero. Quem é Lauren Duski na fila do pão?

Luke: É outra guria que me deixa arrepiado aqui com essa voz linda. Fora que essa música é linda gente, e Brennley novamente entregou uma apresentação cheia de emoção e que me deixou ainda mais apaixonado!

 

TSoul – “Always On My Mind”

https://www.youtube.com/watch?v=a8SvULJqb5Q

Bernardo: Eu gosto do TSoul, para quem já leu meus comentários anteriores sabe disso. Eu continuo gostando muito dele, mas o rapaz precisa reagir, fazer algo que nos faça torcer pelo seu trabalho e menos pela sua história de vida.

Edu: Próximo!

Luke: Quando vi que ele cantaria essa música fiquei meio que na defensiva, mas no final das contas achei que ele fez um trabalho bacana com a canção. Conseguiu colocar seu estilo, mas sem mudar essa melodia maravilhosa que a música tem.

 

Hunter Plake – “Somebody That I Used To Know”

https://www.youtube.com/watch?v=fFzKJKeyVjU

Bernardo: Eu já não gosto dessa música na sua versão original, nunca entendi o que as pessoas viram nela. Isso pode ter contaminado a minha opinião, mas achei essa performance do Hunter fraquíssima.

Edu: O QUE FOI ESSA PERFORMANCE? Hunter não cansa de impressionar, e essa foi a melhor versão que já ouvi da música. Rolou atitude, agressividade, suavidade, honestidade, tudo em uma apresentação só. É incrível como Hunter incorpora por completo sua personalidade perante às músicas que canta, e ele vem surpreendendo cada vez mais. Se continuar assim, a final será seu destino, com certeza.

Luke: Falei na semana passada e volto a repetir, se o Hunter não estiver na final vai ser a maior das mancadas. Outra performance lindona, gente! A voz desse cara é incrível, e mal posso esperar pra ouvir um álbum inteirinho dele. Novamente pegou uma música que TODO MUNDO CONHECE, e mais uma vez colocou seu toque especial da melhor maneira possível, nos presentandocom outro momento maravilhoso!

 

Vanessa Ferguson – “A Song For You”

https://www.youtube.com/watch?v=zjblFEwDxSU

Bernardo: Achei ótimo, mas nada de espetacular. Acredito que Vanessa fez um trabalho melhor na sua performance anterior, mas ela continua sendo uma das melhores e mais preparadas para encarar essa final.

Edu: Não adianta, toda vez que ouço “A Song For You” só consigo lembrar da incrível versão feita por Xtina. Vanessa, entretanto, soube fazer algo memorável à sua maneira, e tenho que admitir que estou encantado com essa performance até agora, encerrando no melhor estilo metralhadora, essa noite de Top 12. Rainha!

Luke: Aí temos a Vanessa para encerrar a noite, porque alguém tinha que terminar de derrubar a casa toda antes do episódio terminar, não é? Essa música é algo gigante, e Vanessa conseguiu fazer um baita trabalho maravilhoso, mostrando mais uma vez o tamanho do talento que tem. Performance lindona!

 

BOTTOM

 

Troy Ramey – “Drift Away”

https://www.youtube.com/watch?v=3gvYeoSXTmo

Bernardo: Nada de surpreendente vê-lo por aqui. Não sei dizer se foi uma performance necessária para empurra-lo mais para frente, mas continuo afirmando que ele precisa diversificar seu repertório, caso queira continuar.

Edu: Não me surpreendi nenhum pouco em ver Troy no bottom, pois ele fez uma apresentação bem sofrida. Aí na performance que está valendo sua permanência no programa, o rapaz vem com algo mais chato ainda? Amigo, assim fica difícil te defender.

Luke: Não foi uma grande novidade, pelo motivo da performance dele na segunda ter sido meio pombo, né? Dessa vez ele não fez muito diferente, e pra mim não rolou foi nada.

 

Mark Isaiah – “When I Was Your Man”

https://www.youtube.com/watch?v=wHmVSlHHmXg

Bernardo: Mark continua andando em círculos, uma pena.

Edu: No fim a apresentação do embuste até que foi consideravelmente “satisfatória”.

Luke: Essa música mexe demais comigo, e talvez por isso eu tenha gostado da performance do Mark. Claro que não foi um tiro de apresentação, mas achei que ele conseguiu fazer algo bacana ali.

 

ELIMINAÇÃO

https://www.youtube.com/watch?v=4yjiZuGB4Do

Bernardo: Tínhamos um bottom com dois cantores medianos, ou que querem continuar jogando na sua zona de conforto. O resultado foi ok, um dos dois continua na disputa e o problema está aí.

Edu: Em um instant save formado por embustes, Mark foi o mais esperto e soube trazer um número mais convincente. Ele se safou por pouco, mas ainda acho que ele deve vazar na próxima semana. Sobre Troy, ele já estava fazendo hora extra na disputa, e pra mim devia ter rodado nos playoffs, ao invés de JChosen. Nunca perdoarei Gwen por esse vacilo.

Luke: Ah gente, não sou o maior fã do Mark, mas dessa vez ele mereceu levar. Ficou claro nessa semana que Gwen errou ao levar Troy ao lives e mandar JChosen pra casa. Se eu tinha uma pequena dúvida sobre isso, ficou bem claro depois desses dois episódios. O cara tem uma boa voz, mas não conseguiu conquistar e por isso acabou sendo o primeiro eliminado.

 

O que acharam dos resultados dessa semana? Curtiram Shania Twain na bancada?

Até a próxima semana!

Avatar

Team Mix Reality

#TeamReality no Mix de Séries é responsável pelos realities shows.

No comments

Add yours