The Voice US – 7×11/12 – Knockout Rounds

E o The Voice US está chegando cada vez mais perto da fase dos live shows, com uma decisiva fase de Knockout Rounds. Nessa altura, os nossos coaches contaram com a presença da talentosa estrela pop/country Taylor Swift como mentora de cada equipe. Como essa semana cada act fez uma performance individual apesar de ter sido batalha, vamos colocar no decorrer da reviews aqueles que foram vencedores de cada.

Continua após as recomendações

Ansiosos para saber como que foram essas batalhas? Vem com a gente!

 

Continua após a publicidade

TEAM GWEN

 

Bryana Salaz – “Heart Attack” x Sugar Joans – “Love On Top”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=v-odJFM1UcI[/youtube]

Carine: No começo não gostei muito da Bryana não. Achei bem comum, mas na segunda parte da música ela arrasou. Já para a Sugar faltou potência ao escolher Beyoncé e ainda mais essa música que é beeeeem difícil. Concordo com a escolha e nem roubaria a Sugar porque acho que tem melhores para serem roubados por aí.

Eduardo: As duas foram ótimas, que batalha incrível entre as duas. Apesar disso, eu achei Bryana muito mais à vontade e eu gostei dessa versão dela para a música da Demi. Já Sugar senti uma certa tensão por parte dela, talvez pela escolha em ser uma música de Beyoncé. Por conta disso, nada mais que justo a vitória de Bryana, achei mega justa a escolha de Gwen, e fiquei feliz também de Pharrell ter roubado Sugar para ele.

Letícia: Tenho uma implicância com aquelas “forçadas” que Sugar faz com a voz. Apesar disso achei que ela foi bem, mas Bryana foi MUITO MELHOR, nossa, anos-luz à frente. Foi delicioso ouvir ela cantando “Heart Attack”, minha preferida da Demi, e a vitória dela foi justíssima.

 

Troy Ritchie – “Hey Ya!” x Taylor John Williams – “Mad World” 

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=7nCRnqn1SkU[/youtube]

Carine: O Troy me divertiu demais, vi a performance sorrindo o tempo todo. Animado, contagiante, super presença de palco. Quando achei que o Taylor não tivesse chance alguma ele veio e conseguiu me arrepiar. No fim gostei tanto que assisti duas vezes. Só uma pena ninguém roubar o Troy.

Eduardo: Achei a performance do Troy espetacular que comecei a cantar todo animado aqui. Taylor se destacou com algo mais introspectivo, e foi mais tocante, assim levando-o a vencer essa batalha, e convenhamos que merecidamente.

Letícia: Essa batalha me deixou triste no fim. Gostei mais de Troy, aliás, sempre gostei mais dele, mas realmente foi arriscado escolher essa música. Na hora de comparar entre um e outro, a apresentação mais emocionante sempre vai ganhar (vimos isso com Toia e Damien), e foi exatamente isso que aconteceu.

 

TEAM BLAKE

 

James David Carter – “You’ve Got A Friend” x Griffin – “As Long As You Love Me” 

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=zi_V3RpXgw4[/youtube]

Carine: Eu gosto do James, mas sem dúvidas essa foi sua pior performance até agora. Mesmo assim muito melhor do que o Griffin que nessa versão sem graça de “As Long As You Love Me”. Nenhuma dúvida do resultado, né?

Eduardo: Achei bacana Griffin querer ousar com outro estilo, mas infelizmente pecou na song choice. A performance de James foi algo meio just ok, mas sem dúvida ele se saiu um milhão de vezes melhor, pena que Blake não tenha pensado da mesma forma.

Letícia: Definitivamente a pior batalha, os dois foram bem ruins. James levou essa, mas vamos falar sério, ele já fez coisa bem melhor nessa competição. E Griffin gente? Não entendi aquela song choice sabe, é como se estivesse pedindo para sair. Bom, se era isso foi bem sucedido.

 

Jessie Pitts – “Your Song” x Tanner Linford – “Calling All Angels”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=N4tXXSYVj8U[/youtube]

Carine: JESSIE SUA LINDA! Por um momento eu realmente achei que o Blake fosse ficar com o Tanner porque ele já disse que só rouba as pessoas para colocar com seus favoritos e eliminar depois, mas né, vamos combinar que não dava pra manter o Tanner e tirar a Jessie porque ela é infinitamente melhor.

Eduardo: MAS GENTE? Jessie mudou da água para o vinho, após aquela sofrível performance dela nas battle rounds, foi tudo tão perfeito e profundo. Palmas! Já Tanner se eu disser que ele foi ótimo estarei mentindo, mas para a idade que ele tem, mandou muito bem, só que foi evidente que ela levaria essa fácil.

Letícia: Para mim ficou claro desde o início que Jessie levava essa. Nossa, a apresentação dela foi tão incrível, tão perfeita, que fiquei arrepiada do início ao fim. Já Tanner não me arrepiou, e foi só ok. Fiquei tensa também no fim pensando que Blake poderia errar, mas ele acertou, e que ela continue nessa linha, que vai longe.

 

TEAM PHARRELL

 

Danica Shirey – “Saving All My Love For You” x Katriz Trinidad – “Superwoman”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=tF13dvOENRE[/youtube]

Carine: Morri de dó da Katriz que muito merecia continuar, mas coitada, ficou apagadinha depois da Danica. E gente, essa mulher é muito boa. Não duvido nada Pharrell levar Danica até a final. Não dá pra não concordar, teria feito a mesma escolha.

Eduardo: Sobre essa batalha? UMA COVARDIA, pois só duas das candidatas que mais gosto estavam nela, pronto falei! Danica destruiu numa performance emocionante de se aplaudir de pé. Já Katriz foi mais dócil, teve tudo no tom e na medida certa e foi tão perfeito e gostoso de se ouvir, mas sou suspeito em falar, pois ela era uma das minhas favoritas só que não foi dessa vez, infelizmente.

Letícia: Tô com o Edu, essa batalha doeu no coração, porque sou apaixonada pelas duas. Danica foi musa, diva, mas isso já é até normal vindo dessa maravilhosa. Já Katriz foi tão linda, e cantou tão bem uma música forte como aquela, que eu chorei aqui quando ela foi embora. Não foi justo porque queria as duas na competição.

 

Luke Wade – “Rich Girl” x Taylor Phelan – “Rather Be” 

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=oPiKOJdlwGg[/youtube]

Eduardo: Taylor é ótimo, e nem preciso dizer que ele humilhou Luke e sua performance sonolenta, só que me impressionei de Pharrell não tê-lo escolhido. Ainda bem que teve uma nova chance e com certeza fará um ótimo trabalho com Adam. E gente a filhinha do Taylor é a coisa mais fofa do mundo! <3

Carine: Gostaria de não ter lido o comentário do Sr. Eduardo. “Luke e sua performance sonolenta”???? Jura??? EU AMEI O LUKE. Tô aqui apaixonada por ele e essa voz deliciosa. E ainda acho o Taylor bem sem graça viu, nem sei onde tá a graça que todos viram nele. Vou torcer pra cair fora logo.

Letícia: Eita que tô com a Carine, e amei o Luke (como sempre) e não curti nada o Taylor dessa vez. Achei chatíssima a performance dele, e não entendi porque tanta babação. Poderiam ter feito isso com a Katriz ou a Toia né, mas pelo Taylor? Fala sério.

 

Elyjuh René – “With You” x Ricky Manning – “Wrecking Ball” 

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Z-_Qzl5bIV8[/youtube]

Carine: Pra falar a verdade eu não vi nada de tão sensacional em nenhum dos dois. Peguei um amor no Ricky pela batalha dele que achei incrível, mas até acho que o Elyjuh mereceu ser escolhido, ele é bom. Eu ficaria com o Ricky, que ainda bem que foi salvo.

Eduardo: Me chamem de chato, mas ODIEI a performance de Elyjuh, pra falar a verdade nunca achei ele isso tudo, por mim ele pode rodar na próxima fase que não me fará falta alguma. Ricky para mim se saiu bem mediano, mas nunca, JAMAIS chegará aos pés da minha menina Grimmie na temporada passada. Se eu fosse o Pharrell não salvaria nenhum dos dois, mas tenho certeza que Gwen fará um ótimo trabalho com Ricky.

Letícia: Concordo com a Cá, não vi nada de tão especial em nenhum dos dois. Elyjuh “estragou” uma música que eu gosto, e Ricky fez uma versão bem melancólica de “Wrecking Ball”. No fim preferi Ricky, e amei que ele foi salvo.

 

TEAM ADAM

 

Damien – “How Do I Live” x Toia Jones – “Crazy In Love”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=8K1mZrGWc5o[/youtube]

Carine: Que difícil que tá hoje! Aprende The Voice Brasil! Eu adoro o Damien e apesar de não gostar dessa música, foi impossível não me encantar pela performance. Já a música da Toia eu amo e me diverti demais. Queria ficar com os dois.

Eduardo: Damien fez uma performance emocionante ao extremo, enquanto Toia se mostrou que possui uma ótima presença de palco (apesar de um momento eu achar que a peruca dela ia voar, mas tudo bem). Amei os dois, mas estava na cara que ele levaria a melhor, e torci muito por isso.

Letícia: Torci pelo Damien desde o início. Não foi a melhor apresentação dele ok, mas me bateu o desespero vendo os outros jurados preferindo Toia, que confesso, não gostei muito da apresentação, sei lá. Que bom que Adam foi sensato, e escolheu o melhor.

 

Alessandra Castronovo – “Next to me” x Mia Pfirrman – “Human”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=LEddL44o-5I[/youtube]

Carine: Nem precisa dizer que esse resultado era óbvio, né? Mia deu um banho em Alessandra. E mesmo que eu não vá com a cara da Mia preciso admitir que ela é muito boa e com certeza será finalista do Team Adam.

Eduardo: Alessandra se saiu em sua performance em algo bem café com leite, e eu apenas observei. Eis que então chega Mia simplesmente HUMILHANDO, numa belíssima e emocionante apresentação. Óbvio que a morena levaria a melhor e já torço por ela ser uma das finalistas dessa temporada.

Letícia: Até fiquei chateada de ver Alessandra partir, já estava apegada na menina. Mas Mia gente pelamor, foi maravilhosaaa em todos os sentidos. Adorei a escolha musical, a calma que ela começou e poder da sua voz para atingir agudos inimagináveis, e adorei o figurino também, ela estava linda demais.

 

Viram só como a competição está cada vez mais acirrada? E você já tem um favorito? Venha comentar e opinar conosco!

17 comentários

Adicione o seu
  1. Avatar
    gustavo 7 novembro, 2014 at 12:52 Responder

    É ridiculo Troy ser eliminado e Taylor que cantou “rather be” ser pego pelos 3 técnicos, a apresentação de Taylor foi muito chata e não mostrou poder vocal. Parabéns Coaches, perderam uma estrela

  2. Avatar
    gustavo 7 novembro, 2014 at 12:52 Responder

    É ridiculo Troy ser eliminado e Taylor que cantou “rather be” ser pego pelos 3 técnicos, a apresentação de Taylor foi muito chata e não mostrou poder vocal. Parabéns Coaches, perderam uma estrela

  3. Avatar
    gustavo 7 novembro, 2014 at 12:50 Responder

    Tanner viveu muito nessa competição, devia nem ter entrado no The Voice. Tanner não canta, ele só está por causa da “Segunda Chance”. Está é tomando lugar de gente mais talentosa que foi embora injustamente, como Maya e Gianna Salvato (que foi desprezada pela produção do programa)

  4. Avatar
    gustavo 7 novembro, 2014 at 12:50 Responder

    Tanner viveu muito nessa competição, devia nem ter entrado no The Voice. Tanner não canta, ele só está por causa da “Segunda Chance”. Está é tomando lugar de gente mais talentosa que foi embora injustamente, como Maya e Gianna Salvato (que foi desprezada pela produção do programa)

  5. Avatar
    Guest 7 novembro, 2014 at 12:49 Responder

    Tanner viveu muito nessa competição, devia nem ter entrado no The Voice. Tanner não canta, ele só está por causa da “Segunda Chance”. Está é tomando lugar de gnete mais talentosa que foi embora injustamente, como Maya e Gianna Salvato (que foi desprezada pela produção do programa)

  6. Avatar
    Guest 7 novembro, 2014 at 12:49 Responder

    Tanner viveu muito nessa competição, devia nem ter entrado no The Voice. Tanner não canta, ele só está por causa da “Segunda Chance”. Está é tomando lugar de gnete mais talentosa que foi embora injustamente, como Maya e Gianna Salvato (que foi desprezada pela produção do programa)

  7. Avatar
    gustavo 7 novembro, 2014 at 12:44 Responder

    Achei que tudo foi bem justo nessa rodada de knockouts. Menos Troy ser eliminado e Taylor ser pego. A apresentação de Troy foi épica ele devia ser steal (roubado). Taylor só porque cantou uma música que todo mundo gosta e deu uns pulinhos foi roubado, aff ! Outra coisa que não foi boa foi a vitória de Elijuh.

  8. Avatar
    gustavo 7 novembro, 2014 at 12:44 Responder

    Achei que tudo foi bem justo nessa rodada de knockouts. Menos Troy ser eliminado e Taylor ser pego. A apresentação de Troy foi épica ele devia ser steal (roubado). Taylor só porque cantou uma música que todo mundo gosta e deu uns pulinhos foi roubado, aff ! Outra coisa que não foi boa foi a vitória de Elijuh.

  9. Avatar
    Carol Maglio 30 outubro, 2014 at 14:33 Responder

    Só digo duas coisas:
    1. JÁ QUERO TAYLOR SWIFT DE COACH FIXA EM ALGUMA TEMPORADA!
    2. Eu não acredito que o Elijuh eliminou a Maya pra fazer essa apresentação b*sta!

    • Eduardo Nogueira
      Eduardo Nogueira 30 outubro, 2014 at 16:23 Responder

      A Taylor está sendo ótima, também torço para que ela venha a se tornar uma coach fixa, quem sabe na Season 10?
      Sobre Elijuh? Não gosto dele, acho muito forçado e torço para ele rodar já na próxima

    • Avatar
      gustavo 7 novembro, 2014 at 12:42 Responder

      Concordo ! E o pior é a babação de ovo que Phraell tem pelo Elijuh ! Rick não foi muito bom mais todos os técnicos admitiram que ele foi melhor.

  10. Avatar
    Isabelle 30 outubro, 2014 at 08:14 Responder

    Ainda sofrendo pelo Try… eu realmente curtia muito, muito, muito ele!!!!! Ma so Taylor arrasou demais e a música eh linda e ele conseguiu executá-la bem… mas que o Troy merecia um steal, merecia!!!!

  11. Avatar
    Isabelle 30 outubro, 2014 at 08:14 Responder

    Ainda sofrendo pelo Try… eu realmente curtia muito, muito, muito ele!!!!! Ma so Taylor arrasou demais e a música eh linda e ele conseguiu executá-la bem… mas que o Troy merecia um steal, merecia!!!!

Post a new comment