The Voice US – 9×09/10 – Battle Rounds

the-voice-us-9x0910

Continua após as recomendações

Fala galera, como estão todos? Essa semana rolou os dois últimos programas da fase battle rounds em The Voice, preparando então para a fase de knockout rounds.

Vamos acompanhar?

Continua após a publicidade

 

TEAM BLAKE

 

Blaine Mitchell x Blind Joe – “Old Time Rock and Roll “

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=j_ydhoE6gVo[/youtube]

Alex: Blake ousou. A voz de Joe tem algo único, que não consigo descrever o que, mas que faz toda diferença. Mas a voz de Blaine também tem uma tonalidade forte, única e marcante. Claro que a escolha foi mais que certa, porque desperdiçar Joe seria um tiro na própria cabeça. E acho desnecessário o roubo de Adam, mesmo Blaine tendo uma voz como a que ele tem.

Carol: Que delicia de batalha gente, mas também acho que Blind Joe levou essa bem merecido! Adam fez um bom steal, bem a cara dele esse Blaine.

Eduardo:Gente que batalha demais, pensei que ia ser algo sonolento o qual eu ia esperar lentamente a morte, mas ainda bem que não foi assim. Blaine até que foi bem, mas foi Blind Joe que dominou a batalha, logo nada mais justo ele ter levado o título. Apesar de Adam ter usado seu último steal no rapaz, não vejo o act indo muito longe na competição, isso se ele não vazar já nos knockouts.

Lucas: Eu particularmente não gostei assim tanto da batalha, mas os dois cantam bem. Pra mim Blaine foi bem melhor, e por isso achei super bacana o Adam roubando o cara pro time dele, mas não consigo enxergar nenhum dos dois chegando longe.

 

Emily Ann Roberts x Morgan Frazier: “I’m That Kind of Girl” 

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=pAJe_m8rmSE[/youtube]

Carol: Emily tem uma voz fina que chega a irritar. Tem aquele selo Blake de Battle, bem country, sem emoção, sem batalha na verdade, só duas pessoas cantando. Apesar dos pesares Emily tem mais chances de ganhar o carinho do público. Phapha porém fez um bom steal! Como disse o Lucas, Riri vai fazer história no próximo programa com aquele conjuntinho jeans do século passado <3 can’t wait.

Eduardo: Sério gente que Blake escolheu a suflê de chuchu? Que menina mais sem sal, estou aqui rezando para que ela vaze lindamente agora no Knockout Rounds. Ainda bem que Pharrell ainda tinha seu último steal, e assim salvou Morgan, porque eu ficaria xingando no Twitter infinitamente se ela fosse eliminada.

Lucas: Não consegui gostar, as duas cantaram super bem, mas sei lá, não funcionou pra mim. Só conseguia pensar na próxima fase por motivos de RiRi! Vai ser muita explosão!

 

TEAM ADAM

 

Cassandra Robertson x Viktor Király – “Nobody Knows” 

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=A8dmFJShtI4[/youtube]

Alex: Comecei pensando que seria idiotice se o Adam escolhesse o Viktor. A voz de Cassandra é linda e a potência da mesma é incrível. Mas ai vem aquilo: a song choice não foi pra ela. Lógico, quem se destacou foi ele, e não foi tão ruim assim. Mas dizer que ele vai longe… Bem, I don’t think so.

Carol: Miojo sem temperinho, não acho nenhum deles forte, nenhum brilhou. Eu escolheria o Viktor também!

Eduardo: Olha eu achei demais a batalha entre eles, mas era nítido que Viktor estava mais à vontade com a música em relação a Cassandra. A surpresa seria grande se Adam tivesse escolhido ela, mas até que ele foi sensato.

Lucas: Eu achei ótima, os dois mandaram super bem. Cassandra tem um vozeirão potente e Viktor conseguiu superar, porque a música combinava bem mais com ele. Mesmo assim queria muito que alguém tivesse usado um steal com a Cassandra, porque ela não merecia ter sido eliminada.

 

Andi & Alex x Chance Peña – “Wherever You Will Go” 

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Xl6yW-H4IpI[/youtube]

Alex: Adam comeu titica de galinha, SÓ PODE! Não digo que as vozes de Andi e Alex sejam feias, porque separadamente podem ser incríveis. Mas ali, naquela performance, foi um desastre. Uma não casava com a outra e não se casavam com Chance que, por sua vez, brilhou a performance inteira. Jurava, com todo meu ser, que Adam não seria doido de deixá-lo ir. Ainda bem que Blake não pisou na bola, dessa vez.

Carol: Chorei! As gêmeas estavam mais afinadas, Chase precisa de alguns toques mais profissionais ainda mas a voz dele realmente é única e tenho certeza que ficará ótima num country do Blake. Toda arrepiada aqui, mas eu escolheria elas também. Adam sabe fazer uma batalha, sempre gosto mais das dele e do Phapha.

Eduardo: Gente eu amei, voltei aos meus 14 anos. Não foi a melhor batalha, mas valeu a pena ver. As gêmeas chegaram a ficar meio desconexas em alguns momentos, mas nada que umas correções não possam ajudar. Ainda bem que Blake roubou Chance para ele, pois o rapaz sofreria uma grande injustiça se tivesse sido eliminado.

Lucas: Ah gente, que batalha mais deliciosa! A única coisa que conseguia pensar é tipo “POR FAVOR, NÃO DEIXEM NENHUM DOS TRÊS IR EMBORA”. Três vozes maravilhosas, song choice perfeita do Adam e o resultado não poderia ter sido outro, pra mim foi a melhor batalha dessa semana e uma das minhas preferidas da temporada. Adoro a voz do Chance, acho o cara super talentoso e estava na certeza que seria o escolhido do Adam, por achar que os dois combinam mais. Mesmo assim estava torcendo bastante pelas gêmeas, porque aquelas duas vozes não podem sair da competição tão cedo. Que o Blake não faça burrada com Chance, porque estou torcendo demais pro rapaz ir longe.

 

Amanda Ayala x Shelby Brown – “Edge of Seventeen” 

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=1MmPqb3SoOI[/youtube]

Carol: Elas parecem até uma dupla de tão igual que cantam. Eu não saberia quem escolher, coments do Blake me mataram de tanto rir. Eu ficaria com a Amanda, está mais pronta.

Eduardo: Foi uma batalha equilibrada e a sintonia entre as duas foi algo incrível, que amei do começo ao fim. Fiquei feliz de Adam ter escolhido Shelby, pois ela é uma candidata fortíssima, apesar de Amanda ser ótima também.

Lucas: Começaram muito bem essa última noite das batalhas. Ambas têm um baita vozeirão potente, mas por causa daquela blind maravilhosa, foi impossível não ficar torcendo absurdamente por Shelby.

 

TEAM GWEN

 

Chase Kerby x Korin Bukowski – “Samson”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=g-hh5WOz8RY[/youtube]

Alex: Faltou uma coisa bem importante: intensidade. Não quer dizer que pela música ser lenta eles precisam estar mortos. Só não dormi porque fiquei curioso quem seria expulso, ou se ambos cairiam fora, por algum milagre. Claro que, dentro do que foi apresentado, Korin tomou a melhor. Mas gente, ela é uma zumbi, ou algo do tipo. Melhore miga.

Carol: Chase tem uns probleminhas de respiração meio complicados com certeza Korin ganharia essa. Gwen, poderia ter pegado música melhor miga!

Eduardo: Faltou um pouco de emoção? Sim, mas mesmo assim eu gostei. A música caiu como uma luva para Korin, assim rendendo-lhe a vitória.

Lucas: Estava bem óbvio que Korin iria ganhar essa, mas o que eu gostei foi que os dois tem um tom de voz bem diferenciado e curti muito a song choice de Gwen, porque combinou bastante com os dois. Eu estava torcendo pro Chase, mas não teve como, Korin se destacou bem mais.

 

Braiden Sunshine x Lyndsey Elm – “No One Is to Blame”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=fg8l5MVyxDg[/youtube]

Alex: ISSO É UMA BATALHA! Uma música lenta não quer dizer que você tem que ser morto no palco. Você pode brincar, seja com olhares ou com sua voz. Mesmo Braiden sendo tímido, o que é notável, ele soube se soltar, principalmente por Lyndsey mostrar confiança a ele, mostrando que eles estavam ali para viver o momento. Fiquei com o coração na mão, até porque torcia loucamente por ela, até escutar e ver essa performance. Fico extremamente feliz por ele passar, mas Lyndsey merecia mais. Ela tem carisma único, voz perfeita e entra pra lista de decepções dessa temporada. Valeu, coaches!

Carol: Vozes incríveis, eu não saberia quem escolher, mas Lyn está mais pronta pra competição agora. Braiden está meio cru, não sei se a Gwen escolheu certo!

Eduardo: Quero ouvir essa batalha mais e mais vezes. Gwen foi mais do que justa em escolher Braiden porque ele mandou bem demais, e é uma peça fundamental no time dela. Espero que ela não fala nenhuma besteira, pois o act tem potencial e muito, se bem trabalhado em chegar até a final, anotem!

Lucas: Os dois surpreenderam muito, mas Braiden mereceu sair ganhando, porque mesmo com aquela timidez toda, o guri fez um baita trabalho. Achei que Gwen escolheu perfeitamente a música e foi impossível não gostar.

 

TEAM PHARRELL

 

Evan McKeel x Riley Biederer – “Higher Ground”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=_0bRbKlYL4I[/youtube]

Alex: Pharrell sabe como montar uma battle interessante, mesmo que os acts sejam chatos e a escolha da música não seja lá essas coisas. Sim, a voz de Riley é comum demais, e lembra a de Korin, em alguns momentos. Mas a de Evan também não é essa coca-cola toda não, principalmente quando ele começa a dançar. QUE HORROR 100OR!!!

Carol: Faltou alguma coisa, eu escolheria Riley. Esse Evan está bem sem graça.

Eduardo: Achei essa batalha bem meia boca, mas não por culpa dos acts, e sim da song choice. Na minha humilde opinião, gostei mais da Riley e ainda bem que Gwen utilizou seu último steal com ela.

Lucas: Pra mim foi bem chatinha essa battle, Gwen nem deveria ter usado seu último steal dessa vez, sei lá.

 

Amy Vachal x Jubal & Amanda -“To Love Somebody”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=dxoLN9jhclk[/youtube]

Carol: Ficou tão bonito, mas acho que essa dupla não é a vibe do Pharrell. A música ficou linda com os três, apesar de parecer uma cilada. Mas também ficaria com Amy.

Eduardo: Gente era óbvio que Amy foi bem melhor, e ainda bem que Pharrell foi super sensato.

Lucas: Eu estava com medo do Pharrell acabar escolhendo a dupla, porque realmente eles têm uma voz bem mais potente, mas Amy me ganhou desde a blind, com toda aquela suavidade e pra mim foi a melhor dessa battle. Já quero vê-la surpreendendo mais uma vez na próxima fase.

 

Com isso, juntam-se aos demais da semana passada para a próxima fase:

Team Adam: Viktor Király, Andi & Alex, Shelby Brown, Blaine Mitchell

Team Blake: Blind Joe, Emily Ann Roberts, Nadjah Nicole, Chance Peña

Team Gwen: Korin Bukowski, Braiden Sunshine, Summer Schappell, Riley Biederer

Team Pharrell: Evan McKeel, Amy Vachal, Darius Scott, Morgan Frazier

 

Na próxima semana começa a fase de knockout rounds, onde a disputa ficará mais acirrada ainda. Os quatro jurados contarão dessa vez com a ajuda da popstar Rihanna, como mentora dos times.

Que vença o melhor!

Nenhum comentário

Adicione o seu