The Walking Dead – 5×06 – Consumed

twd 5x6

Continua após as recomendações

Vocês tem que concordar comigo que o quinto episódio foi o mais fraco até agora. Era óbvio que Eugene era um charlatão, bem como Abraham um total desequilibrado. Fato é que “Self Help” só serviu para enfim terminar o chatíssimo  arco de “encontrar a cura e salvar o mundo em Washington“… Então, o sexto episódio tinha que vir para apagar o anterior. E conseguiu.

Confesso que tive um frio na barriga no prelúdio, achei que seria mais um episódio de intermináveis flashbacks, contando a jornada da Carol após ser expulsa da prisão. Mas não, finalmente saberíamos o que diabos aconteceu no fim do terceiro episódio, para o Daryl voltar sem ela para igreja, bem como explicar como Carol chega desacordada ao hospital onde Beth está presa, no fim do quarto episódio.

Continua após a publicidade

Daryl e Carol seguiam um carro semelhante ao que levou Beth, mas ficam sem gasolina e tem que se abrigar. Em meio às conversas existenciais, Carol revela que acha que eles não tem mais como salvar pessoas (o que é meio inverossímil, vindo de alguém que encarnou o Rambo e salvou a TODOS do grupo de Rick, ainda no primeiro episódio). Eles procuram um prédio alto para vigia, onde avistam uma van abandonada na ponte, com a mesma cruz do carro que seguiam, prestes a cair. Eles resolvem checar o veículo, mas não contavam que estavam sendo seguidos por Chris Noah. O rapaz rouba suas armas, inclusive a besta de Daryl (que pecado).

twd 5x6 1

Com armas escassas, Daryl e Carol vão até a van abandonada e descobrem que a cruz é de um hospital. Nesse momento, eles são atacados por uma horda de zumbis e ficam encurralados no veículo, o que leva Daryl a tomar uma medida desesperada: Despencar com a van da borda da ponte. Eles conseguem fugir sem muitos arranhões (o que é impressionante pela altura da queda) e se abrigam para planejar o próximo passo. De volta ao prédio, os caminhos da dupla se cruzam com o de Noah, novamente, mas dessa vez Daryl leva a melhor, consegue emboscá-lo e recuperar sua besta (aí sim). Nesse momento, surge um pequeno problema de roteiro: Daryl quer deixar Noah para morrer, e Carol quer salvá-lo. Mas foi ela antes quem queria matá-lo e ele não deixou. Isso não faz muito sentido, mas talvez seja para mostrar o quanto as pessoas podem mudar de opiniões em situações extremas.

Carol consegue convencer Daryl a deixar Noah viver, o que se mostra uma decisão acertada, pois o rapaz demonstra saber do paradeiro de Beth. O trio então decide trabalhar junto, mas quando está deixando o prédio, Carol é atropelada e levada pela polícia do hospital. E nesse momento tem o melhor diálogo do episódio, quando Noah diz que eles precisam se planejar, pois o grupo do Grady Memorial tem pessoal e armas. E aí, Daryl solta uma frase que também serve como profecia: “Nós também“. Ao lado de Noah, Daryl, então, segue de volta ao encontro de Rick, onde vão se juntar para o resgate de Carol e Beth.

Pois é galera, a guerra está prestes a começar… e eu mal posso esperar por ela.

Nenhum comentário

Adicione o seu