The Walking Dead – 8×08 – How It’s Gotta Be

Imagem: AMC/Divulgação

Continua após as recomendações

Acabou para um dos personagens mais desenvolvidos de The Walking Dead. O último episódio do ano deixou mais pontas soltas do que deveria para um Mid-Season Finale, mas chocou seu público e certamente deve ter despertado algumas lágrimas. Logo mais explico o porquê do “certamente”.

Continua após a publicidade

Ainda não sabemos como, mas Negan (Jeffrey Dean Morgan) conseguiu se libertar da horda de Walkers que havia em frente ao Santuário e se dirigiu até Alexandria para o contra ataque. Rick (Andrew Lincoln) foge com Carol (Melissa McBride) e Jerry (Cooper Andrews) e depois cada um retorna para uma comunidade, com a ideia de alertar sobre o ataque.

Claro que eles estariam atrasados. As três colônias são atacadas de maneiras diferentes. Maggie (Lauren Cohan) é obrigada a seguir a estrada de volta à Hilltop, após a morte de um de seus companheiros. Com raiva, ela mata um dos Salvadores prisioneiros e segue o jogo preparando o lugar para abrigar os sobreviventes das outras comunidades.

No Reino, Ezekiel (Khary Payton) é forçado a agir, quando vê o ataque em sua comunidade. Ele dá um jeito e consegue tirar todos os residentes do local, mas fica como prisioneiro dos Salvadores e, assim que Carol chega, é tarde demais para salvá-lo.

Imagem: AMC/Divulgação

Agora, em Alexandria temos o plot maior. O grupo se desespera, após a chamada de Negan pelos portões, e é Carl (Chandler Riggs) quem se torna o líder naquele momento. Ele distrai o vilão para os outros fugirem e no fim acaba em meio às chamas por conta do bombardeio inimigo.

Houveram algumas outras cenas que geraram curiosidade, como Aaron (Ross Marquand) e Enid (Katelyn Nacon) em Oceanside, ou mesmo Eugene (Josh McDermitt) voltando atrás e ajudando Gabriel (Seth Gilliam), e a briga épica entre Negan e Rick. Mas nada se compara ao xerife e Michonne (Danai Gurira) encontrando todos dentro dos esgotos e, por fim, Carl… com uma mordida em sua costela.

Se você leu os spoilers de meses atrás, essa morte já havia sido confirmada. Contudo, eu mesmo era um dos que leram e não acreditaram na suposta teoria até então. AMC chocou os fãs com uma morte que não era esperada para a trama e que talvez no futuro venha a fazer falta.

O “certamente” dito no início do texto se dá ao fato de que, após 8 anos de série, não nos sustenta mais ver algum personagem morrer heroicamente com apenas uma mordida. Ainda mais Carl! E, ao contrário do que imaginei, este episódio não veio para fechar as pontas e, sim, abrir outras e deixar tudo ainda mais confuso.

Aguardar os próximos para entender como o garoto foi mordido e como os Salvadores saíram da base? Provavelmente.

E você, o que achou? The Walking Dead retorna em Fevereiro!

https://www.youtube.com/watch?v=3v84aAaCdn4

Avatar

Rodrigo Sodre

Rodrigo é um rapaz que cresceu, mas manteve todas as alegrias da infância consigo. Aos 25 anos, é formado em Jornalismo e joga videogame desde quando usava fraldas. Apaixonado por zumbis, começou a se interessar pelo gênero quando viu a primeira intro de Resident Evil 2. Hoje é fã fiel de The Walking Dead e continua jogando, lendo, vendo filmes e séries.

No comments

Add yours