The X Factor UK – 12×07/08 – Arena Auditions / Bootcamp

txf 2

Continua após as recomendações

Olá gente, tudo bem com vocês?

The X Factor UK está pegando fogo, e essa semana trazemos para vocês as últimas audições do Arena Auditions e o primeiro dia do BootCamp.

Continua após a publicidade

ARENA AUDITIONS

OS LACRADORES

Megan Dallas – “Waterfalls”

Clique aqui para ver a apresentação.

Carol: Simpática, artista completa, bem natural, voz gostosa, gostei bastante!

Eduardo: Simplesmente amei, tão natural e serena. E pessoas que não estragam grandes clássicos ganham pontos infinitos comigo.

Letícia: Achei ela uma fofa! Adorei a voz, a timidez no palco, o cabelo e até o violão. Tô louca para ver o que mais ela pode fazer.

Lucas: Delícia de voz, aquele estilo natural que fica impossível não se apaixonar logo de cara. Quero mais!

 

Kerrie-Anne Phillips – “We Found Love”

Clique aqui para ver a apresentação.

Carol: Não fiquei muito animada com ela, não curti o ritmo que ela deu para essa música que já tem um ritmo gostoso acústico. Ela nem pareceu animada nem nada, sei lá! Mas não canta mal não.

Eduardo: Quase dormi, próximo!

Letícia: Nem dá para falar muito, porque não ouvimos a apresentação toda. Mas o que eu ouvi achei a voz ótima com a música errada.

Lucas: Acho que ela pode até se dar bem, mas também não gostei tanto assim a audição. Pra mim o problema foi exatamente a “song choice”.

 

Lucy Duffield – “If I Ain’t Got You” e “I Have Nothing”

Clique aqui para ver a apresentação.

Carol: Com uma voz bem diferente das normais, ela tem uma potência vocal difícil de achar que me lembrou Adele, não sei por qual motivo. SIM, quero ela. Tem grandes chances de ir longe.

Eduardo: Ela já tinha ido mega bem na primeira música, aí vem Simon e faz isso?Eu tenho sentimentos,sabe? Essa tem um grande percurso.

Letícia: Lucy me ganhou assim que soltou vozeirão, foi lindo demais. E Simon mostrou que é o melhor produtor da atualidade fazendo ela cantar uma música que a deixou ainda mais maravilhosa. Amei!

Lucas: Adorei a voz da Lucy. Grandiosa e me ganhou já na primeira música, mas a melhor coisa que o Simon fez foi pedir pra ela cantar novamente, porque ficou ainda melhor e também tenho certeza que ela irá longe.

 

Nige and Kay – “Up”

Clique aqui para ver a apresentação.

Carol: Ele canta meio baixo mas os dois juntos são ótimos. Uma graça essa pegada country!

Eduardo: Amei, mesmo sabendo que dificilmente irão longe.

Letícia: Ahhh eu amei a versão inglesa de Alex & Sierra, a acho sim que eles podem ir longe. Os dois cantam muito bem, e com um bom técnico podem sim arrasar na competição.

Lucas: Estão investindo firme nos duetos ein? Nige and Kay foram ótimos, não sei se vão longe, mas a song choice foi perfeita pra eles, lindas vozes.

 

Louel – “One Last Time”

Clique aqui para ver a apresentação.

Carol: Não curti, sorry! Falta muita coisa para ser ótimo.

Eduardo: Apenas não, próximo!

Letícia: Ele canta muito melhor do que ela, muito mesmo, e acho até que deveria competir sozinho.

Lucas: Definitivamente o rapaz tem a melhor voz, curti a audição, mas se for pra comparar com o dueto anterior, esse perdeu feio.

 

The Shures –  “Love Me Like You Do”

Clique aqui para ver a apresentação.

Carol: Não, please! Lovely casal, mas como cantores vão rodar logo na competição. Apesar de que até o Simon ficou apaixonadinho pelo casal HAHA

Eduardo: Eles cantaram para eles e foi muito bacana a maneira como tudo saiu. Apesar disso,se chegarem no 6CC é luxo.

Letícia: Aii gente mas vocês estão chatos hoje hein, onde está o amor? EU ADOREI A APRESENTAÇÃO! Os dois são lindos, com ótimas vozes, com um potencial para cantar diferenciadas músicas. Além de que não falta carisma, amor, empatia com o público, novidade por trazer algo ainda inédito (uma dupla formada por um casal gay) e aquele ingrediente tão importante para esse programa, o the x factor.

Lucas: No começo mais pareceu que o Simon não estava gostando, mas depois acabou se entregando pro casal. Eu particularmente não achei lá grande coisa, gostei de alguns pontos da música, mas também não acredito que vão longe.

 

Anton Banaghan –  “Budapest”

Clique aqui para ver a apresentação.

Carol: Voz muito boa, mas ele exagerou e ficou parecendo fanho! Tirando os úúú’s estranhos que ele grita de felicidade.

Eduardo: Amei, e espero vê-lo muito mais.

Letícia: Sinceramente acho que ele “imitou” muito o George Ezra, o dono da música. Ficou parecendo mais um karaokê que deu certo do que uma apresentação séria. Esse aí roda daqui a pouco com sua voz grossa fake!

Lucas: Outra performance deliciosa! Também adoro essa música e curti muito a forma que o guri cantou. Colocou seu toque e realmente mostrou ter talento, uma voz bem gostosa que me deixou curioso por mais.

 

Joseph McCaul – “A Change Is Gonna Come” e “I Wanna Dance With Somebody”

Clique aqui para ver a apresentação.

Carol: Exagerado!!! Com uma voz boa, meio rouca, precisa de um pouco mais de humildade e o pé fora da zona de conforto. Vai pra frente mas acho que não muito longe.

Eduardo: Foi forçado na primeira vez, aí na segunda música ele evoluiu absurdamente. Apesar disso,não o vejo muito longe.

Letícia: Gostei muito do Joseph. Ele é todo pilhado e certamente deve ter algum problema com hiperatividade, mas já mostrou que sabe ser humilde e sabe se controlar. Na primeira ele forçou bastante sim – apesar de ter cantado muito bem, mas na segunda ele arrasou demais!

Lucas: A segunda música realmente foi melhor. O cara tem uma voz bacana, mas achei um tanto exagerado por demais. Não sei se passa do bootcamp, mas realmente mereceu passar pra próxima fase.

 

Menn On Point – “Turn It Up”

Clique aqui para ver a apresentação.

Carol: Essa música vai sair dai direto para abertura da próxima novela das nove na Globo, me escutem! Eles são artistas. mas eu não entendi uma palavra sequer do que eles cantaram, era inglês? Mas o ritmo foi gostoso. E a alegria deles é contagiante.

Eduardo: Gente quase levantei pra dançar, foi espetacular. Live shows, por favor.

Letícia: EU ADOREI DEMAIS! The X Factor já encontrou os seus Dois Africanos, e se bobear eles vão longe nessa competição hein! Sim não deu para entender nada (como também não dava para entender quando víamos os Dois Africanos no Superstar) mas swing e carisma não faltam, nem talento. Arrasaram!

Lucas: Pelo menos deu uma baita animada no ambiente, porque assim como os jurados eu estava quase dormindo aqui assistindo aquelas audições sofríveis. Os guris mandaram super bem, pegaram firme na dancinha e colocaram todo mundo pra dançar. Precisa nem dizer que Rita gostou né?

 

Sherilyn Hamilton Shaw – “I Didn’t Know My Own Strength”

Clique aqui para ver a apresentação.

Carol: Arrepiada da cabeça aos pés, apesar de sentir que ela não tem potencial para chegar a final, mas eu a-mei ela cantando. E o resumo dos melhores momentos no final do episódio foi muito legal, temos muito trabalho pela frente, muita gente boa!!

Eduardo: Já chorei só com a historia dela, aí vem com essa performance destruidora. Foi lindo e emocionante, essa cantou com a alma MESMO. Bela forma de encerrar as auditions.

Letícia: Boa lembrança Lucas, saudades do Andrea arrasando com essa música. Só a vida dela já dava uma novela mexicana das boas, mas aí ela vem e ainda canta bem, destruiu minha filha. Só acho que se ela tiver um bom técnico, The X Factor encontrou sua nova Sam Bailey!

Lucas: Impossível não lembrar do Andrea Faustini destruindo todo mundo cantando essa música no ano passado. Sherilyn também fez um baita trabalho e mostrou que realmente tem uma voz linda, fiquei aqui torcendo por ela e mereceu demais passar pra próxima fase. Cheryl desabou bonito e me levou junto com ela, rs. Agora vou torcer pra voltar a impressionar na próxima fase.

 

OS BIZARROS

Andy Taylor – “Shut Up And Dance”

Clique aqui para ver a apresentação.

Carol: Só o sorvete ganhava meu SIM! Bem animado e tal, não canta mal porém não foi um espetáculo. A guerra de sorvete porém ficará para a história […]

Eduardo: A guerra de sorvetes foi muito mais interessante.

Letícia: A guerra de sorvete foi realmente a melhor coisa dessa apresentação, e só por isso ele passou. Porque cantar ele não canta, alguém avisa please!

Lucas: Achei um tanto quanto exagerado, mas valeu só pela guerra de sorvete.

DTOUR – “She Ain’t You” e “See You Again”

Clique aqui para ver a apresentação.

Carol: Faltaram algumas coisas, e também achei uma bagunça, mas acho que teve gente pior que recebeu sim hoje. Mas não precisavam assassinar See You Again, obrigada!

Eduardo: Amigos, parem. A única coisa que salvou foi a tiazinha encanando a Susu Vieira.

Letícia: Eu achei tudo uma grande vergonha alheia, principalmente a tia doida entrando no palco. Eles são bem ruins e não mereciam passar. Já a tia é boa hein, deveriam ter dado uma chance para ela, hahaha!

Lucas: O que foi a maluca entrar no palco daquele jeito? Achei tudo muito bagunçado.

 

Chase Mystery – “The Way You Make Me Feel”

Clique aqui para ver a apresentação.

Carol: Muita atitude, pouco talento, volta pro Karate Kid!

Eduardo: Queria estar morto.

Letícia: MASOQ, que coisa mais bizarra foi essa? Coitada da família lá olhando e torcendo!

Lucas: Credo, não estou disposto.

Ollie Marland – “Wham’s “I’m Your Man”

Clique aqui para ver a apresentação.

Carol: Essa calça de alguém que está indo pescar…Canta bem, afinado, mas bem sem tempero.

Eduardo:

Letícia: Mas que bela bosta de audição hein, aff!

Lucas: Também não consegui gostar nada da audição.

Tori V Musekiwa –  “All the Man I Need”

Clique aqui para ver a apresentação.

Carol: Credo, já é Halloween?

Eduardo: Oi?

Letícia: Q?

Lucas: O que foi isso gente?

Unit X – “Pretty Hurts”

Clique aqui para ver a apresentação.

Carol: Os jurados já estavam entediados, morreram com elas. NO!

Eduardo: Oi? – O Retorno de Jedi.

Letícia: Se até eles detestaram, imagina eu?

Lucas: Assassinaram “Pretty Hurts” da maneira mais lenta e dolorosa possível.

 

BOOTCAMP

Começa a peneira, de 180 agora alguns vão para casa. Reunião de grupos de no mínimo 5 pessoas (grupo conta como 1) de três categorias diferentes, cantar e dançar para convencer os jurados. Alguns grupos ficaram hilários. A locação é linda, uma mansão maravilhosa, confiram as brigas e acertos dos grupos:

 

Grupo1: Ryan Ruckledge, Katie Coleman, Samantha Atkinson, SilverTone, e Alex Wallhead – “Anything Could Happen”

Clique aqui para ver a apresentação.

Carol: Ainda estou rindo do talzinho do Ryan, gente que falta de humildade, também acho que ele estava bebum, sem nenhum profissionalismo. Todos estavam ótimos exceto esse maluco. Ainda bem que já foi chutado.

Eduardo: Esse Ryan se achou demais. Quem é ele na fila do pão? Por favor,nunca mais volte, traste.

Letícia: Adoro quando o programa já começa com barraco. Não lembro de Ryan nas audições, mas realmente não entendi como ele passou. O pouco que vimos dele nessa apresentação (quando ele tentou cantar) foi pura sofrência. Também não entendi aquelas reboladas e descidas até o chão, ele realmente achou que compensaria a falta de voz com isso? Essa música é apenas maravilhosa, e odiei ele já no início por reclamar. Quanto aos outros, foram todos maravilhosos.

Lucas: Como assim gente? Esse Ryan nem merecia estar ai. Apenas rindo.

 

Grupo2: Jennifer Phillips, BEKLN, Stephanie Beeby, Israel Allen e Bupsi – “Proud Mary”

Clique aqui para ver a apresentação.

Carol: Gente, o que foi a filha da Mortícia ali alisando a franjinha, que vergonha alheia. Parabéns Bupsi, BEKLN e Jennifer, realmente os únicos que brilharam no grupo.

Eduardo: Stephanie toda Maria do Bairro gótica me fez não focar tanto na apresentação.

Letícia: Mas que bela surpresa ouvir essa música maravilhosa no BootCamp, eu amei. (Quase) dodos foram incríveis, cada um no seu estilo: Bupsi com seu vozeirão, Jennifer com seu swing e BEKLN com todo aquele potencial para arrasar, como amo esse grupo, que bom que todos esses passaram. Mas né para estragar tinha Stephanie e sua peruca, senti até pena.

Lucas: Bupsi é muito amor gente, quero essa guria indo muito longe, ainda mais se resolver sentar no colo do Simon novamente. Passou quem realmente mereceu e se destacou na performance, ainda bem! Stephanie foi bem vergonha alheia.

 

Grupo3: Chloe Paige, Anton Banaghan e outros – “A Fool In Love”

Clique aqui para ver a apresentação.

Carol: Mostraram realmente só o que interessou: Chloe. Ela brilhou e ela dominou o grupo, eu ficaria triste de fosse os outros.

Eduardo: Chloe rainha, resto  princesinha.

Letícia: Cada vez amando mais menina Chloe. Vimos pouco da apresentação, mas concordo com a Carol, vimos só o que realmente interessou, essa loirinha linda que não cansa de arrasar!

Lucas: Já falei que adoro o Anton? Outro que estava ansioso pra ver cantar novamente. Agora Chloe, muito amor né gente? Realmente foi o destaque do grupo.

 

Grupo4: Alien e outros – “All About That Bass”

Clique aqui para ver a apresentação.

Carol: Só mostraram Alien cantando também – são boas no estilo delas, mas todos passaram, Rita daOra matando eles do coração mas estão todos dentro.

Eduardo: Que morte horrível.

Letícia: Tinha mais alguém se apresentando? Porque eu só vi Alien. E não devido a edição, que só mostrou as meninas estilosas, mas porque realmente elas dominaram o palco de um jeito único. Já adoro o grupo!

Lucas: Mostraram só Alien, que por sinal me surpreendeu demais, principalmente com aquela dancinha.

 

Grupo5: Sean Miley Moore, My Bad Sister, Zen Blythe e outros – “Hotel California”

Clique aqui para ver a apresentação.

Carol: Escolherem uma música que me agrada <3 Sean é uma força da natureza vestido de gueixa sexy! Ele junto das Bad Sisters passaram, mas elas são meio estranhas. Pelo pouco que vimos deles cantando, não são perfeitos mas são bons.

Eduardo: Foi demais! Não sei vocês,mas pra mim Sean será o Andrea Faustini de 2015, anotem.

Letícia: Sean não cansa de ser lacrador hein? Amei ele cantando, amei o kimoninho, amei tudo. Só não entendi aquelas loiras desvairadas passarem também.

Lucas: Essa era uma das que eu queria ver inteira, uma pena que mostraram só um pedacinho, mas pelo menos valeu por Sean cantando e destruindo novamente.

 

Grupo6: Lauren Murray, Jade McGuire, Tribe, Nathanael Landskroner e Jojo Desmond – “Man in the Mirror”

Clique aqui para ver a apresentação.

Carol: Eles entenderam o que era cantar em grupo, um time! Gostei de ver. O arranjo musical ficou ótimo. Porém Lauren e Jojo não conseguiram se destacar na música segundo os técnicos e rodaram no bootcamp. Nossa garota da roça foi embora já!

Eduardo: Foi lindo, essa música me toca demais. E todos foram demais e em perfeita sintonia. Por mais grupos como esse no bootcamp, por favor.

Letícia: Nossa eu achei uma péssima song choice, só o grupo realmente cantou bem, o resto ficou perdido, sofrendo com aquele refrão mega complicado.

Lucas: Aquele grupo foi lindeza demais no começo da música, baita voz do rapaz. Simon não escondeu o descontentamento por Lauren ter ficado meio apagadinha, mas era bem obvio que não iriam eliminar a guria né? Fiquei com pena da Jade. Imaginei que ela não iria longe, mas deu dó.

 

Grupo7: Red Nile, Danny Sharples, Anton Stephans, Gifty Louise e Mason Noise – “All About That Bass”

Clique aqui para ver a apresentação.

Carol: Anton é quase terrível e foi pra frente, não me conformo! Todos passaram mas desse grupo Gifty e Mason são espetaculares cantando, caramba.

Eduardo: Sério mesmo que Anton passou gente?

Letícia: De todos só Anton foi meio blé. O resto arrasou muito mesmo, difícil escolher meu preferido, amei o grupo, amei Gifty, Mason e também Danny. Escolha de música perfeita para eles hein!

Lucas: Anton me deu ainda mais medo do que na audição. Pra que aquelas caras e bocas assustadoras gente? Pra mim o rapaz foi muito ruim. Agora vamos falar sobre Gifty que eu nem lembrava (ou sabia) da existência e tipo, me deixou de cara com aquela vozeirão e estilo todo. Amei a guria! Mason e Danny também mandaram super bem, as outras meninas pra mim foi mais ou menos, mas Gifty foi a surpresa do grupo, com certeza!

 

Grupo8: Monica Michael, Papasidero, Batz in Da Belfry, Sophie Plumb e Princess Diamond – “Blank Space”

Clique aqui para ver a apresentação.

Carol: Batz nem apareceram, Princess tem uma voz ótima, mas não gostou da música e não se esforçou para cantá-la, ela conseguiria aprender a letra em um dia se quisesse, não quis. Todas mereceram a passagem de volta para sua terra. E esse PapaWho para mim não passaria também.

Eduardo: Amei o semi “barraco” durante os ensaios. Princess é uma insuportável e já foi tarde, não fará falta alguma. Agora Monica, como sempre, humilhando. Rezando para que Rita ajude a candidata a fazer justiça contra o que Cheryl fez ano passado.

Letícia: Olha, apenas Monica realmente foi bem nessa apresentação, o resto foi bem fraco e/ou se perdeu. Blank Space pode não ter sido a melhor escolha musical, porque não explora muito as vozes, mas fala sério, a letra gruda logo de primeira. Princess realmente não se esforçou, e depois quis fazer a drama queen e ganhar no choro, sorry baby!

Lucas: Já adorei porque começou com barraco e Monica fazendo aquela cara de ‘sai pra lá vadia’. Concordo com Let, pra mim ela foi a única que realmente se destacou na performance. Acho que Princess poderia ter se esforçado um pouco mais, porque realmente tem uma voz boa, mas cavou a própria cova.

 

Grupo9: Simon Lynch, Tom Bleasby, Karen Mav, Joseph McCaul e Sophie Stott – “Man in the Mirror”

Clique aqui para ver a apresentação.

Carol: Joseph está por um fio, não gostei dele antes e continuo achando exagerado demais. Karen nem vi cantando, onde ela estava? A voz do Tom não parece que sai do corpo dele, é estranho! Simon é fraquinho também. Sei lá esse grupo tava meio off.

Eduardo: Claro que não chegou aos pés do grupo 6, mas curti mesmo assim. É uma pena de Sophie ter saído, torço para que ela volte ano que vem.

Letícia: Ah eu adorei, principalmente por Joseph, Karen e Simon, que arrasaram muito com essa música complicadíssima. Tom se perdeu no início mas conseguiu evoluir no refrão. E Só Sophie estava realmente perdida e fora de tom, e por isso foi eliminada.

Lucas: Simon era meu preferido do grupo e embora tenha feito um trabalho bem bacana, eu particularmente estava esperando um pouco mais. Agora só eu achei que Tom não cantou foi porcaria nenhuma gente? Pra mim não merecia ter passado. Sophie era bem óbvio que iria pra casa, porque estava parecendo mais um peixe fora d’água.

 

Grupo10: Jamie Benkert, Josh Daniel, Mon Amie, Ben Clarke e Andy Taylor –  “Wonderful World”

Clique aqui para ver a apresentação.

Carol: Sem sorvete, sem X Factor! Andy está fora coitado. Realmente os demais estavam muito bem na música, cantaram como um grupo, isso toca os técnicos.

Eduardo: Estou simplesmente arrepiado gente, uma boa song choice e um entrosamento, é claro que o resultado seria demais.

Letícia: Me impressionei com essa apresentação, que mistura linda de vozes. Josh continua sendo o meu preferido, mas tirei o chapéu também para Jamie, Ben e o grupo das meninas, que mostrou que sabe cantar. Apenas Andy não fez o olho brilhar, e sua eliminação foi justa.

Lucas: Foi de longe um dos melhores grupos. Aquelas gurias da girlband tombaram demais na harmonia gente, foram muito bem! Eu estava aqui morrendo de medo do Josh Daniel fazer burrada, porque tinha toda aquela pressão depois da audição, mas novamente o cara fez um ótimo trabalho e mostrou sua linda voz! Coitado do cara do sorvete, fiquei com pena, pra mim ele até merecia ter passado, mas se fosse pra escolher teria mandado ele embora também, juntamente com o Olly Murs cover.

 

Grupo11: Kiera Weathers, Castellio, Kelly-Mai Webb, Lochei e Decibellas – “Blank Space”

Clique aqui para ver a apresentação.

Carol: Castellio realmente estavam bem perdidos ali, bem certo colocar para fora agora. E Kiera é visivelmente a queridinha de Simon, mas como disse nas audições, ela é boa porque canta natural, vai longe.

Eduardo: Que bizarrice, os meninos foram uma vergonha alheia, já as meninas esperava um pouco mais, apesar de terem sido bem melhores.

Letícia: Vergonha alheia esses meninos hein, além de esquecerem a letra estavam totalmente fora do tom, foi sofrido. Kiera foi ainda mais maravilhosa que em sua apresentação. O grupo foi só ok e Kelly-May foi ótima, mesmo (apesar da roupa bizarra que me distraiu um pouco).

Lucas: Mais um barraco gente, Castellio foi eliminado justamente, porque vamos combinar que era mais um peixe foram d’água ali né? Estava perdidinhos no meio da performance e ficou mais do que claro que também não se esforçaram como deveriam. Kiera é aquela que eu quero muito ver chegando na final, porque essa guria me conquistou desde a audição e novamente estava maravilhosa!

 

Grupo12: Stephanie McCourt, Lucy Duffield, Charli Beard, James McDowell, Ankush Khana – “Be My Baby”

Clique aqui para ver a apresentação.

Carol: Charli realmente é uma promessa, estou apostando minha fichinhas nela. James foi fraco perto do todo e foi pra casa, nem todos podem ficar certo?! Ankush também merecia essa mesma passagem go to home.

Eduardo: As duas Joss Stone genéricas estavam nesse grupo. Como não amar gente! Os meninos ficaram bem ofuscados, no meio de tanta poderosa.

Letícia: As meninas arrasaram nessa apresentação hein? Difícil escolher minha preferida, cada uma com o seu estilo arrasou de um jeito diferente. Já os meninos, mandaria os dois para casa, imperdoável não saber a letra dessa música!

Lucas: O guri já começou errando a música, então era bem óbvio que iria rodar. Não gostei assim tanto desse grupo, mas as meninas realmente mandaram super bem!

 

Grupo13: Louisa Johnson, Neneth Lyons, Jasmine Leigh, Fourth Power, Andre Batchelor e Sherlyn Hamilton – “Proud Mary”

Clique aqui para ver a apresentação.

Carol: Fourth Power arrebentou, vamos direto pra final com elas, Charli, Kiera e Louisa quem sabe também? Mas o grupo como um todo foi ótimo, as jogadinhas exageradas de cabelo estilo Joelma, passinhos sincronizados! Mereceram uma ida direta e tranquila para a próxima fase. Ah, só o Andre, Neneth e Sherlyn que não colaram com a energia do resto, mas isso não faz deles perdedores, só não quiseram participar da vergonha alheia.

Eduardo: 4th Power mostrando que têm tudo para serem finalistas, e amando isso. Achei Neneth meio perdida, e eu adoro ela, mas não quer dizer que ela tenha sido ruim, pelo contrário, mas foi bizarro ela tentando acompanhar os passos.

Letícia: Olha se dependesse de mim, somente Louisa e Fourth Power passaria desse grupo todo. Andre foi incrivelmente ruim, não entendi mesmo ele passar.

Lucas: Deixaram o melhor pro final não é? O grupo foi ótimo, com destaque claro, pra 4th Power e Louisa que foram as melhores, aliás, as gurias da girlband lacraram mais uma vez! Já pode mandar pra final também? Louisa com aquela voz maravilhosa me ganha assim que começa cantar, já Neneth esperava um pouco mais, porque também tem uma baita voz, mas também fez um ótimo trabalho. Agora vamos combinar que Andre foi muito ruim naquele início da música né? Eliminaria ele fácil.

O que você está achando dos resultados do BootCamp?

Avatar

Team Mix Reality

#TeamReality no Mix de Séries é responsável pelos realities shows.

No comments

Add yours