This is Us – 1×02 – The Big Three

1x02
Imagem: Arquivo Pessoal

[spacer size = “20”]

Continua após publicidade

Na review passada, terminei falando para prestarmos atenção de como a história do bebê adotado por Jack se parecia com a do Randall, certo? Nesse episódio, tivemos a real certeza de que Jack e Rebecca são nada mais nada menos, os pais de Kate, Kevin e Randall. Ficaram confusos? Confesso que no começo eu também fiquei… Porem essa semana já ficou claro que durante os episódios, teremos essas oscilações de tempo no qual trarão cenas do passado mescladas com cenas do presente. Só acho que quando isso acontecesse, deveria ter algum “indicativo escrito” para ajudar alguns telespectadores se situarem melhor. Mas, após várias dessas ocilações terem acontecido nesse segundo episódio, acredito que não irá gerar muita confusão. Sem contar que achei BRILHANTE essa ideia!

Continua após a publicidade

Focando nos acontecimentos atuais, já estava prevendo que Beth acabaria ficando incomodada com a presença de William em sua casa, ainda mais pelo mesmo ser um ex-drogado e estar tomando “posse” de sua casa. Ficou claro a insatisfação dela, que chegou a ponto de ter uma conversa bem direta com o pai biológico do seu marido. Mesmo depois de tudo ficar aparentemente resolvido, na cena final do episódio, senti um leve ciúmes dela ao ver William tendo um maior contato com suas netas. Será que teremos um drama familiar maior vindo por ai?

Continua após publicidade

A história de Kate em particular é a que mais me chama atenção. Na cena onde ela e Toby estão na festa dançando e ela percebe aqueles olhares das outras pessoas rindo da situação, é de partir o coração. Tanto é que para ela se soltar realmente e ligar o foda-se para as opiniões alheias, precisa encher a cara. Acredito que o Toby será um grande parceiro para tentar fazê-la perder esse medo de ser julgada e passar a se aceitar mais como pessoa do jeitinho que ela é.

Já Kevin, continua tentando se livrar do seu emprego e de seu péssimo personagem numa série, porem a situação ficou ainda mais delicada pelo fato dele ter contrato com a emissora por mais dois anos. Na conversa com o chefão da emissora, onde o mesmo se mostrou indiferente se a série é ruim ou não e o que importa é a audiência e o dinheiro que aquilo vem gerando, senti um leve “shade” para as emissoras que mantêm séries “ruins” no ar justamente pela grana rs.

Continua após publicidade

Focando agora no passado e no casal principal, achei bacana a série retratar o desgaste no relacionamento de Jack e Rebecca após a gravidez, mostrando assim uma grande realidade de vários casais de que no começo tudo é um “mar de rosas”, mas depois a coisa vai engrossando e tem que ter jogo de cintura para manter um relacionamento estável e bacana.

No finalzinho do episódio, agora já no presente, fomos surpreendidos com Rebecca indo visitar seus netos, acompanhada não mais pelo seu marido Jack, e sim, com Miguel (o melhor amigo de Jack). Que plot twist hein?! Segura essa marimba até semana que vem para vermos se saberemos um pouco mais do que aconteceu nesse passado dão curioso… 😛

[spacer size = “20”]

Observações:

  1. Momento teoria: Acredito que Jack tenha falecido em algum momento do passado, pois mesmo Rebecca estando acompanhada de Miguel, ela ainda usa o pingente de lua que Jack tinha lhe dado.
  2. Momento emocionante aquele onde Kevin liga para Randall e no final da conversa eles se lembram da infância citando a “brincadeira” que Jack fazia com eles tendo referência ao nome do episódio “The Big Three”.
Pedagogo formado pela UNESP. Especializado em Educação a Distância para a Docência pela UNIARA. Mestrando em Educação pela UNESP. Apreciador de vinho, café, séries e músicas. Um coração igual de mãe, sempre cabe mais uma série! rs No Mix escreve as reviews de This is Us, Pretty Little Liars (RIP), Orphan Black (RIP).