This Is Us – 2×04 – Still There

Imagem: YouTube/Reprodução

O quarto episódio, This is Us abordou um tema bastante importante (novidade, né?!) para colocarmos em pauta: A questão do racismo disfarçado em comentários “normais/naturais”.

Para entrarmos nesse assunto, precisarei destacar a participação da mãe de Rebecca nesse episódio. Não conseguia lembrar muito bem dela na primeira temporada, mas que mulher mesquinha! Apareceu apenas para criarmos um ranço gigantesco! Claramente é uma mulher que valoriza o materialismo e nada mais que isso. É nítido o favoritismos dela por Kevin pelo fato dele ser magro e bonito desde pequeno. Com isso, ela acaba reprimindo Kate por ser gordinha e Randall por ser negro e adotivo. Adorei e aplaudi de pé a conversa que Rebecca teve com ela colocando-a em seu devido lugar.

Obvio que a desculpa dela seria “vivi em outro tempo”, tudo bem, mas isso não justifica os pensamentos preconceituosos dela. O tempo evolui e nós como pessoas devemos evoluir também. Por conta de pessoas que param no tempo, assim como a mãe de Rebecca é que temos vários atos preconceituosos hoje em dia, infelizmente. Esse episódio serve para fazermos uma grande reflexão sobre isso. 😉

Continua após a publicidade

No núcleo de Randall e sua família, eles ainda estão tentando descobrir qual é a melhor forma de lidar com Deja. Beth muitas vezes acaba tendo maior jogo de cintura, talvez por seu instinto materno ou até mesmo por ser mulher. Ela perde a paciências algumas vezes, mas não desce do salto e não demonstra isso para Deja. A facilidade que ela teve em conversar com a filha sobre a higiene mostra o quão dedicada e decidida ela está para conseguir o amor de Deja! Foi legal quando Beth oferece levar Deja para um salão de beleza, mas a filha prefere que a própria Beth manipule seus cabelos… Falta isso para Deja, um contato humano, materno e paterno, pois é de se imaginar que em sua outra casa, esse contato não existia. Beth apenas pecou ao falar sobre a conversa das duas para Randall e talvez isso dificulte um pouco mais para Deja confiar totalmente nas pessoas dessa sua nova família.

Partindo agora para Kevin, o moço foi um dos destaques do episódio. Ele está lidando com o machucado que fez ao contracenar com Stallone. Ele que erga as mãos para o céu, já que sua equipe de trabalho tem uma equipe médica tão eficiente que no mesmo dia ao ter uma consulta, em menos de uma hora já conseguiu fazer um cirurgia… Se dependesse da saúde pública, talvez acabasse a temporada e a cirurgia ainda estaria em processo de agendamento rs. Mas enfim, durante sua infância Jack o encorajou a ser tão forte e independente que esse comportamento está sendo executado de forma errônea atualmente. Kevin não aceita ficar de repousou e deixar as coisas fluírem ao seu tempo… Ele é tão parecido com seu falecido pai, que capaz de se afundar e viciar não em bebidas, mas sim em analgésicos. Da até medo da perna piorar e o mesmo ficar comprometido com as atuações igual ficou no passado em relação aos jogos de futebol.

Para terminar, confesso que estava ficando com raiva de Kate com todo cuidado em excesso que ela estava tendo com alimentação e exercícios físicos, pois sabemos que tudo em excesso acaba fazendo mal, mas tudo isso tem uma justificativa… ELA SERÁ MAMÃE! \o/

Até a próxima review! 😉   

Tags This Is Us
Rodrigo Chechi

Rodrigo Chechi

Pedagogo formado pela UNESP. Especializado em Educação a Distância para a Docência pela UNIARA. Mestrando em Educação pela UNESP. Apreciador de vinho, café, séries e músicas. Um coração igual de mãe, sempre cabe mais uma série! rs No Mix escreve as reviews de This is Us, Pretty Little Liars (RIP), Orphan Black (RIP).

No comments

Add yours