Timeless – 1×04 – Party at Castle Varlar

Imagem: NBC
Imagem: NBC
Imagem: NBC

 

Este foi de longe o episódio mais bem organizado que nos foi apresentado. Tivemos novamente a oportunidade de conhecer mais um momento crucial na história da humanidade: Alemanha, 1944. Articuladores nazistas reunidos para comemorar o lançamento de um míssil contra a Bélgica. E, claro, Flynn tinha planos para esse fatídico momento. Hora dos nossos heróis mais uma vez salvarem o dia, o mês, o ano, o século…

Continua após a publicidade

Sean Maguire (o Robin Hood de Once Upon a Time) fez uma participação especial neste episódio na pele de Ian Fleming, agente de inteligência britânico e, posteriormente, criador de James Bond. Nosso trio fica encantado em conhecê-lo e, como as coincidências em Timeless a tornam tão veloz em sua narrativa, logo começam a trabalharem juntos. Muito boas as cenas entre ele e Lucy. Presenciar os ciúmes de Wyatt (ainda comedidos) foram os momentos mais hilários de Party at Castle Varlar.

Imagem: NBC
Imagem: NBC

Ainda sob a ameaça de uma bomba nuclear, os protagonistas não tiveram uma missão 100% completa. Aliás, este é um sentimento frequente desde o piloto. Eles sempre são deixados para trás. Flynn e Anthony, mais do que terem uma versão mais avançada da máquina do tempo, agora contam também com uma bateria de 300 anos! Me digam para quê?! Qual o plano deles? Viajarem até a sua sexta geração? Espero uma excelente explicação.

Falando em explicação, até o momento não nos foi dada uma para a importância do Rufus gravar as conversas de Lucy e Wyatt. Se nos atentarmos apenas as falas, elas não acrescentam muito a quem for ouvi-las sem saber do contexto do momento, como o local exato e as pessoas participantes. Connor ainda permanece uma figura incógnita. Ele está do lado de Rittenhouse, mas não parece ter o potencial amedrontador de um vilão. Precisa de muito café com leite ainda.

Continua após a publicidade

O estranho é que vemos o Governo atrás do Flynn, mas, se ele é mesmo contra Rittenhouse, porque eles também não estão em busca dele? Finalmente, depois de muito esperarmos, vimos por dois minutos um pouco do poder deles. A intimidação ao Rufus pode ter sido algo simples, mas nos deixa cientes do quanto estão atentos aos passos de cada um dos envolvidos com essa trama do tempo. Resta saber quando irão atrás dos demais.

A Lucy é quem manda 1: “Vocês vão salvar a minha irmã. Quero todos trabalhando nisso.”
A Lucy é quem manda 2: Ela foi paquerada por James Bond, cara!

Continua após a publicidade