Timeless na Comic Con: mãe de Lucy será vilã e mais novidades da 2ª temporada

Melhores Séries Globoplay

Timeless passou por um turbilhão de emoções em maio, quando foi cancelada após uma temporada – apenas para voltar dos mortos dias depois, com um resgate feito pela NBC. Para comemorar a renovação, o elenco e produtores Eric Kripke e Shawn Ryan se reuniram com fãs e discutiram os rumos que a série traçará a partir daqui.

Antes de tudo, eles agradeceram muito aos fãs que lutaram pela renovação da série. Uma intensa campanha foi feita em poucos dias para que a série fosse renovada e esse retorno foi sentido por cada um deles. Um vídeo em agradecimento foi exibido.

Não houveram muitas revelações sobre a nova história, até porque os roteiristas só começarão a trabalhar em setembro, visando em uma estreia para o meio de 2018. Porém, Kripke já deixou claro sobre algumas coisas que a segunda temporada irá explorar: “A mãe de Lucy [interpretada por Susanna Thompson] vai ser uma das principais vilãs”, revelou. “E Rittenhouse tem as mãos na máquina do tempo. Isso é bem pior do que Garcia com as mãos na máquina do tempo. Garcia e o nosso time encontram-se diante de um inimigo comum”, então não se surpreenda se eles forem forçados a uma “união bagunçada”.

Continua após a publicidade

Além disso, os produtores revelaram que querem dar ênfase a personagens da história que são “deixados de lado”, explorando minorias como a primeira temporada fez, principalmente com negros, mulheres e gays. “Todos contribuíram para a história deste país”, observou Kripke. “Essa é uma boa mensagem para os dias de hoje… A história é para todos, e a América é para todos”.

Kripke ainda brincou no painel sobre o momento que a equipe passou com o “cancelamento”. Ele afirmou ter ficado atordoado com a situação. “Havíamos sido cancelados na quarta feira. E então, no sábado de manhã recebo a ligação da NBC”, relatou. Ryan brincou e disse “Para que eles iriam no ligar? Para esfregar o cancelamento na nossa cara?”.

Sobre as temporadas mais curtas, o produtor Shawn Ryan diz não ver problemas. Considerando o escopo semanal do drama, “esta seria uma série bem difícil de manter 22 episódios na primeira temporada”, disse ele. A respeito da ordem mais curta, ele diz ter ficado feliz, uma vez que “16 foi o máximo que a temporada 1 poderia entregar. Com uma segunda temporada de 10 episódios, a história será mais compacta”. Entretanto, Ryan não esconde o desejo de fazer outras temporadas maiores. “Gostaria que uma temporada 3 ou 4 tivesse mais, mas por enquanto ficamos felizes com esses 10 episódios”.

Os produtores ainda foram questionados sobre a possibilidade de vermos os personagens indo para o futuro. “Nunca diga nunca. Mas nós a consideramos mais uma série de época do que uma série de ficção científica”, respondeu Kripke.

Abigail Spencer comentou sobre o figurino que a série retratou de modo fiel. Durante o episódio de Lincoln, “eu tinha algo como 12 camadas debaixo da [roupa]”, compartilhou a atriz. “Começamos a filmar em agosto, então estava bem quente em Vancouver, e estávamos lá com 12 camadas de lã”. Já o ator Matt Lanter brincou com o fato de sempre afivelar o cinto de Lucy nas viagens, levando o público a loucura. “É viagem no tempo. O cinto tem que estar bem apertado”, disse ele. 

Elenco de Timeless faz ensaio para TVLine na SDCC. Imagem: Cortesia, Michael Buckner/TVLine.

Timeless, que foi gravada em Vancouver, mudará a produção da segunda temporada para Los Angeles. A série volta em algum momento da midseason em 2018, ainda sem data.

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Criador, editor e redator do site Mix de Séries, é apaixonado por séries desde sempre. Fã incondicional de One Tree Hill, ER, Friends, e não perde um episódio da Franquia Chicago.

No comments

Add yours