Top Mix: 10 Spin-offs que deram certo

Chicago P.D. - Season 1

 

Oi gente! Tudo bom com vocês? Por aqui anda tudo lindo, pois hoje vamos falar das lindezas criadas a partir de outras lindezas. Estou falando daqueles spin-offs que deram realmente certo. Para quem não sabe, fizemos um Top Mix faz algumas semanas contando os spin-offs que foram desnecessários para a televisão. Se você não viu, clique aqui. Basicamente um spin-off é uma série que deriva de uma outra, onde se conta a história de um personagem da série mãe, ou um evento, ou um tema, etc, um aspecto da série original. E isso por vezes pode dar muito errado, criando séries desnecessárias, sem muito tema e com muita enrolação. Mas também pode acontecer da série dar super certo. Tem casos que o spin-off é tão bom que é melhor que a série original. Acredite se quiser. No Top Mix de hoje vamos tratar justamente destas séries derivadas que foram grandes ideias. Estamos aqui também para agradecer os criadores, que na maioria das vezes é o mesmo da série original, que tiveram estas ideias brilhantes e deram um show no mundo dos showrunners. O cara é fera quando ele não cria uma, mas duas séries ótimas!

Então vem comigo conferir os dez spin-offs que deram super certo!

Continua após a publicidade

(Por Paula Reis)

 

angel

 

10) Angel

Angel é o spin-off da série Buffy The Vampire Slayer e foi ao ar em 1999 até 2004. A série baseada na vida do vampiro Angel deu tão certo que durou cinco temporadas. Ela foi criada pelo mesmo criador da série mãe, mas tinha um ar mais maduro e cenas mais sombrias. Angel detalhava os julgamentos do vampiro Angel que tem sua alma humana restaurada como um castigo, como uma forma de redenção por todos os assassinatos e torturas de inocentes que ele fez. A série foca mesmo na culpa e no remorso do vampiro que apareceu em Buffy desde o início. Mas diferentemente da série mãe, Angel envolve histórias independentes a cada episódio, que contribuem para uma história maior. Misturando terror, fantasia, sobrenatural e drama, Angel pode-se dizer, sim, que é um spin-off que deu super certo. (Por Paula Reis)

 

the-originals

 

9) The Originals

Quando a segunda temporada (e considerada por muitos fãs a melhor da série) de The Vampire Diaries foi exibida, as atenções estavam voltadas à saudosa vilã Katherine. Porém, na segunda metade daquele ano, o jogo inverteu com a chegada do maquiavélico vilão Klaus, um dos vampiros originais e que logo depois se tornou híbrido. O personagem agradou tanto que, nas temporadas seguintes, ele roubou a cena e dominou a série. Vendo esse crescimento dele e querendo inserir novas tramas e vilões, a produtora Julie Plec logo foi mexer seus pauzinhos para produzir uma atração só dele. Eis que nasceu The Originals. O piloto foi exibido dentro de um episódio da quarta temporada de The Vampire Diaries e conquistou o público. Diferente de sua “progenitora”, a atração se passa em New Orleans e mostra um incrível jogo de cobiça e poder entre vampiros, lobos, híbridos e bruxas pelo controle da cidade. Paralelo a isso, mostra-se uma rivalidade baseada no amor e ódio entre Klaus e Marcel, cria do vampiro original que tomou posse do lugar. A série atualmente está em sua segunda temporada, e apesar de não ter uma audiência tão gloriosa, é sucesso nas redes sociais e possui fandons que a cada dia vem crescendo mais. Com sua popularidade em ascensão, a série já tem sua terceira temporada garantida para a próxima fall, e muita gente vem preferindo ela do que a saga de Elena Gilbert e dos irmãos Salvatore. (Por Eduardo Nogueira)

 

xena

 

8) Xena

Como muitos sabem, Xena surgiu de um spin-off de Hércules. Mas não demorou muito para a que a cria ficasse tão famosa quanto seu criador, e até mais memorável. Xena, era uma guerreira que buscava perdão ao largar sua antiga vida de crimes. O mote parece bem simples, mas como a história foi construída, e principalmente, o perfil da protagonista que garantiram o sucesso, e a criação do primeiro fandom do mundo das séries. Xena era uma mulher forte, independente, sem medo e totalmente transgressora. Para quem viu essa série lá na adolescência, Xena realmente era um grande exemplo de mulher a se seguir. Sem esquecer de comentar sua relação com Gabriele, que merece uma pesquisada no youtube para encontrar as cenas mais românticas. (Por Letícia Bastos)

 

the-flash

 

7) The Flash

Quando a CW viu os resultados incríveis que Arrow vinha apresentando desde sua estreia, o canal pensou em investir mais em produções de super heróis. Por conta disso, eles decidiram inserir na segunda temporada da série de Oliver Queen, o personagem Barry Allen, que futuramente se tornaria o icônico herói The Flash. O personagem com seu jeito carismático logo conquistou o público e a resposta veio na audiência. Foi quando os produtores de Arrow decidiram definitivamente em criar um spin-off da atração focada no jovem nerdThe Flash estreou no mesmo ponto onde terminou o episódio 2×09 – Three Ghosts da atração do arqueiro verde. A saga de Barry conquistou de uma forma única, que hoje a série é a maior audiência da CW, e já com sua segunda temporada garantida. Também com um protagonista que logo de cara conquistou o público, personagens marcantes, histórias que conseguem prender a atenção e um tom muito mais leve e descontraído em relação a Arrow, a série com certeza se tornaria um sucesso. Prontos para os próximos 10 anos de The Flash? (Por Eduardo Nogueira)

 

better-call-saul

 

6) Better Call Saul

Com apenas 5 episódios exibidos até a data deste post, seria muito precoce dizer que Better Call Saul deu certo se a série já não tivesse sido renovada para a segunda temporada. Além disso, ela ainda registra uma das maiores audiências do canal fechado e os produtores dão grandes indícios de que tem um planejamento bastante coerente. O principal é que aqui temos um spin-off que não soa desnecessário, exatamente por mostrar um personagem com bastante potencial e pouco explorado no universo de Breaking Bad. A série ainda conta com toda a atmosfera da série mãe, seja com as locações de Albuquerque, os desertos, ou mesmo com a parte técnica já bastante conhecida pelos fãs: os enquadramentos inusitados, os focos em objetos estranhos – uma identidade visual sempre muito bem definida. Com certeza este spin-off vai ser lendário, como já está sendo. (Por Douglas Couto)

 

csi-miami

 

5) CSI: Miami

O primeiro spin-off de CSI tem como palco uma das cidades mais ensolaradas do mundo. Miami foi escolhida para ser o local onde o drama foi produzido durante 10 temporadas (2002 – 2012). Ela acompanhava o trabalho de peritos criminais em investigações dentro de Miami. Ela deu certo por dois simples motivos: a) o enredo é praticamente igual ao da série mãe, modificando-se como os peritos se portam diante dos suspeitos e das evidências, e b), porque o protagonista, David Caruso, interpretava um personagem aparentemente charlatão, mas cativante e justiceiro. Com os mesmos bordões, enfoques e desenfoques de takes e como os casos eram lidados por ele em todas as temporadas, CSI: Miami está no hall das grandes produções da CBS nos últimos 20 anos.  (Por Ana Maria de Oliveira)

 

private-practice

 

4) Private Practice

Se existe um spin-off que fez acontecer foi Private Practice. A fórmula do sucesso? Pegar uma das melhores personagens de Grey’s Anatomy e dar uma série só para ela, com focos em dramas que não podiam ser trabalhados no grande hospital de Seattle. Addison inicialmente ficaria alguns episódios somente, mas seu carisma foi tão grande que o público começou a torcer por sua felicidade. E foi em Los Angeles que ela encontrou. Em uma pequena clinica privada, PP mostrou dramas de pacientes e a luta diária de médicos que os acompanham em tratamentos de alto risco. Além disso, os próprios médicos enfrentaram dificuldades como aborto, adoção, drogas entre outros. São seis temporadas de dar gosto. (Por Anderson Narciso)

 

chicagopd

 

3) Chicago P.D.

Chicago PD estreou no início de 2014 na tentativa de acompanhar o sucesso de Chicago Fire que conquistou um público fiel ao longo dos anos. Eu particularmente comecei a ver pelo simples fato de ter Sophia Bush no elenco, mas a série por um todo me conquistou desde o começo. É um daqueles spin-off que deram certo justamente por saberem desenvolver sua trama perfeitamente, sem contar a excelente química entre o elenco e os constantes crossovers com sua série mãe que deixa os episódios ainda melhores. Para se ter uma ideia de como deu certo, me atrevo a fazer uma comparação e dizer que a atual segunda temporada da série está em um nível muito superior que a própria Chicago Fire, trazendo semanalmente episódios de excelente qualidade e provando que foi a decisão perfeita desenvolver o spin-off. A última sequência de episódios foi de tirar o chapéu, colocando a série em seu melhor momento, o que já rendeu até a merecida renovação para uma terceira temporada. Sargento Hank manda um abraço e avisa que é ele quem comanda essa p*** toda! (Por Lucas Santtos)

 

law-and-order-svu

 

2) Law & Order: SVU

O segundo spin-off da franquia Law & Order, do famoso produtor Dick Wolf, chegou as telinhas em setembro de 1999. Com a mesma estrutura da série mãe, ela se diferenciava apenas no enfoque do episódio. Enquanto a série mais velha se dividia entre a investigação e o julgamento, a mais nova foca quase que exclusivamente na investigação de crimes hediondos de cunho sexual, deixando poucos takes de julgamento. A fórmula arrebatou a audiência, e deu certo. Dos vários spin-offs da franquia que foram ao ar, SVU é a única que está no ar atualmente, com renovação para a 17ª temporada garantida. Os casos são envolventes, e os atores se entregam de corpo e alma, principalmente a atriz principal, Mariska Hargitay, que dá vida à uma policial durona, com problemas familiares, mas sempre procurando justiça às suas vitimas. Se você gosta de procedurais envolventes, e que tenham muitos episódios, SVU é o seu tipo de série. (Por Ana Maria de Oliveira)

 

frasier

 

1) Frasier

Por que Frasier merece o primeiro lugar neste top? Porque simplesmente foi uma das únicas, ou senão a única série de comédia a ganhar cinco Emmys, durantes anos consecutivos. Então, você me pergunta, Frasier é um spin-off que deu certo? Deu super certo, a sitcom durou onze temporadas, desde 1993 até 2004! Ela é uma das comédias mais aclamadas pela crítica até hoje. Spin-off de Cheers, que foi sucesso da década de 80, Frasier conta a história do psiquiatra Dr. Frasier Crane que fez sucesso em Boston (como se viu em Cheers), mas decide voltar para sua cidade natal, Seattle, para realizar o sonho de ter seu próprio programa de rádio, onde poderia dar seus conselhos. Dr. Frasier continuou divertindo a todos na sua série própria e contou com a participação de praticamente todos os personagens da série mãe. Com suas falas engraçadas e humor fácil, Frasier merece ou não merece ficar no topo?!(Por Paula Reis)

E aí, concorda? Tem mais algum spin-off que você acha que deu certo? Deixe nos comentários.

Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

7 comments

Add yours
  1. Avatar
    lucas_santtos 4 março, 2015 at 23:35 Responder

    Saudades de Addison! <3

    Uma que nunca assisti (tirando o episódio do croosover com Chicago Fire e Chicago PD) e tenho vontade fazer uma maratona é Law & Order: SVU, mas 17 temporadas é muita coisa pra esse pobre mortal aqui. =/

    Chicago PD é muito amor!
    The Originals não gostei nem do piloto que passou dentro de The Vampire Diaries.
    The Flash deu muito certo!
    Já as restantes nunca assisti, só mesmo alguns episódios avulsos de CSI Miami!

Post a new comment