Top Mix: As séries mais sangrentas da TV

rihanna blood

 

Olá! Já começo avisando que se você tem nojinho de sangue pode ir ver outra coisa no Mix, pois hoje falaremos de BLOOD, muito BLOOD! Um dos macetes para se ter uma série de sucesso é inserir bons personagens à trama, mas a audiência aumenta mesmo quando estes personagens tem sangue em suas mãos. Isso mesmo, quanto mais sangue, mais sucesso. Você pode até pensar que violência não é legal, mas o que atrai o grande público é ver mortes, cenas chocantes e emocionantes. O lance é sair do cotidiano e transportar o telespectador para o mundo dos personagens, do cenário de guerra, do apocalipse, para colocar na situação daquele que quer o poder, vingança, que é mal, ambicioso, frio, calculista e egoísta. Quem curte muita ação e violência, vai curtir o Top Mix de hoje, que vem falar sobre as séries mais sangrentas da TV!

Chame os médicos e vem conferir comigo por quê todos amam BLOOD!

(Por Paula Reis)

 

ahs

10) American Horror Story

Desde a primeira temporada, American Horror Story já derramou rios de sangue. Entre assassinos em série, freiras pervertidas e bruxas maléficas, Ryan Murphy não tem medo de eliminar seus personagens – e das maneiras mais cruéis possíveis. É tanto sangue envolvido que, na quarta temporada, Freak Show, o oitavo episódio teve, literalmente, um banho de sangue. Todos nós amamos odiar a maldade de Dandy, mas ele não foi o único. Chester (Freak Show), Bloody Face (Asylum) e até o Papai Noel (Asylum) mostraram sua predileção ao sangue alheio. E você acha que as bruxas de Coven ficam de fora? Cenas como as do episódio de Halloween e a morte da iniciativa secreta anti-bruxas foram verdadeiros massacres. E tem mais: a quinta temporada promete ser ainda mais sagrenta, já que a Condessa (personagem de Lady Gaga) segue uma dieta de sexo e SANGUE! (Por Leo Sousa)

 

Demolidor In the Blood

9) Daredevil

Não poderíamos deixar de mencionar uma das produções destaques do ano. Daredevil entra na lista das mais sangrentas por ter um diferencial das séries de heróis apresentadas ao público até o momento. Seria talvez grotesca a comparação, até porque eles pertencem a universos diferentes, mas a história de Matthew Murdock diferencia-se muito de Oliver Queen, ou Barry Allen. Em Arrow, temos a divisão da ação com o romance, em Flash ela se divide com a comédia. Mas no caso de Daredevil, temos a divisão com o drama, que predomina por situações um pouco mais realistas, com um cenário mais obscuro e mais focado nas cenas de luta, potencializando o sucesso da série. O seriado veio justamente complementar uma área que os outros dois ainda não haviam preenchido e cada um no seu espaço apresenta um trabalho interessante aos olhos da maioria dos espectadores. Estávamos sim, sedentos por sangue neste ramo, experimentamos e agora queremos mais e mais. A renovação veio com grandes comemorações e agora nos resta esperar para ver se a segunda temporada nos reserva histórias mais marcantes e sangrentas. (Por Lucas Franco)

 

spartacus

8) Spartacus

O Starz, como um canal premium, sempre deu bastante liberdade para os produtores de suas séries, seja relacionada a sexo, palavrões, violência e, claro, sangue. O sangue em Spartacus é tão parte da série quanto mortes são em Game of Thrones. No inicio, o exagero sempre soa estranho e tosco, o sangue digital chega a ser muito perceptível, mas com o tempo você passa a perceber que o exagero faz toda a diferença para as cenas alcançarem aquele ápice de vibração, e imagina que se fosse diferente talvez a série perdesse uma grande força. Há episódios que são verdadeiros banhos de sangue. Tudo isso faz de Spartacus uma das séries mais sangrentas de todos os tempos. (Por Douglas Couto)

 

scream-1x07

7) Scream

Quando foi anunciado que a MTV produziria em forma de série uma das franquias de maior sucesso do gênero thiller no cinema, todo mundo esperava que entre as coisas a serem mostradas fosse muito, mas muito sangue. A primeira temporada, recém finalizada, contou com dez episódios cheios de mistério e suspense. Apesar da quantidade de mortes terem sido abaixo do esperado, quando ocorreram eles honraram o gênero. A cada morte, mais sangue foi sendo esbanjado em cena, destaque no sétimo episódio em que Will, ex-namorado da protagonista da Emma, é brutalmente assassinado pelo ghostface, sendo serrado ao meio, dando um banho de sangue e de tripas na jovem. A season finale também prometeu sangue, tudo bem que foi abaixo do esperado, mas também com direitos a vísceras saindo e tudo mais. Que a segunda temporada eles invistam ainda mais no sangue todo, honrando ainda mais a quadrilogia que marcou gerações na telona. (Por Eduardo Nogueira)

 

Narcos-2

6) Narcos

Quem conhece José Padilha (Tropa de Elite, Robocop) sabe muito bem como ele trabalha. E não foi nenhuma surpresa ver a maneira como esse brilhante diretor brasileiro colocou a história do maior traficante do mundo, Pablo Escobar, logo no piloto de Narcos. Com muitas cenas pesadas, mortes e bastante apelação, o seriado já deu uma mostra do que seria o nosso sucesso da Netflix. Nem preciso mencionar que a parceria Wagner Moura e Padilha foi sensacional e novamente pudemos ganhar uma obra prima. Narcos conta a realidade de forma nua e crua e a maneira como ela é colocada pode até ter gerado polêmica nas redes sociais, afinal, o que vemos é a versão de um agente do DEA americano. Se a segunda temporada pudesse ser contada através da versão de Pablo Escobar, tenho certeza que os roteiristas não mediriam esforços para mais sangue e desgraças. José Padilha consegue transformar uma história sobre tráfico de drogas em um excelente thriller policial, intercalando as cenas de ficção com cenas reais, com muito sangue e violência… Narcos choca, e boa parte disso o responsável é o sangue, o sangue das 4 mil mortes que Escobar deixou escorrer pelas suas mãos. (Por Gabriella Siggia)

 

hannibal-nbc0

5) Hannibal

Quando Hannibal estreou e 2013, não imaginávamos que seria tão querida pelo público, e tampouco se tornaria tão sanguinária. Eu já achava que teria sangue para todos os lados, até porque o Hannibal é um canibal – é o meu canibal favorito <3. Todas as cenas dele preparando a comida derivado de carne humana, era um show a parte, com direito a uma trilha sonora à altura de Hannibal Lecter. A segunda temporada da série foi a mais sanguinária das três porque, para mim, houve a cena mais bizarra que já vi: o personagem que ficou dentro do porco! Sério, foi nojento demais! Quando vi a cena, cheguei até a colocar as mãos nos olhos de tanta repugnânciaPor mais que a 2ª temporada tenha sido a mais bizarra, a terceira também não ficou para trás. No 3×05 e no 3×06, houve a luta entre Hannibal e Jack, e era sangue para todo lado, tanto é que tem uma cena do episódio com o Hannibal encharcado de sangue. Quando Francis aterrissou no show, Hannibal ficou ainda mais sanguinário. Hannibal é o tipo de série, portanto, com uma paisagem bem sombria, e que o fator sangue é bem corriqueiro, pois há canibalismo, luta e assassinato de seres humanos para fins culinários. #SddsHannibal (Por Daniele Duarte)

 

got4x8

 4) Game of Thrones

All men must die!” (“Todo os homens devem morrer!”). Esta é uma das frases mais emblemáticas de Game of Thrones e que mais define a série. O show da HBO de maior sucesso até hoje derrama sangue que nem água da chuva. O que mais acontece durante toda a história é pessoas morrendo, seja durante batalhas, seja por vingança, seja por amor, mas sobretudo sempre por poder. O Jogo dos Tronos com certeza é uma das séries com  mais morte por metro quadrado que já existiu. Seja mocinho, seja vilão, ninguém se salva. E as mortes são super pesadas e chocantes, decapitação, esquartejamento, pelo fogo, pela gelo dos Caminhantes,… Nenhum lugar é seguro. GOT consegue de verdade afetar a emoção do telespectador, de uma forma que você  chega até ter raiva do seriado. Com tanto sangue, violência e busca pelo poder, será que vai sobrar alguém no final para sentar no Trono de Ferro? (Por Paula Reis)

 

twd

3) The Walking Dead

Já que o Top Mix dessa semana fala de sangue, The Walking Dead não poderia ficar de fora, obviamente! Afinal, uma série que se passa em pleno apocalipse zumbi, onde banho é algo fora de cogitação (pelo menos até a metade da 5ª temporada), não se tem outra coisa a não ser sangue e órgãos para fora do corpo. Quantas vezes não deu nojo quando nossos heróis são obrigados a abrir um zumbi e tomar banho com as triplas e sangue para passarem despercebidos? Foram milhares de cenas como essa, que nos fizeram revirar o estômago. Fora quando eles precisam cortar alguma parte do corpo que foi mordida antes que o vírus se espalhe (Hershel sabe como é isso), ou matar uma onde de zumbis, todos de uma vez só. E os zumbis, que a cada temporada que passa, mais em decomposição eles ficam, devido à passagem de tempo. Definitivamente, sangue é o que não falta em TWD! (Por Diogo Azis)

 

Trueblood3

2) True Blood

A falecida série picante da HBO tem sangue até no nome, então lógico que ela marcaria presença aqui neste top. True Blood, que fez muito sucesso até o ano passado, quando encerrou sua sétima temporada, conseguiu misturar sexo, sangue e vampiros. Não só vampiros, mas fadas, lobisomens, bruxas e todos os tipos de criaturas estranhas e mágicas que se possa inventar. A série usou e abusou do trash, de cenas bizarras. E a presença do sangue era marcante, pois mortes súbitas de personagens queridos aconteciam toda hora, e sem muitas explicações, de forma bem bizarra mesmo. Com o seu estilo mais exagerado, mas próprio, com cenas de nudez e bem sangrentas, TB conseguiu prender um público considerável por um bom tempo, mesmo com seus altos e baixos. (Por Paula Reis)

 

Dexter

1) Dexter

Já na abertura de Dexter vemos relances de coisas cotidianas que podem nos remeter a sangue (mais especificamente a assassinatos). Já na infância, Dexter começa a se “familizarizar” com o sangue, sua mãe é assassinada e ele e seu irmão ficam 2 dias sentados na poça que o assassino deixou. Ao crescer, nosso assassino se forma como especialista forense em padrões de dispersão de sangue e vira um serial killer, que tem como troféu gotas de sangue das vítimas, que ele retira logo antes de matá-las. O sangue é parte fundamental na vida de Dexter, e o que mais nós vemos na série, por isso ela merece seu primeiro lugar aqui no Top Mix. (Por Ulysses Junior)

 

E aí, curtiram? Muito sangue, né?! Você também curte séries neste estilo? Lembra de mais alguma que merece ser citada? Deixe nos comentários.

Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

1 comment

Add yours

Post a new comment