Top Mix: Especial Dia dos Pais

feliz dia dos pais

 

Olá! Dia dos Pais está chegando, e você, já comprou um presente para seu paizão? Por aqui vamos fazer uma homenagem aos melhores homens de nossas vidas, nossos pais. E nada melhor do que pegar grande exemplos das séries de TV para isso. Todos sabem que a função de pai é muito importante na vida de um filho, seja para dar exemplo, ensinar o que é certo e errado, proteger, dar amor e carinho. Nas séries, vimos muito sobre isso e de que como uma figura paterna é necessária em uma família. Seja de criação ou biológico, um bom pai sempre está ali, quando o filho precisa. Quando fui parar para pensar nos bons exemplos que temos nas séries, a lista ficou enorme. Logo, teremos que fazer parte 2, com certeza. Fora que, como conseguir escolher um pai melhor que o outro? Tarefa quase impossível, pois todos eles merecem estar aqui e ser top 1. Mas mesmo com todos este obstáculos, hoje o Top Mix tem a honra de selecionar os melhores pais das séries de TV! Vem comigo!

(Por Paula Reis)

Continua após a publicidade

 

danny-williams

 

10) Danny Williams (Hawaii Five-0)

Danny é o típico detetive resmungão que tem uma incrível química em tela com seu parceiro Steve. Mas na verdade, as melhores interações que o personagem apresenta na série é com sua filhinha. Sua macaquinha acaba tendo uma aproximação balançada com o pai, por conta da separação, e principalmente pela difícil vida de sempre estar em algum tipo de missão com a força tarefa do Hawaii. Mas o bacana de se ver nesta relação, é que o amor de pai e filha sobrevive a todas estas barreiras, colocando Danny na lista de paizão do ano. (Por Anderson Narciso)

 

Rick-Grimes

 

9) Rick Grimes (The Walking Dead)

Em comemoração aos dias dos pais, não poderia ficar de fora nossa amada por muitos e odiadas por poucos, The Walking Dead! E o cargo de paizão do seriado ficou com o Rick, nosso protagonista que luta para manter todos os amigos juntos e a salvo, também luta para ensinar no meio caótico que é a série, um pouco de humanidade e valores para os seus filhos, em especial ao adolescente Carl que desde pequeno aprendeu a lidar com os zumbis, seja atirando ou lutando. Rick, percebendo o comportamento mais agressivo do filho, chegou a proibi-lo de usar armas. As cenas com a pequena Judith só servem para comprovar ainda mais o amor que ele tem pelos filhos. Como esquecer o episódio 5×01 em que eles se reencontram depois de achar que ela estava morta? Uma das mais emocionantes da série. Sem sombra de dúvidas ele é um grande pai e merece lugar no Top Mix. (Por Diogo Azis)

 

Jonathan_Kent

 

8) Jonathan Kent (Smallville)

Aquele termo “pai é quem cria” caiu como uma luva em Smallville. O casal Jonathan e Martha Kent encontraram Clark quando pequeno em um milharal, e então pegaram o garoto para criar. Mesmo sem saber das origens daquela “indefesa” criança, e com o passar dos anos aprender com o próprio Clark descobertas de poderes e desenvolvimentos de habilidades, Jonathan podia muito bem deixar o garoto de lado, mas não foi o que ele fez. Um homem de caráter e de princípios, ele passou tais valores para o seu então filho adotado, e o protegia com unhas e dentes para que jamais o segredo do jovem fosse revelado. Jonathan passou a viver pelo Clark, a ponto de sacrificar sua própria vida para que o filho não morresse após se ter perdido todos os seus poderes e tornar humano. Desde que Smallville estreou, sabíamos que o patriarca da família Kent morreria em algum momento da série, e sua perda realmente foi algo irreparável e extremamente profundo. Jonathan Kent foi capaz de morrer pelo filho, mesmo ele não sendo biológico, algo que muitos “pais” por aí nem se devem ao luxo. Sua figura paternal foi tão essencial na vida de nosso herói que até Lex Luthor, quando ainda era amigo de Clark e antes de se tornar o icônico vilão, queria ter um pai que nem ele. O personagem, mesmo morto, foi importante no momento final da série, quando o protagonista finalmente assume o fardo de Superman. (Por Eduardo Nogueira)

 

nathan-scott

 

7)  Nathan Scott (One Tree Hill)

Nathan Scott foi de bad boy da série a melhor pai do ano. Na quarta temporada do show, Haley acaba engravidando do rapaz, e mal sabíamos que ele se tornaria um exemplo de ser pai – completamente diferente do vovô Dan. Também, o filho iria ajudar, afinal, Jamie Scott acabou se tornando uma das crianças mais fofas da TV. Nathan tornou-se símbolo do que um pai deve ser para o filho, que por sua vez o via como um herói. Sua função aumentou ainda mais com a chegada da pequena Lydia, na oitava temporada, mostrando que competência para ser pai não lhe faltava. (Por Anderson Narciso)

 

ned-stark

 

6)  Eddard Stark (Game Of Thrones

Apesar de deixar seus filhos no Norte para ir para Porto Real ser Mão do Rei, Eddard, mais conhecido como Ned, é um bom pai, quiçá o melhor da série Game of Thrones. Pai de Robb, Sansa, Arya, Bran, Rickon e Jon (por criação?), Ned Stark sempre ensinou aos seus filhos como ser forte, fiel, confiante e determinado. Na série, honrou sua palavra, foi honesto, fiel e o que mais tinha bom caráter na primeira temporada, mas mesmo assim não teve um final feliz, ou justamente por isso. Ele costumava a tratar seus filhos de maneira única, sempre protegendo as meninas, mas dando liberdade para elas serem o quiserem ser, como Arya gostaria de ser uma guerreira e Sansa uma princesa. Sempre apoiou seus rapazes também, ao deixar Robb tornar-se um guerreiro, que futuramente daria orgulho ao pai se tornando Rei do Norte, aceitando Jon se juntar a Patrulha da Noite na Muralha, e protegendo Bran e Rickon, quando precisavam. Também um bom marido, Ned deu suporte para Cat Stark, quando ela precisou. Acredito que de toda série, Ned Stark foi o melhor exemplo de paizão, precisando que Twyin e Stannis aprendesse muito com ele de como ser um pai de verdade. (Por Paula Reis)

 

Voight Chicago PD

 

5) Hank Voight (Chicago P.D.)

Voight é aquele tipo de pai controverso. Isso porque, ele não é bem lá um exemplo de melhor pessoa do mundo, principalmente pelo seu dever na inteligência em que chefia em Chicago. Mas, mesmo com sua trajetória conturbada, acabou modelando e exercendo a figura paterna em muitos momentos do show. Desde Chicago Fire, o personagem vivia tentando livrar seu filho biológico de problemas, principalmente no evento em que o garoto causa um acidente após dirigir alcoolizado. Mas foi em Chicago PD que seu papel de pai foi mais explorado, na sua conexão com Erin, com quem acabou cuidado desde a adolescência, e a influenciou para se tornar uma policial e consequentemente uma detive. No final das contas, Voight não é tão durão assim vai? (Por Anderson Narciso)

 

greys-anatomy-mcdreamy

 

4)  Derek Sheperd (Grey’s Anatomy)

Durante sete temporadas, acompanhamos Derek ser um amigo, namorado, médico e marido excelente. Além de ser um cara íntegro, inteligente e absolutamente lindo. Tinha como ficar melhor? Sim! Para isso, é só ver Derek segurando Zola no colo pela primeira vez, quando fala para Meredith para eles adotarem aquele pinguinho de gente. Não é muito amor? A partir daí, o Dr. Shepherd desempenhou muito bem o papel de pai e se tornou o cara que brinca de casinha com uma tiara na cabeça, que se esforça para aprender a fazer penteados no cabelo da filha e que estava sempre por perto na gravidez e no nascimento do pequeno Bailey. Enfim, quando a gente achava que não podia mais melhorar, Derek descobriu a paternidade, virou um pai babão e se tornou mais McDreamy ainda! É ou não é a perfeição? (Por Fernanda Azevedo)

 

zeek-braveman

 

3)  Zeek Braverman (Parenthood)

Zeek Braverman foi o primeiro nome que me veio na memória assim que li sobre o tema desse Top Mix. Como fazer uma homenagem para o dia dos pais sem citar esse grande homem, que durante todas as temporadas de Parenthood foi literalmente um paizão? Foram cinco filhos, que juntamente com Camille, criaram de uma maneira exemplar. Mesmo bem crescidos, hora ou outra viviam correndo para os braços dos pais. Um marido carinhoso que fez de tudo para manter o brilho nos olhos de sua esposa, um pai espetacular e um avô que me fez encher os olhos de lágrimas, durante vários episódios. Ainda lembro muito bem da temporada final, aquele sufoco que o chefe da família passou ao ser internado e passar a lutar pela vida. Sofri junto com toda aquela família, até porque já me sentia um Braverman, então, quando vi Zeek morrendo daquela forma não precisa nem dizer o quanto fiquei destruído. O personagem construiu uma história linda, com começo, meio e fim, que adorei acompanhar, e até hoje sinto falta daquela família maravilhosa fazendo parte da minha vida. (Por Lucas Santtos)

 

michael-kyle

 

2)  Michael Kyle (My Wife and Kids)

O que mais marcou Michael Kyle como pai com certeza foram seus castigos nada convencionais e sempre muito engraçados. Mas quem não lembra do episódio que toda a família Kyle se junta para eleger Michael como o melhor pai de todos. Acho que foi um dos episódios mais emocionantes. Foi quando realmente vimos que, apesar de não levar praticamente nada a sério, ele sempre esteve lá para guiar sua família. Sem o apoio dele, Junior jamais conseguiria criar seu próprio desenho animado. Todos os castigos, por mais engraçados que sejam, foram vitais para o amadurecimento de seus filhos e para alegrar a vida de todos na casa Kyle. (Por Ulysses Junior)

 

full-house-danny

 

1) Danny Tanner (Full House)

Um repórter que acaba de perder a esposa numa tragédia e tendo três filhas pequenas para criar, está bom de açúcar? O protagonista de Full House (aka Três é Demais) é o maior exemplo de figura paterna nessa lista, pois ele teve que enfrentar a situação de cuidar de D.J., Stephanie e Michelle, porém sempre com a ajuda de seu cunhado Jesse e do melhor amigo Joey para isso. Desde que ficou viúvo, Dan passou a se dedicar integralmente às filhas, tendo que conciliar sua carreira na televisão com a criação das garotas. Não é só porque ele teve ajuda dos rapazes, mas ele é um pai excepcional, pra ninguém botar defeito. Quem em pleno anos 80, onde certos pensamentos da sociedade na época ainda eram bem “restritos”, veríamos um homem ser pai e mãe ao mesmo tempo? Difícil, e por mais que Três é Demais seja uma comédia familiar, eles conseguiram abordar tal tabu com naturalidade em suas oito temporadas, pois querendo ou não, naquele tempo, isso era algo totalmente atípico. Mesmo com as dificuldades da ausência de uma figura materna como referência para as garotas, Dan criou as três de forma espetacular, se tornando um exemplo de pai dentro e fora da TV, até os dias de hoje. (Por Eduardo Nogueira)

 

mitchell-cameron

 

Menção Honrosa: Mitchell Pritchett e Cameron Tucker (Modern Family)

O casal mais fofo de Modern Family merecia uma menção honrosa nesta lista de melhores pais. Mesmo em uma sociedade que ainda vive o preconceito com relacionamentos homoafetivos, a série conseguiu captar muito bem a essência do que é uma família, de quando duas pessoas que se amam querem de fato constituir uma. Que não importa o sexo, idade, raça, o que importa é o amor. Com muito bom humor, Mitchell e Cam nos mostram isso durante todas as temporadas, de como é adotar uma menina do vietnã, e dois pais a criarem e muito bem. Lily é a criança mais adulta que eu conheço, sendo às vezes mais madura que os próprios pais. Apesar deles a mimarem muito, brigando muitas vezes para ver quem é o melhor pai, Lily tem uma ótima criação e todo amor que ela merece. Mitchell, o pai mais cabeça, mais realista, junto com Cam, o mais amoroso, eles se completam e possuem tudo que um filho precisa para viver neste mundo: proteção, carinho e amor. Com toda a certeza, que Mitchell e Cam são alguns dos pais mais divertidos e legais do mundo das séries. Lily tem muita sorte. (Por Paula Reis)

 

tio-phill

 

Menção Honrosa 2: Phillip Banks – Tio Phill (The Fresh Prince of Bel-Air)

Certos personagens marcaram tanto que é impossível ficar de fora dessa lista. Um deles é o saudoso Tio Phill. Um exemplo de pai, tio, marido, que sempre esteve disposto para ajudar, ou até mesmo puxar orelha dos filhos, em especial seu sobrinho Will, que aprontava sempre. Grande de tamanho e de coração, Phillip Banks nos alegrava a cada episódio. Preocupado com os seus filhos, em especial a caçula Ashely, ele chegou e pedir para Will e Calton a seguirem no primeiro encontro que ela teria. Ele não se deixava abater e sempre gostava de deixar claro que veio de baixo e lutou para conseguir dar boa vida aos filhos, mesmo vindo de família pobre e sendo negro. Uma das muitas cenas que marcaram foi justamente no episódio em que o pai do Will reaparece querendo uma aproximação, e logo no fim do episódio, resolve sumir de novo no mundo. Depois de ouvir o desabafo emocionante do sobrinho, Tio Phill nada mais fala, apenas o abraça e a emoção rola solta. Sempre choro quando assisto! Deixou saudades quando a série acabou e quando o ator faleceu na vida real. (Por Diogo Azis)

 

E aí, curtiu? Quanto paizão, hein?! Tem mais algum das séries que você admira? Feliz Dia dos Pais para todos os merecedores deste posto tão lindo!

Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

No comments

Add yours