Top Mix: ganchos dos finais da temporada 2013-14

Ah, as season finales. Tempo dos fãs se descabelarem. Se rebaterem. Chorarem. Pois é (o Como Um Seriador Se Sente Quando... nos lembrou muito bem!). A fall acabou e uma imensidão de cliffhangers, os famosos ganchos de finais de temporada, deixaram muitos seriadores perplexos e loucos para apertarem o botão e pularem o longo hiatus que se iniciou.

Como recordar é viver, e já estando com saudades das nossas séries, resolvemos listar 10 ganchos desta fall 2014 e colocamos nossas apostas no que vem por aí. É o Top Mix especial season finales. Vem…

 

Supernatural

Supernatural – 9×23, “Do You Believe In Miracles?”

Após duas temporadas desastrosas iguais foram a sexta e sétima, Supernatural vem sendo uma série digna de se acompanhar.Entretanto, a season finale da nona temporada foi um episódio tão espetacular, que a série não apresentava algo assim há mais de quatro anos, desde 5×22 – “Swan Song”. Os rumos que a história começou a tomar na metade desse nono ano da série já vinha mostrando que o desfecho ia ser algo surpreendente, porém não tanto assim. A morte de Dean foi a prova clara de que veremos e muito ainda sobre a mitologia de Caim e a Primeira Lâmina, ainda mais com o seu despertar após ter “partido”. Se a décima temporada for a última da série, com certeza os produtores vão fazer uma maneira dos episódios iniciais dar a entender que o destino de Dean será o mesmo de Caim. Mas estamos falando de Supernatural, e uma reviravolta pode acontecer a qualquer momento. Será que estamos prontos para encarar que o caçador se tornou um cavaleiro do inferno após sua ressureição nos momentos finais do último episódio?

 

Greys Anatomy

Grey’s Anatomy – 10×24, “Fear (of the Unknown)”

Ainda que Shonda tenha nos poupado de grandes tragédias nessa season finale (provavelmente devido à todo sofrimento que a saída de Cristina Yang já proporcionou), ela nos deixou uma pequena surpresa para que ansiemos ainda mais pela 11ª temporada: a nova chefe de cardiologia é filha de ninguém menos que Ellis Grey e ao que tudo indica, do Dr. Webber! Ou seja, ainda nem superamos a morte da Lexie e já arranjaram outra irmã para a Meredith, que se for pra gente gostar, espero que Shonda tenha a decência de manter viva. Não se sabe ao certo o que isso significa para a série, mas por mais desnecessária que seja, é uma novidade que tem tudo para ser o centro das atenções durante boa parte da temporada. Na minha opinião, se fosse pra aparecer uma irmã da Meredith, que fosse Molly, a outra filha do pai dela. Mas já que resolveram trazer uma nova personagem, com toda uma trama mais complexa envolvida, espero que saibam administrar. Uma coisa eu tenho certeza, não importa o quão interessante ela venha a ser, nunca irá substituir nossa Little Grey.

 

The Vampire Diaries

The Vampire Diaries – 5×22, “Home”.

Por mais que a quinta temporada da série teen tenha começado bem, e mesmo após a morte da grande vilã da história Katherine Pierce, a história se perdeu um pouco com a trama dos viajantes e dos doppelgangers. Mas The Vampire Diaries acabou se reencontrando em seus três episódios finais, proporcionando uma finale espetacular como de costume. Os últimos momentos dessa temporada foram apreensivos com o fato de Damon e Bonnie não conseguirem voltar do Outro Lado após conseguirem êxito no plano de derrotar os viajantes, e assim causando uma grande interrogação do que esperar sobre os dois personagens no próximo ano. Quem leu aos livros sabe que o vampiro morre também, sacrificando-se de forma semelhante, porém ele acaba voltando à vida através de um feitiço, e com certeza alguma nova bruxa, ou até mesmo Luke e Liv possam encontrar uma forma de trazer os dois de volta à vida na série. Como estamos falando de The Vampire Diaries, tudo pode acontecer.

 

Once

Once Upon a Time – 3×22, “There’s No Place Like Home”

Agradeçamos a Emma pela sua incrível habilidade de fazer mer#@. Mesmo sem querer, com a finalidade de voltar para sua dimensão, a personagem faz besteiras e graças a elas, teremos histórias interessantíssimas para a próxima temporada. Claro, outros pontos serão desenvolvidos, mas o que todo mundo quer saber é: fight entre Swan e Mills já! Sim gente, não é possível que Regina, depois daquela ameaça não vai revidar ao que Emma fez: destruir seu happy endings. A briga entre as duas sempre foram um ponto forte na série e estava apagada nessa temporada. Então que venham brigas. E como se isso não fosse problema suficiente, mais uma vilã chega à cidade. Digo que Elsa é uma vilã pelo local onde Rumple a colocou e pelo método que a personagem já se apresentou: “testando” se seus poderes continuam ativos. Além disso, com o fim de Zelena, a história precisa de um novo obstáculo, cargo que Regina só ocupou na primeira temporada. Ainda assim, o problema pode ser ainda maior se Regina, com ódio de Emma pelo resgate de Marian, não se opor a nova vilã. Ou seja, uma gama de possibilidades pode acontecer na próxima temporada, devido a um único ato: o retorno de Emma. Ah, e saudações claro aos fãs de Frozen. Melhor impossível. Muito boa essa season finale.

 

The Originals

The Originals – 1×22, “From a Cradle to a Grave”

The Originals fez uma primeira temporada bastante ágil e empolgante. Por volta da metade da temporada, um plot em especial foi sendo desenvolvido gradualmente, culminando no cliffhanger final com a volta de Esther e aparentemente, seu filho Finn. Assim, abrem-se várias possibilidades para a season 2, com conflitos familiares em paralelo com o jogo dos tronos em New Orleans. Junto à isso o outro retorno bombástico acontece pelas mãos de Davina, papai Mikael se juntará à família, sendo usado como arma pela bruxa. O próximo ano promete bastante.

 

Castle

Castle – 6×23, “For Better or Worse”

Durante cinco anos estivemos nos preparando para o momento em Castle e Beckett se declarariam e ficariam juntos. Na sexta temporada de Castle, tivemos a alegria de saber que Kate aceitou o pedido de casamento do Rick, nos deixando ansiosos para um possível casamento no final de temporada. Mas na season finale “For Better Or Worse”, Andrew Marlowe nos deixou de cabelo em pé com o cliffhanger deixado para a sétima temporada. A caminho do casamento nos Hamptons, o carro de Castle é seguido com um SUV preta, e com vidros escuros. Só o que sabemos depois é que Beckett recebe um telefonema misterioso e na cena final descobrimos: Seria o carro de Castle que incendiou e matou o escritor? Ou seria outra pessoa próxima a Kate? Só descobriremos na season premiere da sétima temporada! Shame on you, Marlowe!

 

TGW

The Good Wife – 5×22, “A Weird Year”

Finalizando a sua melhor temporada, The Good Wife nos entregou uma season finale agitada, onde todos os personagens ganharam destaque (inclusive o Cary) e com dois cliffhangers que pode mudar a dinâmica da série. O primeiro foi Diane desistindo de se manter na LG/Canning e pedindo para entrar na Florrick & Agos. Acredito que isso pode ser muito bom pra próxima temporada, já que veremos Diane saindo lá de cima onde sempre esteve, sendo dona de uma firma, e agora tendo que sobreviver como uma associada. Além disso, provavelmente Kalinda vai com ela e, quem sabe, não teremos mais momentos dela com Alicia? Já o segundo, mais inesperado, foi Eli perguntando para Alicia se gostaria de concorrer para promotoria estadual. É difícil saber se a série vai mesmo para esse lado, depois de toda a luta dela para manter Florrick & Agos em pé, mas vai que depois dessa quinta temporada que saiu do conforto, os Kings estejam com vontade de continuar nessa vibe?

 

Revenge

Revenge – 3×22, “Execution”

Durante três anos acompanhamos toda a saga de Emily Thorne para fazer justiça pela prisão, seguida da morte de seu pai. Porém essa season finale de Revenge apresentou dois grandes cliffhangers, que podem representar um recomeço ou o desfecho totalmente inesperado para a história. A temporada terminou com a loira pensando que seu objetivo foi alcançado e sua vingança chegado ao fim, mas agora com Victoria Grayson sabendo que ela é a verdadeira Amanda Clarke é a hora da Rainha dos Hamptons dar o troco. Com certeza o foco da quarta temporada será a troca de papéis, com Victoria tentando destruir Emily a todo custo, comprovando que está totalmente sã para então desmascarar sua inimiga. E agora com David Clarke de volta, com certeza a loira vai questionar se todos os esforços feitos por ela nos últimos anos foi em vão. Foi digno do Frases da Semana com certeza.

 

Chicago Fire

Chicago Fire – 2×22, “Real Never Waits”

Com uma segunda temporada de tirar o fôlego, Chicago Fire se consolidou como um dos melhores dramas de Dick Wolf. Na season finale “Real Never Waits” temos um momento bonito entrelaçado com uma tragédia. O chamado no meio do casamento de Boden e Donna nos deixou mais apreensivos do que quando Casey esteve no hospital. Durante uma vistoria, todos os bombeiros do Batalhão 51 são acometidos pela surpresa do prédio explodir. Apenas Boden fora do prédio, sem saber do que ocorreu dentro do complexo e tentando contato com todos dentro dos escombros só deixou os fãs mais apreensivos do que já estavam. O que teria ocorrido com nossos heróis de Chicago? E como ficará o casamento de Dawson e Casey? Perguntas que somente teremos resposta em setembro quando a terceira temporada começar.

 

Arrow

Arrow – 2×23, “Unthinkable” 

Arrow pode estar apenas em seu segundo ano mas já se consagrou como aquela série que faz season finales épicas. Após o final do primeiro ano que foi sensacional, a segunda temporada da série do Arqueiro Verde não fez feio. Aliás, fez muito bonito. A série cresceu infinitamente neste ano, com seu último episódio fazendo aquilo que prometia: explodir a mente dos fãs. A tão esperada batalha entre Oliver e o exército de Slade Wilson, ou o Exterminador arrepiou. A condução dos 43 minutos foi digna de se aplaudir de pé. Entretanto, não foi o desfecho de Slade que mais surpreendeu mas sim o seu cliffhanger. Oliver não esteve cinco anos na ilha como ele sempre repetiu infinitamente na abertura da série (saudades Oliver Queen is alive!). Nos últimos segundos, descobrimos que o Arqueiro Verde na verdade foi parar em Hong Kong no meio disso tudo, encontrando-se com Amanda Waller. O que diachos ele estava fazendo lá? E Amanda o usou para alguma coisa? Uma coisa é certa: a chefe do Esquadrão Suicida será peça chave na próxima temporada. Aguardamos ansiosos.

E vocês? Qual foi sua season finale predileta? Esquecemos alguma? Diz aí…

Post criado em colaboração por: Alex FonsecaAna Maria, Anderson Narciso, Douglas Couto, Eduardo Nogueira, Tainara Hijaz, Rafael Mattos.

Share this post

Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.