Top Mix: Mães não exemplares das séries de TV

top mix maes não exemplares

 

Olá! Dia das mães está chegando e você aí pensando em como sua mãe é boa para você. Mulher exemplo, de vida, de superação, de grande mulher… Sorte a sua! Nas séries temos muitos exemplos de mãe guerreiras também, mães do ano. Até fizemos um top sobre as melhores. Clique aqui para relembrar.

 

Continua após a publicidade

MotherKnowsBest

 

No entanto, este ano queremos destacar aquelas mães que muitas vezes não gostariam de ser mãe e por isso são péssimas no papel. Algumas mães das séries até que não são más com seus filhos e tentam protegê-los de tudo e todos, no entanto, agem fora da lei, passando por cima de princípios e pessoas para conseguir o que quer. De toda forma, todas estas mamães não dão bons exemplos para seus filhos, aprontando sempre alguma falcatrua, sendo malvadas e exemplo de megeras terríveis. O Top Mix de hoje vai homenagear as mães negligentes, as péssimas mães, enfim, as mães não exemplares das séries de TV! Vem comigo!

(Por Paula Reis)

 

sylvia-noble

10)  Sylvia Noble (Doctor Who)

Sylvia é a mãe de uma das companions mais queridas do Universo de Doctor Who, Donna Noble. Mas ao contrário da filha, ela é a pior pessoa do mundo para se conviver. Sylvia nunca procurou incentivar a filha a nada e estava sempre jogando na cara da mesma que ela nunca seria ninguém na vida, que ficaria morando com ela a vida inteira e afins. Mesmo quando Donna conseguia que algo desse certo em sua vida, Sylvia parecia ter o prazer em ir lá e arruinar isso para ela. Não é a toa que Donna acabou ficando noiva de um maníaco que servia a uma aranha vermelha gigante alienígena. Maluquices à parte, em um certo momento da quarta temporada, Sylvia chegou a causar a destruição de linhas temporais alternativas e universos alternativos APENAS POR SER FRESCA e querer tomar um caminho diferente. No último episódio regular que a vemos, Sylvia parece ter orgulho de ter Donna como filha, mas como o Doctor não tem a mínima paciência para negligentes, dá um burn gigante nela. “É, talvez você devesse dizer isso a ela de vez em quando”. MELHOR BURN DA HISTÓRIA. (Por Walter Hugo)

 

mom-2x16

9) Bonnie Plunkett (Mom)

Bonnie está totalmente longe de ser o modelo de mãe ideal, ainda mais com seu histórico. Ela criou sua única filha sozinha e no meio do caminho acabou se envolvendo com álcool e drogas, além ter sido presa diversas vezes. O resultado? Christy seguiu os passos da mãe, e a história acabou se repetindo. Depois dos deslizes do passado, Bonnie agora está se tratando junto com sua filha, e aproveita do momento para melhorar o relacionamento que possui com a loira. Mesmo tendo progressos em seu tratamento, isso não quer dizer que ela tenha se tornado uma santa, pois Bonnie está muito longe de se tornar isso. Quem sabe numa próxima encarnação? (Por Eduardo Nogueira)

 

Monica

8) Monica Gallagher (Shameless)

Como começar a falar de Monica Gallagher? Primeiramente uma informação: os Gallaghers não são uma família normal. É um bando de irmão um pior que o outro fazendo um monte de besteira e muitas vezes infringindo as leis. Isso tudo com uma cara de pau e uma sem vergonhice que até Deus duvida. Se essas crianças são assim, provavelmente a educação de seus pais não foi lá grandes coisas, certo? Certíssimo! “E cadê a mãe dessas crianças para educá-los corretamente?” Mas aí é que está, minha gente: a Monica não está lá nunca para eles. Ela foi simplesmente a mulher que os pariu e depois sumiu pelo mundo. Abandonou seus filhos nas mãos de seu marido, um alcoólatra incorrigível que vive caído bêbado em qualquer canto do mundo, e se duvidar nem lembra que é pai de seis crianças. Monica é o tipo de pessoa que não tem noção de responsabilidade, noção de maternidade, noção de amor. É aquele tipo de pessoa que deixa sua filha mais velha no encargo de cuidar dos outros irmãos. É o tipo de mãe que aparece em casa uma vez na vida e outra na morte. A presença da Monica em casa é sinônimo de caos. Pode ter certeza que sempre que ela aparecer algo de ruim vai acontecer. Mas vamos tentar amenizar a situação. Boa parte desse comportamento se dá devido ao fato da Monica sofrer de transtorno bipolar, e por causa disso sua personalidade não é nada confiável. Então, se para se sentirem melhor, vocês quiserem colocar a culpa disso tudo na sua condição mental , vão em frente. Mas que a Monica é uma mãe que ninguém deve ter como exemplo, isso é um fato. (Por Izabella Viana)

 

esther-mikaelson

7) Esther Mikaelson (The Originals)

Esther nos foi apresentada na terceira temporada de The Vampire Diaries, onde vimos que ela não passa de uma bruxa egoísta. A personagem foi capaz de fazer um feitiço para transformar os filhos em vampiros, e no decorrer da série vimos o quanto ela é perigosa e ardilosa. Em The Originals, as coisas não são diferentes, pois ela quer trazer o equilíbrio e harmonia entre sua família, porém é evidente o seu favoritismo por Finn, um de seus filhos mais velhos, além da relação de amor e ódio com Klaus. A bruxa é capaz de querer matar a própria neta, alegando fazer isso pelo amor que tem ao filho, considerando a pequena Hope uma ameaça para algumas bruxas de sua dinastia. Com uma mãe dessa, para que inimigos? (Por Eduardo Nogueira)

 

ellis-grey

6) Ellis Grey  (Grey’s Anatomy)

Ellis Grey sempre foi um excelente cirurgiã; uma médica modelo e exemplo. Mas como mãe ela deixou a desejar. Nunca esteve presente na vida de sua filha e sempre se colocou em primeiro lugar. Como esquecer daquele dia em que ela tentou se matar e deixou a pequena Meredith sofrendo para tentar salvar a vida dela? Aquele dia deixou marcas na vida de Meredith, marcas tão profundas que a deixou numa zona dark. Sabemos muito bem que apesar da mameira como Ellis tratava sua filha, Meredith fez de tudo para ficar ao lado da mãe. Mesmo nos piores dias, mesmo quando Ellis a xingava, Meredith erguia a cabeça e estava lá pela sua mãe. Ellis sempre foi uma mãe negligente, que escolhia a medicina à filha. Ela pode ter tido o coração quebrado por Richard, seu amante, mas nada justificava a maneira como ela tratava a filha. Meredith sempre achou que sua mãe nunca a amou, o que acabou deixando nossa protagonista cada vez mais desacreditada no amor. Para sorte dela, Derek apareceu e… bom, vocês sabem o restante da história. Por mais que a sombra de Ellis Grey apareça na vida de Meredith, nossa protagonista soube muito bem seguir os passos diferentes da mãe e se tornou uma mulher incrível. Além de médica exemplar, ela é uma mãe sensacional. Cuidar de uma mãe como Ellis ninguém merece, ainda mais quando ela, com Mal de Alzheimer, consegue ser pior do que uma vilã dos contos de fadas. Porém, Ellis amava Meredith, mesmo que de uma forma diferente e tão egoísta. Se bem que fica difícil acreditar que alguém como Ellis Grey pudesse amar. (Por Gabriella Siggia)

 

Julie_Cooper_O.C.

5) Julie Cooper (The O.C.)

Julie Cooper nunca foi um exemplo de mãe. Veio de uma vida pobre e logo se esqueceu das raízes e se transformou numa old bitch de Newport. Durante as três primeiras temporadas, vemos uma Julie insuportável que quer a todo o custo separar o “casal central” da série, Ryan e Marissa. As maldades dela não param por aí. A criatura plantou inúmeras discórdias no relacionamento entre Kirsten e Sandy, fora tentar arruinar uma possível estabilidade fraternal entre Caleb e suas duas filhas, Kirsten e Hailey. Ela fez questão de deixar o pai de suas filhas apodrecer nas ruas, e se dependesse da sua tara sexual, a mulher tinha pegado até mesmo o Seth. Na última temporada, Julie acaba se tornando uma pessoa aturável e se mostra como alguém que só queria o melhor para sua família, mas vamos avaliar, ela estava praticamente no mesmo nível da mãe do Ryan e só foi mudar pelos acontecimentos do final da terceira temporada da série. Como se isso tudo não fosse suficiente, Melinda Clarke sai de The O.C. para fazer Nikita, e consegue criar uma personagem ainda mais diabólica, a qual vocês podem conferir no Top Mix das mulheres venenosas. (Por Walter Hugo)

 

o-CERSEI-LANNISTER

4) Cersei Lannister (Game Of Thrones

Cersei Lannister é uma grande mãe, pode até dar péssimos exemplos, mas sempre fez de tudo para proteger seus filhos, de tudo mesmo, sendo bem megera quando precisa. Desde que seus filhos eram pequenos, sempre escondeu quem era o verdadeiro pai deles, seu irmão Jaime. Logo, fez Tommem, Joffrey e Myrcella acreditarem que eram filhos do Robert Baratheon. Quando Myrcella foi tirada dela, Cersei quase morreu, e até hoje batalha em trazer a filha de volta. Assim, desde que isso não confronte com um interesse seu. Já com Joffrey, a educação que foi dada a ele não foi muito boa, pois ele sempre desrespeitou a mãe, sendo um dos maiores vilões que Game of Thrones já teve, mal caráter mesmo. Mas uma mãe que dorme com o irmão, que tem um amante, que passa por cima do seu marido, o então Rei Robert, acaba por dar más influências aos filhos. Após a morte de Joffrey, Cersei tornou mais amarga ainda. E não se conteve em dar mais péssimos exemplos de como ser mãe em relação ao Tommem. A última da vez é manipulá-lo como atual Rei. Além de detestar Margaery, esposa de Tommem, ela anda armando planos para boicotar o governo do seu filho e se beneficiar. Cersei Lannister tem força e é bem guerreira, mas usa isso muitas vezes para interesses próprios, esquecendo do papel importante que ela tem de ser mãe e de criar bem os filhos. O resultado dos maus exemplos ao longo da vida vemos nos três filhos problemas que ela criou. De fato, Cersei não foi e não é um bom exemplo de melhor mãe do mundo! (Por Paula Reis)

 

Homeland Carrie

3) Carrie Mathison (Homeland)

Do seu curto romance com Brody nasceu Frannie. Sabíamos desde o início da revelação da gravidez da Carrie, que ela poderia ser uma péssima mãe e isso se confirmou nessa temporada. Mathison mal vê a menina que, por sua vez, é criada por sua tia. Em várias cenas, vemos a personagem tentando ser uma mãe zelosa, mas suas tentativas vão por água baixo. Numa delas, ela quase afoga sua filha numa banheira, revelando que a pequena é um fardo na vida de Carrie. Além de ser desajeitada, mal conseguindo segurar o bebê nos braços e dar mamadeira. É muito complicado julgá-la, pois existem mulheres que não tem a menor aptidão para a maternidade e não sabem como criar e cuidar de uma criança. Carrie se encaixa nesse perfil, já que sua vida profissional é bastante turbulenta e tudo o que uma criança, principalmente recém-nascidos, precisam é de um lar e com pais estruturados para que ela possa crescer sem problemas de ordem psicológica. Portanto, Carrie Mathison, definitivamente, não é uma mãe exemplar! (Por Daniele Duarte)

 

revenge-4x20

2) Victoria Grayson (Revenge)

É inevitável não ter Queen Vic em grande parte de nossas listas, e dessa vez não é diferente. A vilã de Revenge pode se tornar uma verdadeira leoa quando alguém passa pelo caminho de seus filhos, mas isso não significa que ela seja uma mãe de tirar o chapéu, muito pelo contrário. Para começar, Victoria deu seu primeiro filho para adoção quando tinha 16 anos, para então estudar em Paris e não ter que “sacrificar” sua vida por conta disso. Anos depois ela teve Daniel e Charlotte, esta fruto de seu romance com David Clarke. Apesar da garota ser filha daquele que ela tanto diz que amou em sua vida, a personagem deixa escancarada a sua preferência pelo rapaz. Quando o assunto são as mulheres que passa pela vida dele, a megera é capaz de ir até as últimas consequências, dando dinheiro para uma ex-namorada de Daniel sumir da vida dele, e anos depois trazê-la de volta, no intuito de impedir o casamento de seu bibelô com Emily. Pelo seu predileto, Victoria foi capaz de matar para que ele não fosse morto ou preso, e também de tirar do caminho àqueles que fossem uma ameaça para Charlotte e Patrick. Realmente, Victoria não é uma mãe que se pode dar exemplo de boa conduta. (Por Eduardo Nogueira)

 

maya-pope

1) Mama Pope – Maya Lewis (Scandal)

Ishiiii! Esta daí é encrenca. Maya Lewis, vulgo Mama Pope, além de ser uma péssima mãe, ela é péssima pessoa. Fica até difícil falar muito dela, pois ela é tudo de ruim que se espera de uma mulher que coloca uma vida no mundo. Terrorista, sempre pensando em dinheiro, planos e truques, abandonou sua filha Olivia com seu pai, que já não é dos mais legais, sendo o chefe de um grupo perigosíssimo chamado B613. Depois de muitos anos, resolveu querer conhecer sua filha, através do Papa Pope que conhece a megera e a prendeu. Depois que Olivia cresceu, Mama Pope teve a oportunidade de se explicar e se redimir. Mas o que ela fez? Armou uma para cima da própria filha e fugiu. Tadinha da Liv, ela não merece uma família tão ruim assim. Maya é exemplo de tudo o que uma mãe não deve fazer, além de abandonar, passa a filha para trás, mata pessoas, rouba, arma truques e não liga se for presa por isso. Scandal terá um excelente episódio quando os pais de Olivia desaparecer, ou até morrer, para você ver o nível da maldade deles, os vilões da história toda. Mama Pope não deveria nem ser chamada de mama, pois ela não é exemplo de nada, ela nem deveria ser mãe. (Por Paula Reis)

 

veep

Menção honrosa: Selina Meyer (Veep)

Apesar de tudo que passa e já passou a ex-vice e atual Presidente dos Estados Unidos Selina Meyer e sua equipe, ninguém sofre tanto naquela série quanto Catherine Meyer. Assim que a filha de Selina foi apresentada ao público, percebemos que a maternidade era outro de tantos pontos em que a nossa protagonista é incrivelmente falha. Selina deixou a moça horas esperando por ela no escritório, indiretamente insultou seus trajes, o cachorro que ela escolheu, e ainda precisou que sua equipe lhe “soprasse” detalhes da vida da filha para que elas tivessem sobre o que conversar. O grande problema de Selina é o seu narcisismo. A festa de aniversário de 21 anos de Catherine, com toda a pompa para ficar bem nas fotos, foi arruinada por uma reunião de redução de gastos da então vice presidente; e ainda mais arruinada pela relação passivo-agressiva de Selina com seu ex-marido, pai de Catherine, resultando em sua mais expressiva cena do sofrimento: ela chorando no carro, segurando o bolo de aniversário, depois de ter sido abandonada pelos pais, que aparentemente desceram do carro para uma recaída. Seria uma cena de cortar o coração, se Veep não fosse uma série tão desalmada. Alguns episódios depois, Selina obrigou a filha a comer frango, porque não ficaria bem ela esquecer que sua única filha é vegetariana em frente às câmeras. E Catherine já deixou bem claro o quanto sua infância foi arruinada pelo descaso de Selina, retrato da típica relação de mãe que só se importa consigo mesma e com a carreira, e que, definitivamente, não deveria ter tido uma filha, com quem não poderia se importar menos, e a qual a empregada teve que levar para Disney. (Por Tainara Hijaz)

 

evelyn-harper

Menção Honrosa 2: Evelyn Harper (Two and Half Men

Corretora de imóveis bem sucedida, Evelyn nunca foi uma mãe amável para Alan e principalmente a Charlie. A megera sempre prezou pela boa vida e a carreira, deixando os filhos a todo momento de segundo plano. Fútil e bastante arrogante, ela nunca escondeu seu favoritismo para o caçula, tendo um relacionamento complicado com o mais velho. Os momentos em que ela e Charlie dividem cena é um dos pontos altos da série, uma vez que sempre quando isso acontece, podemos contar com uma lavagem de roupa suja entre os dois personagens, em que ele faz questão de jogar na cara dela a péssima mãe que é. Como se não bastasse tudo isso, ela tenta da forma dela ser a mais simpática possível com seu neto Jake, mas nem sempre obtém êxito. (Por Eduardo Nogueira)

 

E aí, curtiu o top? Conhece mais alguma mãe deste tipo? Deixe aqui nos comentários. E Feliz dia das Mães para sua mamãe, e para você, se for mamãe também!

Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

No comments

Add yours