Top Mix: Os gays mais famosos das séries atuais

Imagem: Arquivo pessoal

Imagem: Netflix/Divulgação

 

YAYYY! Com certeza este é um dos posts mais alegres e positivos que você vai ler esta semana. Por que? Porque hoje o Top Mix vai falar daquelas pessoas divertidas, carismáticas e felizes. Finalmente, a televisão tem inserido mais a temática da homossexualidade em seus roteiros, de forma ampla e clara, algo tão comum na sociedade, mas que por muito tempo – e infelizmente acontece ainda – sofreu preconceitos e repúdio. Os personagens gays das séries atuais são pessoas ótimas e amadas, que se aceitam como são. Nada mais libertador do que você ser feliz e não ligar para os outros pensam, não é mesmo?! Estas pessoas tão queridas são tantas que foi difícil selecionar, mas escolhemos os mais famosos para ordená-los aqui. Vem comigo?

(Por Paula Reis)

Continua após a publicidade

 

Imagem: Netflix

Imagem: Netflix/Divulgação

10) Titus Burgess (Unbreakable Kimmy Schmidt)

O gay negro mais alegre da TV merece um lugarzinho especial neste Top Mix. Titus é o melhor amigo de Kimmy, e ele adora cantar, atuar e se aventurar com ela. Como não amá-lo? De ator cantor à diva do seriado, Titus consegue contagiar qualquer um com seus musicais e atuação. Além disso, ele tem uma mente brilhante e um carisma nato e sabe muito bem usar e abusar de seus dons. O fato dele ser negro e gay também repercute nos dois maiores índices de preconceito. E olha que ele sabe muito bem utilizar esses dois fatores em seu favor. Sempre muito divertido, Titus ganhou destaque na série e nos nossos corações. (Por Gabriella Siggia)
Imagem: Arquivo pessoal

Imagem: Netflix/Divulgação

9) Sol Bergstein / Robert Hanson (Grace And Frankie)

A história entre Sol e Robert nasceu na parceria nos negócios, quando se tornaram sócios. A dupla acabou se descobrindo, se apaixonando e mantendo um caso escondido de suas esposas durante 40 anos. Assumir a homossexualidade foi um choque para muita gente, principalmente para Grace e Frankie, mas para eles foi algo libertador. Sol e Robert puderam enfim mostrar o amor e companheirismo que um tem pelo outro, e o legal é que a série não aborda o relacionamento deles como um mar de rosas. Mesmo com a tempestade de todos ao redor comentando o acontecimento, após se casaram, eles percebem que o compromisso é complexo independente de gênero e orientação sexual. É difícil não shippar esses dois. (Por Eduardo Nogueira)

 

Imagem: After Ellen

Imagem: After Ellen

8) Cosima Niehaus / Felix Dawkins (Orphan Black)

Cosima, de Orphan Black, não podia deixar de estar nesta lista, principalmente pelo destaque que tem na série. Ela é um dos clones e é a mais nerd. Com a ajuda dela, por ser PhD, Sarah e os demais clones puderam descobrir mais sobre os seus mistérios e origem. O que complica as coisas é que ela tem uma doença respiratória que a faz tossir sangue. Pelo relacionamento que teve com Delphine e o modo como trata todos do Clone Club, dá para perceber como Cosima é querida, confiável e super inteligente. Outro personagem gay da série que merece atenção é Felix, ou Fee para os íntimos. Ele é irmão adotivo de Sarah e também ajuda a moça a resolver os seus problemas. Fee é irmão parceiro mesmo, ótimo tio para Kira e que salva Sarah quando precisa, mesmo se for necessário assistir o funeral fake da irmã. Super sarcástico e divertido, lógico que é também querido pelos fãs.  (Por Paula Reis)

 

Imagem: NY Post

Imagem: ABC/Divulgação

7) Cyrus Beene (Scandal)

Cyrus começou em Scandal como braço direito do presidente Fitz e Chefe de Gabinete da Casa Branca, mas ele não ficou parado apenas nisso. Um dos personagens mais bem construídos dessa maravilha criada por titia Shonda, o rapaz não é flor que se cheire. Ambicioso e dissimulado, Cyrus é capaz de tudo por poder, e não mede esforços em derrubar quem atrapalhe seus caminhos, sempre defendendo seus ideais. Um leão na política, ele não é muito diferente no âmbito pessoal. Mesmo mostrando ser uma pessoa bem vulnerável no campo amoroso, o personagem sempre lutou o máximo que pôde para defender seu casamento com James Novak. O jornalista era seu ponto de equilíbrio, o qual nos fez mostrar sempre seu lado humano. Por James, Cyrus abriu mão de sua antipatia por crianças, para adotar uma criança junto com o falecido marido. Cyrus Beene é aquele personagem que você consegue oscilar do amor ao ódio, em questão de meio segundo. (Por Eduardo Nogueira)

 

Imagem: Arquivo pessoal

Imagem: ABC/Divulgação

6) Arizona Robbins (Grey’s Anatomy)

Arizona Robbins, nossa pediatra mais amada, já passou por muitas coisas e hoje é um dos personagens mais carismáticos de Grey’s Anatomy. Acompanhamos toda sua evolução, seja na vida pessoal quanto na profissional. E todo seu sofrimento após perder a perna num acidente de avião. O recomeço foi difícil e rendeu ótimas cenas com Callie. Falando nela, não foi fácil assistir o fim de Calzona. E a disputa pela guarda de Sophia. Mas no fim, Arizona mostrou ser a mais sensata e acabou conquistando a guarda da menina. Entretanto, por amor a Callie resolveu abrir mão. Só esperamos que nessa 13ª temporada ela finalmente encontre alguém e seja feliz! (Por Diogo Azis)

 

Imagem: Zimbio

Imagem: FOX/Divulgação

5) Kurt Hummel / Blaine Anderson (Glee)

No Top Mix mais colorido do ano, jamais poderíamos deixar de falar sobre o casal mais amado do vale: Kurt e Blaine, ou Klaine para os íntimos. Glee foi uma série que quebrou paradigmas e as barreiras do preconceito e trouxe este casal que foi nos conquistando aos poucos, até roubarem o nosso coração de vez. No meio de tantas músicas lindas e duetos inesquecíveis, Kurt e Blaine construíram um relacionamento delicado, cheio de carinho e afeto e que foi passando por cima de pensamentos retrógrados e preconceituosos. Os personagens eram divertidos, bonitos, fofos, amados pelo público e era impossível não torcer para que eles tivessem um final feliz. E não poderia ter sido diferente, o pedido de casamento foi emocionante e ficou marcado em todos os fãs, além do que Klaine se tornou um dos shipps mais amados de Glee. (Por Jeh Mari)

 

Imagem: Mix de Séries

Imagem: ABC/Divulgação

4) Cameron Tucker / Mitchell Pritchett (Modern Family)

O casal mais querido e divertido da TV, na minha opinião, não podia deixar de estar por aqui também. Cam e Mitchell é o que sustenta a série Modern Family. O primeiro é professor de futebol americano, mas já foi de música. Já o segundo é advogado. Um mais animado e extrovertido, outro mais sério e responsável. Os dois se completam e fazem a alegria de quem assiste e também da filhinha adotiva Lily, que na verdade é mais adulta que os dois. Juntos eles cativaram o público e dão o ar da graça recorrentemente na série. Estes dois queridos convivem com a família Pritchett até que bem, mas lógico com alguns desentendimentos comuns de toda família. Adoro tanto o casal que queria que eles fossem meus pais. (Por Paula Reis)

 

Imagem: Netflix

Imagem: Netflix/Divulgação

3) Lito Rodriguez / Hernando / Nomi Marks (Sense8)

Uma das séries queridinhas da Netflix, Sense8 aborda a temática LGBT com muita naturalidade e sem tabus. Um dos exemplos claros é a história de Nomi, uma personagem transgênero, que tem uma bela história de amor com a lindíssima Amanita. Apesar disso, um outro casal acabou chamando mais atenção. Lito e Hernando foram um dos pontos altos da primeira temporada da série, com o tórrido e complicado relacionamento deles. O primeiro é um famoso ator, que preza por sua imagem, e não assume sua homossexualidade com medo disso afetar sua carreira. Ele então tenta manter um relacionamento de aparência com Daniela, porém, isso acaba não dando muito certo, principalmente após ela descobrir a verdade. Ao conhecer Hernando, a personagem fica encantada com a história do casal, e incentiva o amigo a se assumir publicamente. Cabeça dura do jeito que é, o ator acaba sendo resistente em sua decisão, o que o faz quase perder o homem que ama. É quando Dani está em apuros nas mãos de seu ex namorado, que o casal então acaba se reaproximando e Lito finalmente assume sua homossexualidade. A dupla tem uma química impagável, e quando Daniela está em cena então nem se fala. (Por Eduardo Nogueira)

 

Imagem: Mix de Séries

Imagem: Netflix/Divulgação. Montagem: Mix de Séries

2) Nicky Nichols / Suzanne Warren / Alex Vause / Poussey Washington (Orange Is The New Black)

Gostaria de falar de todas as meninas de OITNB aqui, mas não há espaço. Então escolhi as quatro que eu mais gosto. A primeira é Nicky, que vira e mexe some na série e nos deixa com saudade. Ela é viciada em heroína, mas já conseguiu ficar 3 anos durante a prisão sem a droga. Acredito que ela seja a mais sarcástica do grupo, mas também é bastante amiga. Além disso, ela possui uma sagacidade imensa e um apetite sexual enorme. Outra que já se relacionou com ela e é bem querida do público é Alex. Interpretada por Laura Prepon, a presa se destaca pela sua inteligência e por saber ler as pessoas. Falando em ler, ela sempre está com um livro na mão. Tem um relacionamento conturbado com Piper e seu passado a persegue até dentro da prisão. Suzanne, mais conhecida como Crazy Eyes, também tem um papel grande na série. Ela evoluiu muito ao longo das temporadas e conquistou a todos com o seu coração enorme. Uma fofa, mas também bem doidinha; possui uma doença mental que a faz ficar confusa e até ter pensamentos sexuais exóticos para escrever um livro. Por último, Poussey, que também cresceu ao longo da série, com destaque para a quarta temporada, que contou mais da sua história e aprofundou seu relacionamento com Soso. Poussey sempre foi muito amável e querida; procurava ajudar a todos e nunca gostou de violência. BIG SPOILER. Uma pena que nos deixou tão cedo. Todas estas citadas e as demais personagens gays da série trazem o encanto, a diversão e o carisma para o show, fazendo com que nos apaixonamos cada vez mais por suas histórias. (Por Paula Reis)

 

Imagem: Arquivo pessoal

Imagem: Youtube/Reprodução

1) Connor Walsh / Oliver Hampton (How To Get Away With Murder)

Connor Walsh sem sombra de dúvidas é um dos gays mais carismático e sexy na TV, atualmente. Lógico que ele evoluiu muito da primeira temporada de HTGAWM para cá. De um menino que usava da sedução para conseguir o que queria e assim agradar sua chefa a um cara romântico e apaixonado. Mas não podemos esquecer suas cenas picantes que fizeram a imaginação de muitas pessoas voarem. Hoje ele está bem mais tranquilo, e tentando reconquistar o coração de Oliver que começou devagar, mas aos poucos foi conquistando seu espaço e agora faz parte da trupe de Annalise, precisando lidar com os problemas dela e seus, afinal, a vida do menino virou de cabeça para baixo depois que ele descobriu que possui o vírus HIV. O jeito nerdzinho de Oliver encanta a todos e com isso torcemos para que CONNOLIVER sejam felizes para sempre. (Por Diogo Azis)

 

Imagem: FOX/Divulgação

Menção Honrosa: Jamal Lyon (Empire)

Jamal entra como uma merecida Menção Honrosa, pois luta com a objeção de seu pai a sua homossexualidade em Empire. Com o seu irmão mais velho Andre também não mantém uma relação saudável, pois há uma frieza entre os dois. Porém, Jamal considera seu irmão mais novo Hakeem o seu melhor amigo, mas que enfrenta uma “disputa” para descobrir quem é o melhor cantor, o filho mais bem dotado musicalmente falando. Ele é bem talentoso, orgulho da mãe Cookie, e canta R&B. No início, estava hesitando a entrar para música, mas depois que sua mãe começou a gerir sua carreira, ele entrou de vez para o cenário musical. Apesar da reprovação do pai magnata Lucious e sua negligência, Jamal se torna um bom pai para Lola, se aproximando bastante. No entanto, mantém vários relacionamentos amorosos conturbados, tem problema ao tornar público sua homossexualidade e conflitos na sua família. Esperamos que Jamal supere tudo isso e seja feliz. (Por Paula Reis)

 

Imagem: Mix de Séries

Imagem: Youtube/Divulgação

Menção Honrosa 2: Sara Lance (Arrow / DC’s Legends Of Tomorrow)

Primeira Canário Negro de Arrow, Sara Lance é bissexual assumida. Tendo caso com Oliver no passado, quando ele namorava sua irmã Laurel, após o acidente na ilha que a fez ser dada como morta durante cinco anos, ela acabou encontrando em Nyssa Al Ghul o equilíbrio em seu coração. As duas mantiveram um relacionamento discreto, porém, bastante genuíno durante muito tempo, tanto que quando a personagem morreu, a filha de Ra’s Al Ghul ficou com sangue nos olhos, querendo vingança a todo custo. Ao ser ressuscitada, estrelar LoT e se tornar então a Canário Branco, Sara acabou tendo um rápido envolvimento com Leonard Snart, sem contar atualmente as faíscas que rolam entre ela e Ray Palmer. Durante a primeira temporada e alguns episódios da segunda, a personagem já foi vista, se relacionando com outras mulheres, o qual algumas vezes chegou a causar escândalos para a sociedade na época em questão. Livre e desimpedida, para Sara Lance não tem desculpas ou mimimi se tem preferência por homem ou mulher. (Por Eduardo Nogueira)

 

E aí, faltou alguém na lista? Deixe nos comentários sua opinião. Até semana que vem!

Tags Top Mix
Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

4 comments

Add yours
  1. Avatar
    Ricardo Bastos 10 novembro, 2016 at 21:43 Responder

    A lista ta linda e a escolha dos personagens foi ótima, entretanto o título me incomodou afinal temos na lista personagens Trans, Bi, Lésbicas.. Acho que o título poderia ser melhorado para “Os Personagens LGBTS mais famosos das séries atuais”. Só uma dica para caso tenho a parte II

    • Avatar
      Paula Reis 11 novembro, 2016 at 12:24 Responder

      No caso a palavra gay foi usada no sentido amplo para aqueles personagens, homens ou mulheres, que se relacionam ou sentem interesse por pessoas de mesmo sexo. Logo, serve para bi, lésbicas e gays. A trans que citamos que é a Nomi de Sense8. Ela é trans, mas ela é gay tbm pq se relaciona com uma mulher. Logo, acho que a palavra gay no título coube bem para todos. De qualquer forma obrigada pela dica.

Post a new comment