Top Mix: Séries que não mereciam o cancelamento da Sexta-Feira Negra

The Crazy Ones Top Mix

Continua após as recomendações

 

O Top Mix dessa semana apresenta cinco séries que não mereciam o cancelamento e nos deixarão com muitas saudades.

Continua após a publicidade

O dia 09 de maio de 2014 foi um dia extremamente tenso. Muita gente gritou, xingou e chorou. As emissoras anunciaram as séries que iriam continuar na grade e também aquelas que tivemos que dar adeus. Pensando nisso, elaboramos uma lista com cinco séries que não mereciam o cancelamento da já famosa Sexta-Feira Negra de 2014. Ficamos na torcida para que algum outro canal salve-as (Netflix por favor!!!), pois cada uma delas merece e muito.  Confira abaixo quais são as cinco séries que merecem essa chance.

 

Trophy Wife

05) Trophy Wife

Trophy Wife foi uma série que chegou como quem não queria nada, e ainda assim conquistou muitos fãs. Era uma comédia focada em uma família diferente, mas uma situação bem atual. Peter teve Diane como sua primeira esposa, com quem teve os gêmeos Warren e Hilary. Após o primeiro divórcio, ele se casa com Jackie, com quem adota Bert, e após mais um divórcio, ele conquista a esposa troféu do título: Kate, que é um par de anos mais nova. Uma família como essa é um cenário típico de novela Global, com todos os atritos que pode trazer, mas a forma como lidaram com essa situação era totalmente nova e inteiramente cômica. Os personagens eram os destaques, com características únicas e independentes. Como não se divertir com as loucuras da hippie Jackie ou com a frieza da metódica Diane? Como não amar o pequeno asiático Bert, com certeza o melhor personagem da série? Todos tinham uma função e funcionavam nas mais diferentes combinações ou juntos, como uma família, o que mostrava o entrosamento do elenco. Trophy Wife era uma série típica do ABC, uma comédia familiar, e foi uma das poucas diversões nessa fraca Fall Season. Era um campo rico para as mais diversas formas de exploração, era com certeza uma comédia que há muito não se via.

 

 

The Crazy Ones

04) The Crazy Ones

Apontada como uma das grandes apostas dessa fall, The Crazy Ones marcou a volta de Robin Williams, após anos dedicando exclusivamente à sua carreira no cinema. Além disso, contou também com a presença de Sarah Michelle Gellar, sendo a nova tentativa dela de decolar na TV, após o fracasso de Ringer. Apesar de um elenco em plena sintonia e de participações especiais de peso, a comédia pecou por não ter centrado numa trama que se desenvolvesse no passar dos episódios, nem se em alguns deles fosse apenas de fundo. Resultado? Logo a série acabou perdendo audiência e o que era para ser o grande triunfo de Sarah, acabou resultando em mais um flop da atriz na TV. Bem que a CBS podia ter revisto seus conceitos e ter dado uma nova chance à série, não?

 

The Neighbors

03) The Neighbors

Quando a série surgiu em 2012, imediatamente muita gente começou a falar mal da série, mas muita gente acabou queimando a língua na época. Foram duas temporadas até chegar ao seu terrível cancelamento, onde os Zabvronianos deixam o planeta Terra. Essa é uma comédia na qual definitivamente foge um pouco dos padrões, mas consegue nos divertir bastante. Na série uma família muda-se para um bairro habitado por alienígenas, os divertidos e inofensivos Zabvronianos.  A série tem suas bizarrices, mas é indiscutível alegar que os personagens são extremamente carismáticos, principalmente estes alienígenas. A série também sabia como inserir a cultura pop dentro do show, criando referências espetaculares. É uma comédia que irá fazer muito falta, na qual iremos sentir saudades.

 

The Tomorrow People

02) The Tomorrow People

A CW realmente é um canal impossível de entender e depois desse cancelamento ficou ainda mais complicado. O canal renovou Beauty and the Beast e cancelou The Tomorrow People, que era uma série muito promissora. A série fugia dos padrões das séries do canal, apresentando um roteiro um pouco mais complexo. Além disso o roteiro era muito bem escrito e contava com personagens interessantes. Se o canal tivesse dado uma chance, garanto que The Tomorrow People seria um grande sucesso, pois tinha todos os ingredientes para isso acontecer. Algumas coisas na vida dificilmente conseguimos entender e essa é uma dessas coisas, na qual nunca entenderemos essa decisão da CW.

 

Community

01) Community

Sim, estamos de luto pelo fim de Community, mas vamos confessar que já esperávamos há muito tempo por isso. Como fãs de séries cults que não sabemos porque flopam na audiência (Arrested Development e Studio 60), a “morte” de Community só nos deixa claro o quanto a NBC é péssima e sem critérios.

Considerada uma das comédias mais geniais da atualidade, Community não tinha medo de ousar. Tivemos episódios em stop-motion, batalhas de RPG’s, guerras de PaintBall e até episódios com dimensões paralelas. Tudo isso sem cair na breguice ou bizarrice. Com personagens nada unilaterais, a série tinha em Abed um universo inteiro de referências incríveis, e quem de nós não se identificava com ele?

Ainda dói pensar que perdemos para a bolha implacável personagens tão incríveis. E dói também que em tempos de comoção em redes sociais, a campanha #SixSeasonsAndAMovie não tenha dado em nada. Mas pelo menos tivemos cinco (ou quatro, vai lá) temporadas que são verdadeiros itens de colecionador. Mas este cancelamento? Not Cool, cool, cool, cool.

E você concorda com essa lista ou acrescentaria mais séries? Diz aí pra gente.

Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

2 comments

Add yours
  1. Avatar
    Diógenes Ternero 14 maio, 2014 at 22:42 Responder

    Community sem dúvidas é uma série que irá fazer muita falta. Uma comédia brilhante.

    The Tomorrow People estava bem legal e quando eu gosto de uma série da CW, os caras resolvem cancelar. Ai fica difícil ein.

  2. Avatar
    Rubens Rodrigues 14 maio, 2014 at 23:14 Responder

    Da lista eu só assistia Community, uma das minhas favoritas (e que fará uma falta danada), e Crazy Ones.

    A primeira foi uma série única. Merecia mais uma temporada, mesmo curtinha, pra passar a marca dos 100 episódios e fazer história sobrevivendo aos trancos e barrancos.

    The Crazy Ones foi a única comédia que peguei na fall 2013-14 e confesso que só comecei a ver pela Sarah, mas a série rapidamente se encontrou e ficou muito boa. Eu não senti falta de uma trama central como vocês apontaram no texto, mas entendo que pra agradar uma audiência mais geral isso é bem básico.

    Ps: Eu queria ver Trophy Wife só pela Malin Akerman, que eu amo por motivos de The Comeback e Childrens Hospital, mas ainda bem que não comecei. Uma perda a menos!

Post a new comment