Top Mix: Séries que todos odeiam, menos eu

Oi oi gente! Tudo bom com vocês? Como passaram da semana passada? Vocês devem estar se perguntando, o tema do Top Mix anterior deu polêmica (confira aqui)? Até demais! Quem acompanha o Top sabe que é uma coluna extremamente subjetiva. Aqui sempre, mas SEMPRE colocaremos a opinião da equipe do Mix, diferentemente de outras matérias do site que tratam apenas de fatos. E teve gente que não compreendeu isso muito bem. Mas obrigada a todos pelo feedback! Estamos aqui para sermos julgados mesmo. E como não julgar aquele que não gosta da série que todos nós amamos, não é verdade?! Mantendo a mesma linha, hoje, o Top Mix vai ser especial para aqueles especiais, aquelas pessoas que tem um gosto peculiar, que ninguém entende. Pois bem. Iremos falar das séries que todos odeiam. Séries que, ao contrário daquelas citadas semana passada, tem um número considerável de haters! Logo, já antecipo! Não precisam ficar exaltados, é apenas a opinião dos nossos colaboradores. Motivos para odiá-las? Roteiro, qualidade, personagens, história, produção, gênero, etc…. Aposto que os seriadores que amam estas séries mal apreciadas possuem muito mais motivos para gostar tanto delas.

Continua após publicidade

 

Continua após a publicidade

Simpsons_Bart_Haters_Gray_Shirt_POP

Continua após publicidade

 

Como pode , existir séries tão odiadas, mas que mesmo assim não são canceladas (ou são) e estão aí amolando todo mundo. Coitado dos amantes destas séries, devem ouvir muito por aí. Mas o Mix deu a chance para eles darem o troco e falarem aqui, para todos lerem, por que gostam tanto destas séries, considerada por muitos, péssimas.

Continua após publicidade

Seguram-se todos, pois esta lista vai “doer”! Que venham as séries que todos odeiam, menos eu!

(Por Paula Reis)

 

cougar-town

 10) Cougar Town

A comédia foi a segunda tentativa de Courteney Cox emplacar um novo trabalho na TV, após o fim de Friends, e deu certo apesar de alguns deslizes e ter sido cancelada em sua terceira temporada, e na seqüência ressuscitada por outro canal. Cougar Town proporcionou índices mega satisfatórios para o canal ABC, mas a última metade de sua primeira temporada começou a sofrer queda de audiência. O motivo? Os telespectadores começaram a perder interesse pela série, pois alegavam que o rumo que ela estava tomando não tinha cabimento algum com o nome que tinha. Durante sua segunda temporada, chegaram a especular que ela mudaria de nome, mas isso nunca aconteceu. Cougar Town logo se tornou odiada por muita gente, inclusive por alguns saudosos fãs da antiga série de Courteney, porém querendo ou não, ela encontrou seu tom ideal. Uma comédia leve e despretensiosa de tudo, a atração é considerada por muitos uma versão sem graça e alcoólatra de Friends, porém discordo disso, pois eu gosto e muito dela. Aliás, já estou sofrendo, desde agora que a sexta temporada, que estreará no ano que vem, será a última. Definitivamente, não estou pronto para dar adeus a Jules Cobb e sua trupe. (Por Eduardo Nogueira)

 

helix

 9) Helix

Helix é uma série do canal SyFy e foi uma das grandes promessas do canal para a midseason. A série, de início, teve uma boa repercussão, mas  sofreu duras críticas ao longo dos episódios. O piloto foi duplo e quando vi, o episódio passou muito rápido. Logo, não foi difícil não amar a série. Além disso, Helix é cercada por grandes mistérios, que não são respondidas de bandeja, mas sim aos poucos. A série tem todos os recursos para eu gostar dela: mistérios, sci-fi, drama e perguntas sem respostas. Vi gente dizendo que não estava gostando da série por causa do enclausuramento deles no Alasca, sem uma explicação clara. Ora, isso está sendo disseminado aos poucos e essa é própria proposta da série. Portanto, recomendo Helix, apesar de todas as críticas existentes. (Por Daniele Duarte)

 

terranova

 8) Terra Nova

Ficção científica é um gênero gostoso de assistir, mas que se não for bem trabalhado pode causar um efeito contrário ao esperado. Claro que o principal motivo de Terra Nova ter sido cancelada precocemente foi o lado financeiro: muito era gastado para produzir um único episódio, tendo um retorno inferior ao esperado. Mas, ainda assim, a produção de Steven Spielberg não conseguiu agradar a todos. Dinossauros? Viajantes no tempo? Rivalidade entre as comunidades? O que de fato causou todo essa negatividade sobre uma, na minha opinião, das melhores séries do gênero? Erros acontecem em qualquer série, clichês estão presentes em qualquer série. Não existem motivos para a série não ter sido um sucesso. Não falemos dos efeitos especiais, porque são coisas que fogem do controle narrativo e entra no quesito técnico. O desenvolvimento dos personagens foi feito de maneira sucinta, porém coerente. Tudo era uma maravilha. Motivos para ser odiada? Estou procurando até agora. (Por Alex Fonseca)

 

90210

 7) 90210

Em 2008, a CW teve a ideia de produzir um spin off da badalada série Beverly Hills 90210, ou para os mais íntimos, Barrados no Baile, que foi febre mundial durante toda a década de 90. 90210 estreou registrando índices muito satisfatórios para o canal, com uma história inicialmente semelhante em alguns pontos com a original. A história me cativou, mas não por conta dos insuportáveis protagonistas Annie e Dixon – os novos Brenda e Brandon do rolê – e sim pelos outros personagens como Naomi, Silver e Adrianna. Sem contar que a primeira temporada deu um ar de nostalgia, trazendo o trio feminino principal da saudosa série dos anos 90 em participações pra lá de especiais. 90210 durou metade do tempo que sua progenitora, e apesar do declínio da qualidade da série e as atuações pífias e sofríveis de quase todo o elenco, sim eu gostava e muito. Aliás, a segunda e terceira temporada foram as minhas favoritas, o qual para muitos foram as piores. Saudades Naomi. (Por Eduardo Nogueira)

 

Once_Upon_A_Time_in_Wonderland

 6) Once Upon a Time in Wonderland

Once Upon a Time in Wonderland foi lançada na fall season passada (2012/2013). Quando ela foi anunciada como spin off de Once Upon a Time, série de sucesso da ABC, pensava-se que seria um sucesso assim como a “série-mãe”. Acabou como um fiasco e sendo cancelada. Apesar disso, eu gostava da série, podem me julgar hahaha. Concordo que Once in Wonderland começou mal e tinha alguns efeitos especiais sofríveis, piores do que o de Once Upon a Time, além de uma rainha má que não convencia. No entanto, a série teve uma grande melhora após o hiato. Para mim, a melhora dela se deve ao fato da entrada de uma vilã em peso: Jabberwocky, que se juntou com a Red Queen e com Jafar. Na verdade, seria incrível que a Jabberwocky entrasse em Once porque ela era uma ótima vilã. Uma pena que ela tenha entrado tão tarde. Por fim, tínhamos a Alice que era bastante carismática, além do Valente, que foi reaproveitado em OUAT  <3. (Por Daniele Duarte)

 

under-the-dome

 5) Under The Dome 

Under The Dome é a série mais hilária que já assisti. Quando ouvi falar que a CBS estava produzindo uma série baseada em um livro do Stephen King, eu corri para acompanhar e fiquei muito ansiosa, afinal de contas, nada de normal pode sair de algo baseado em Stephen King. E é bem assim mesmo, nada é normal e é por isso, que acompanho até hoje, na sua segunda temporada. Sabe quando a gente dorme e tem os pesadelos mais loucos, ou ficamos imaginando coisas impossíveis acontecendo com a gente? É assim que vejo Under The Dome. Já pensou que loucura uma redoma cair em uma cidade e prender os moradores com pessoas que odeiam, ou separar os que se amam? E o mais legal é o sobrenatural. Pensar que pode existir extraterrestres, ou sei lá, qualquer ser desconhecido e fenômenos loucos acontecendo, que maluco! Quero saber essa história até o final. E não temos nada parecido. Por que não gostar dessa viagem toda? O negócio é sair da zona de conforto e se jogar nas coisas mais imprevisíveis possíveis! (Por Aliandra Souza)

 

smallville

 4) Smallville

Muita gente não gosta de Smallville, principalmente a fã-base do Superman. A justificativa é que a serie teria deturpado demais o universo do homem de aço. Entretanto, nao vejo a serie como esse problema todo que os fãs veem. Smallville inovou ao colocar o homem de aço de calça jeans e jaqueta no horário nobre. Além disso, explorou uma parte da historia de Clark Kent que era sempre ignorada: sua adolescência. Acrescenta-se a isso a questão de que Alfred Gough e Miles Millar respeitaram o universo criado por Richard Donner nos filmes de Christopher Reeve, e muitos elementos foram vistos na série. Tom Welling conseguiu segurar a série, e provou ao longo dos anos que podia sim carregar o manto do homem de aço. Vê-lo se apaixonar por Lana Lang, crescer, conhecer suas origens kryptonianas e conhecer o amor de sua vida Lois Lane, são pontos aclamados na série. A inserção da amizade com Lex Luthor na adolescência foi algo contestado no início, mas acabou que isso foi inserido posteriormente nos quadrinhos, assim como a personagem Chloe Sullivan, criada especialmente para série, que estreou nos quadrinhos a medida que a serie foi ganhando popularidade. Claro que, por conter dez temporadas, teve seus altos e baixos, mas Smallville com certeza é currículo obrigatório para todo o fã de HQs. (Por Anderson Narciso)

tbbt

 3) The Big Bang Theory

Amada por alguns, odiada por outros… é The Big Bang Theory. Até fiquei em dúvida se ela encaixaria aqui neste Top, já que ela fez parte do Top passado, como séries amadas. Mas a verdade é que a série traz bastante audiência nos EUA. E uma série muito assistida, tem a tendência de ser alvo de mais críticas que outras menos assistidas. É o caso de TBBT. Muito aclamada, muitos prêmios… Jim Parsons, que interpreta o Sheldon, já ganhou seis Emmys… E isso acaba gerando uma revolta por conta de alguns seriadores. Série superestimada? Não acho. Acredito que ela possui todos os motivos para ser tão valorizada. É engraçada (apesar de muitos não acharem), é bem nerd, tem boa produção, bom roteiro. O que muitos não entendem é que uma sitcom, não se pode exigir de roteiros profundos, complexos, muitos personagens e muitos cenários de uma sitcom. Eu gosto bastante da série. Adoro assistir para rir um pouco e passar o tempo. Acho a série leve. Mas confesso que já está na hora da série pensar em um final.  (Por Paula Reis)

 

Agents of shield

 2) Marvel’s Agent of S.H.I.E.L.D.

Quando ocorreu a oportunidade de falar sobre séries que todo mundo odeia e eu amo, já pulei na frente e falei que iria defender com unhas e dentes Marvel’s Agents of S.H.I.E.L.D. O problema é que há uma expectativa sobre a série que nunca será superada: a ausência dos Vingadores. A série conta a história por trás da Iniciativa Avengers, conta os bastidores dos agentes dessa instituição. E o mais próximo que estaríamos dos “super heróis” principais seria com algum easter egg ou com a presença do Diretor Fury (interpretado por Samuel L. Jackson). Eu sabia dessa hipótese e coloquei na minha cabeça: não vou me deixar levar pelos comentários. Vou fazer o meu julgamento da série. Por ser produzida por Joss Whedon, o mesmo produtor de Firefly – meu amor eterno -, fui ver com o coração aberto, porque Joss é sinônimo de qualidade, mesmo que tenha uma praga sob suas produções. Desanimei sim, nos primeiros episódios, quem não? Mas após o link com o filme Capitão América: O Soldado Invernal, a série alavancou abruptamente e hoje está, com certeza, entre as melhores séries que eu estou assistindo atualmente (até porque meu BS chora quando olha pra minha geladeira, tanta série boa e tão pouco tempo). A qualidade, no que se trata de produção, roteiro e acabamento é impecável, com os efeitos especiais até bonzinhos (esperava menos por ser ABC). Aparentemente, o público americano não concorda com a minha opinião, e a série continua a ter baixos índices de audiência, muito por conta dessa briguinha estúpida entre Marvel x DC Comics. Os seriadores brasileiros acabam indo na onda dos americanos, renegando a história da série. O que me resta é assistir ela e defender com o que eu posso. :'( (Por Ana Maria de Oliveira)

 

glee

 1) Glee

Divergências de opiniões sempre existiram e sempre existirão. Enquanto para uns uma série é adorada, aclamada e idolatrada, para outros, a mesma pode ser extremamente desagradável de se ver. Glee teve seu momento de “fama”, o ápice em que tudo poderia ser aproveitado ou terminado ali, para que os futuros erros não viessem à tona. Porém, os produtores decidiram continuar e o resultado sabemos: falhas e mais falhas na qualidade narrativa, tentativa desesperada de conseguir audiência, perda na continuidade dos eventos… Tudo isso é motivo suficiente para a série ser posta de lado, mas ainda existe pessoas que perseveram. Sejam pela curiosidade em ver o fim que os personagens terão, seja simplesmente pelos “remakes” que a produção proporciona ao público. Glee teve sua chance, perdeu, e parece que está recuperando. Sim, para alguns ela é uma série odiada. Para outros, amada e idolatrada (Confira ela no Top Mix: Séries que todos amam, menos eu). A minha opinião é: Glee foi uma série com um grande potencial, mas que foi mal aproveitada. (Por Alex Fonseca)

Nossa! Quantos defensores, hein!?
E aí, qual série que todos odeiam, menos você?