Três lendas inesquecíveis dos eSports

Três lendas inesquecíveis dos eSports

Ícones emergentes ao longo da história dos eSports tornaram-se as primeiras lendas emblemáticas desta disciplina virtual. Eles entraram para a história devido a sua natureza altamente competitiva em jogos de vídeo. Isso, claro, antes que os esportes eletrônicos gerassem quantias milionárias para os gamers profissionais. 

Continua após publicidade

Hoje o Mix de Séries lhe conta sobre três grandes jogadores profissionais, pioneiros no mundo dos esportes eletrônicos. Estes, por sua vez, converteram um passatempo virtual em um fenômeno capaz de mobilizar multidões de espectadores. E, além disso, gerar incríveis dividendos a indústria com torneios e patrocínios de marcas como Betway eSports, líder em apostas virtuais. 

Continua após a publicidade

Volcano 

Salvatore Garozzo, mais conhecido como Volcano, deixou um legado valioso no mundo dos videogames competitivos. O americano tímido conseguiu dois títulos mundiais consecutivos em Counter-Strike nos torneios 2004 bem como 2005. 

Continua após publicidade

Numa época de talentos mediáticos e streamers bem sucedidos, Volcano conseguiu sobressair como um dos grandes mestres do famoso videogame. E, igualmente, hoje continua a conquistar os aficionados de várias gerações. 

Vale ressaltar que ele desenvolveu a sua carreira profissional como jogador entre 2001 e 2015 nos jogos de vídeo Counter Strike Source bem como Counter Strike Global Offensive. Mas depois de sua retirada como um jogador, ingressou como um designer da saga. 

Continua após publicidade

Atualmente, continua a aparecer no ecossistema dos eSports. Isso porque ele faz parte da equipe de designers de Valorant, o novo videogame de Riot Games, estilo shooter em primeira pessoa. 

Mistik 

Katherin Gum, chamada Mistik no mundo dos videogames, passou de uma amadora a campeã de esportes eletrônicos. Dessa forma, desde o início, ela fez a diferença mostrando em espaços televisivos que possuía talento de sobra para as competições de videogames. A partir de 2007, portanto, a americana acabou posicionando-se nos primeiros lugares dos torneios eSports televisionados. Aliás, um deles foi o WCG Ultimate Gamer. 

Continua após a publicidade
O MIX DE SÉRIES atingiu 10 milhões de visitas mensais e vamos ensinar tudo que aprendemos nessa caminhada! Aumente o tráfego do seu site com técnicas avançadas de SEO.
Faça seu pré-cadastro aqui!

Sua popularidade, dessa forma, cresceu notavelmente. Tudo isso, até se tornar a jogadora com melhor salário do momento. Além disso, manteve-se no topo dos Gamers profissionais graças à transmissão em diferentes canais de televisão. E, igualmente, os prêmios obtidos nos certames mundiais. 

No presente Mystic se localiza no terceiro lugar do ranking de Gamers mais bem pagos. Vale ressaltar que a primeira posição é ocupada por Sasha Hostyn, conhecida como Scarlett. Essa, a maior expoente do videogame Starcraft 2.

Dessa forma, não se limitou ao campo de jogos, e expandiu-se ao mundo do cosplay. Então, tornou-se embaixadora de diferentes marcas de fama mundial. 

Daigo Umehara 

O jogador japonês Daigo Umehara domina o cenário virtual dos jogos de luta. E sua gloriosa trajetória dentro da comunidade não tem precedente. Em sua coleção de vitórias destacam-se 6 campeonatos do EVO, máxima competição de jogos de luta. E, além disso, outros palmarés como a Capcom Cup bem como a Norcal 2015. 

The Beast transcende desde 2009 e, apesar de já ter 39 anos, mantém os seus dotes de campeão histórico do desporto electrónico. Como outras figuras lendárias dos eSports japoneses empresta sua imagem para campanhas publicitárias de marcas famosas, inclusive possui sua própria marca esportiva. 

 Claro que há muitos gamers precursores dos eSports em jogos de vídeo como League of Legends que também merecem ser lembrados por seu alto desempenho em toda a história como: Enrique ‘xPeke’ Cedeño, Carlos ‘Ocelote’ Rodríguez, Lee ‘Faker’ Sang-Hyeok, entre outros. 

O crescimento dos esportes eletrônicos e a profissionalização dos jogadores pioneiros nas últimas três décadas impulsionaram o patrocínio de marcas como a Betway, para apostar nos melhores da atualidade e nas estrelas que figurarão no futuro.