Trilha Sonora: saiba tudo sobre a nova série musical da Netflix

Soundtrack Trilha Sonora série Netflix

Trilha Sonora (Soundtrack) já está disponível na Netflix

Fãs de musicais fiquem animados pois a “Trilha Sonora” ideal chegou!

A Netflix lançou, nesta quarta (18), a série Trilha Sonora (Soundtrack) no seu catálogo. A atração é uma reformulação de uma série cancelada pela FOX, antes de ir ao ar, e promete fisgar o coração dos apaixonados por músicas.

Confira agora, no Mix de Séries, tudo sobre a série.

A trama de Trilha Sonora

Soundtrack explora “as histórias de amor que conectam um grupo de pessoas de Los Angeles através da música que vive dentro de seus corações e mentes”. Quem assina a criação da série é Josh Safran, que foi produtor executivo de Smash e Gossip Girl. Basicamente, uma trama romântica contemporânea que usa músicas que vão de Demi Lovato a Joni Mitchell para embalarem os rumos dos personagens.

Continua após a publicidade

A intenção da série é passar a mensagem de que “toda música é uma canção de amor” e sobre a importância de encontrar músicas que falem com a sua experiência de vida. A série usa e abusa de músicas que fazem o expectador perceber “Ei, a letra está falando sobre o que está acontecendo”, e isso é um artifício bastante interessante. A Vulture, em matéria, destacou que o recurso funciona, principalmente, nas músicas antigas utilizadas em Trilha Sonora, como a clássica “Both Sides, Now” de Joni Mitchell, lançada em 1969.

O elenco

A nova produção é estrelada por Callie Hernandez (Graves) e Paul James (The Path). Além disso, a atriz Madeleine Stowe, a Victoria de Revenge, também estará na série – o que já nos deixa mais animados ainda!

A produção

O projeto, inicialmente intitulado de “Mixtape“, foi desenvolvido para o canal Fox. Porém, o piloto foi descartado pela emissora norte-americana no ano passado. Em julho, a Netflix decidiu resgatar a série e fazer algumas alterações artísticas. Uma delas, foi renomear a atração para Soundtrack, além de alterar alguns rumos da trama.

Se você já assistiu a um show de Joshua Safran, sabe que ele tem uma maneira de atrair você, mergulhando você no mundo vívido que ele constrói. Em suas séries anteriores, como Gossip Girl, Smash e Quantico, o roteirista se inspirou em sua própria vida para construir esses mundos detalhados para que o público sentisse que realmente os vivenciava. “Tudo vem de um lugar pessoal”, disse Safran em entrevista ao Playbill.

Esse tipo de inspiração é totalmente aplicado em Trilha Sonora. Cada personagem faz uma sincronização labial com sua própria trilha sonora de músicas, totalmente coreografada e encenada como números musicais intercalados. “Eu queria ver como os musicais foram feitos no passado, como uma maneira de ver novas maneiras de fazer musicais no presente. Eu sou um grande fã de Dennis Potter e estava realmente olhando para a famosa série de sincronização labial de Potter, Pennies from Heaven”.

Esses especiais de TV dos anos 70 se vinculam diretamente a séries mais recentes, como Fame, Glee e, claro, Smash. De fato, Safran cita seu trabalho na segunda temporada de Smash como uma experiência de aprendizado que deu base para seu trabalho em Trilha Sonora. Ele também se inspirou nas raízes do teatro quando se tratava de formar a sala dos roteiristas da trilha sonora, abordando cada episódio como seu próprio musical da Broadway.

As músicas de Trilha Sonora

Eu realmente estruturei os arcos do episódio com base na música, como um verdadeiro musical, em vez de escrever a história e depois dizer: ‘Uma música deve caber aqui e o que deveria ser?‘”, revelou. “Tivemos um processo realmente único porque eu queria que fosse escrito como um musical real, no qual, se você pudesse eliminar uma música, não deveria ter uma música.”.

Com a música servindo de bússola para cada episódio, Safran criou listas de reprodução para cada personagem, estabelecendo sua estética e história de fundo. Quando a sala de roteiristas de Trilha Sonora estava pronta para se reunir, as listas de reprodução de Safran para cada episódio continham mais de 100 músicas cada; ele teve que reduzir para 12 músicas por episódio para apresentar aos escritores.

Para os fãs de Smash, a trilha sonora pode parecer semelhante ao drama musical da NBC de 2012, mas, ao contrário de Smash, os atores da Trilha Sonora sincronizam os lábios com o artista original, em vez de seus próprios vocais. “Os personagens estão usando músicas que eles conhecem para se expressar, como se todos cantássemos juntos e pensássemos nas músicas”, diz Safran. “Quando você faz isso, ouve o artista, não a sua própria voz.

Trailer

Enfim, confira o trailer de Trilha Sonora abaixo!Além disso, completo. Todavia, palavras. No entanto, necessárias.

Todavia,

 

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Criador, editor e redator do site Mix de Séries, é apaixonado por séries desde sempre. Fã incondicional de One Tree Hill, ER, Friends, e não perde um episódio da Franquia Chicago.

No comments

Add yours