True Blood – 7×02 – I Found You

true-blood-season-7-episode-2-i-found-you-hbo

Continua após a publicidade

True Blood realmente parece querer voltar às origens, ou ao menos à velha forma. Neste segundo episódio a série segue em seu caminho mais sóbrio. Mais humanos e as relações entre eles e menos vampiros e seres extraordinários. A ameaça dos vampiros contaminados aumenta e o perigo se torna mais aparente. É True Blood fazendo o que deveria ter feito há muito tempo.

Não podemos considerar este segundo capítulo (intitulado I Found You, título que se torna mais explícito com a cena final) com definidor dentro da temporada: pouca coisa acontece, mas o que acontece é interessante. Para começar o que mais me agrada: lembranças das temporadas passadas e do que aqueles personagens já foram um dia. Em um breve flashback perto do fim do episódio vemos Sookie e Bill em seus momentos inicias, quando a paixão recém despertava entre eles. É uma cena que dói por lembrar o quão boa era a série e que agrada por revelar que os dois ainda podem ficar juntos na trama. A sequência não garante nada, mas serve para alinhar dois personagens que um dia foram o centro e a razão principal da série. Outra coisa interessante do último episódio é a visita à dizimada cidade vizinha. É verdade que tal visita mais gastou tempo do que fez a história avançar, mas foi interessante sair um pouco de Bon Temps e ver que não é só a pequena cidade principal que é alvo do sobrenatural. O perigo é real e está chegando mais rápido do que o esperado.

Mas como já é costume da série, dar um agrado significa que algo decepcionará em seguida. E infelizmente isso acontece. A rebelião do grupo liderado pelo rival de Sam é totalmente desnecessário. Um conflito do tipo, onde um personagem secundário (menos que isso: quase um figurante) decide se voltar contra os mocinhos da história e junta um pequeno exército é um artifício frágil e corriqueiro. Várias outras coisas merecem atenção nesta reta final e perdermos tempo com briguinhas entre os protagonistas e personagens totalmente desinteressantes não é o ideal.

Nos minutos finais vemos duas cenas que encaminham um interessante terceiro episódio: na primeira, vemos Sookie recorrendo a Bill; na segunda vemos Pam final encontrando quem tanto procurava: Eric. E as coisas não parecem muito boas para o sujeito. True Blood deve seguir no caminho regular no qual se encontra; a série deve, porém, focar nos personagens principais e se restringir a que realmente importa. Nada de se expandir na última hora, de dar atenção a núcleos e personagens que não funcionam (já tá na hora daquele pessoal sair do calabouço dos vampiros contaminados e parar de tomar tempo da trama).

Tags True Blood
Matheus Pereira

Matheus Pereira

Gaúcho, estudante de jornalismo e viciado em séries. Tem séries pra assistir de mais e tempo de menos. Séries favoritas? Six Feet Under e Breaking Bad.

No comments

Add yours