Tudo sobre His Dark Materials: entenda referências e o universo da série

His Dark Materials referências e universo explicados

Confira tudo sobre a nova série da HBO

As noites de segundas prometem não ser mais as mesmas, com a estreia de His Dark Materials na HBO. 

Continua após a publicidade

A série é uma co-produção do canal a cabo com a BBC da Inglaterra (os episódios serão exibidos por lá todos os domingos). Confira aqui no Mix de Séries tudo o que você precisa saber para assistir a série.

Além disso, completo. Todavia, palavras. No entanto, necessárias.

Inspiração

His Dark Materials é baseado na trilogia de romances de fantasia de Philip Pullman, que começou em 1995 com a publicação de Northern Lights, seguida por The Subtle Knife e The Amber Spyglass. Os livros venderam impressionantes 18 milhões de cópias, tornando-se aclamado mundialmente. 

Northen Lights foi anteriormente adaptado para um filme de 2007 chamado “A Bússola de Ouro“, estrelado por Nicole Kidman, Daniel Craig e Dakota Blue Richards, mas a série é um reboot.  Originalmente, o filme deveria ter sequências, mas a má recepção da crítica sobre como a história foi adaptada e um desempenho pouco sólido nas bilheterias levaram ao cancelamento.

Mais tarde, o próprio Pullman criticou o filme por ter sido “super-projetado” e não “terminado a história“.

A história se passa em muitos mundos paralelos

A série segue uma jovem corajosa chamada Lyra, cuja busca para encontrar seu amigo sequestrado a leva a descobrir uma sinistra trama de uma organização secreta, forçando-a a proteger segredos perigosos.

Orfã, Lyra vive uma vida protegida no Jordan College, em Oxford, tendo sido colocada lá por seu tio, Lord Asriel. No entanto, sua vida é revirada pela chegada da glamourosa e hipnotizante Sra. Coulter, com quem ela embarca em uma perigosa viagem a Londres. Lá, conhece o padre MacPhail, lorde Boreal e a jornalista Adele Starminster em uma brilhante festa da sociedade, onde ela aprende sobre a sinistra Junta Geral de Oblação. Posteriormente, ela é lançada no mundo nômade dos egípcios que moram em barcos que a levam para o norte. Crianças nesse universo estão sendo sequestradas por um grupo desconhecido chamado Gobblers.

Lá, ela conhece o carismático aeronauta e aventureiro Lee Scoresby e, juntos, eles iniciam uma jornada épica por vários mundos paralelos, encontrando seres extraordinários.

Entendendo o universo de His Dark Materials

O mundo da série se parece muito com o nosso, embora pareça situado mais distante no passado, e ainda existem aeronaves estranhas, animais falantes e referências a uma presença iminente conhecida como Magisterium. Este é um mundo como o nosso, mas não o nosso – e é uma nova mitologia para explorar (via Screen Rant). 

De muitas maneiras, a Oxford de Lyra reflete a Oxford deste mundo, com várias faculdades (embora o Jordan College não exista em nosso universo). Ao contrário deste mundo, no entanto, as acadêmicas são raras e menosprezadas, e grande parte da tecnologia para cozinhar e lavar roupas não é tão avançada. Há também algo chamado “santuário escolástico“, onde as faculdades podem questionar doutrinas, estudar e dar santuário físico às pessoas (assim como santuário teórico às ideias), que as protege do Magistério. Até agora, o mundo da série e os livros são muito semelhantes, embora tenham surgido algumas diferenças – e isso é tudo que os novos fãs devem saber sobre como o mundo de Lyra é diferente deste.

  • DAEMONS: ANIMAIS, ALMAS E MUITO MAIS

Provavelmente, a maior diferença entre o mundo de Lyra (Dafne Keen) e o nosso é a existência de Daemons; criaturas que parecem ser companheiros de animais. Todo ser humano neste mundo tem um daemon, e o episódio de estreia ajuda bastante a explorar o que exatamente são. Mais importante ainda, um daemon não é um animal de estimação, nem mesmo um familiar. Em vez disso, eles são descritos na introdução da série como a alma de uma pessoa, fora de seu corpo. No entanto, nos livros, os daemons também têm sua própria personalidade, pensamentos, opiniões e sentimentos. Eles não são simplesmente uma extensão de uma pessoa, mas um ser interconectado que é uma “pessoa”.

Os daemons também têm nomes e podem falar – e isso não é uma conexão psíquica, pois qualquer um pode ouvir a voz do daemon de outra pessoa. Outro aspecto da mitologia que aparece nos livros, mas ainda não foi explicitado na série, é que, embora os daemons possam ser ouvidos e abordados por outros humanos, é absolutamente proibido tocar o demônio de outra pessoa.

  • O PÓ

O pó (Dust) é apenas brevemente mencionado na estreia da série, mas será uma grande parte do mundo de His Dark Materials – e não apenas porque os leitores de livros sabem o quanto é importante! O pó é mencionado pela primeira vez na sala de aposentadoria, quando Lord Asriel (James McAvoy) mostra seus fotogramas especialmente tratados. Ele afirma que essas imagens provam que o pó só é atraído por adultos, não crianças – e essa afirmação (junto com a cidade no céu) é tão chocante para os outros estudiosos que o Mestre (Clarke Peters) teme que seja visto como herético.

Mais tarde, Lyra tenta falar sobre Dust para Roger, e ele esclarece que isso não é poeira, do tipo que você limpa de uma superfície, mas Dust, algo muito, muito diferente. Vale a pena notar que a série retira uma linha muito importante dos livros nesta menção inicial, quando Asriel está exibindo seus fotogramas. Nos livros, um estudioso pergunta se a criança na foto é ‘uma criança decepada’ e é informada de que é uma ‘criança inteira‘. Isso sem dúvida surgirá mais tarde na série, mas Dust definitivamente não é algo que os espectadores possam esquecer, apesar de não receber tanta atenção na estreia quanto alguns outros elementos da mitologia.

  • O ALETIÔMETRO: A BÚSSOLA DOURADA

O título do primeiro livro da série é A Bússola de Ouro, e recebe o nome do aletiômetro que Lyra recebe quando deixa o Jordan College. Isso só aparece em algumas cenas da estréeia, mas quem leu os livros (ou assistiu à adaptação original do filme) deve saber que é um detalhe importante.

Bussola Dourada em His Dark Materials

Imagem: HBO/Divulgação

O aletiômetro é um dispositivo para dizer a verdade (o nome vem literalmente das palavras “medida da verdade”) e é descrito nos livros como um item de metal pesado sobre o tamanho e a forma de uma bússola. Ao redor da borda do rosto há uma série de símbolos simples (uma ampulheta, uma caveira etc.) e existem quatro mãos. Três deles podem ser configurados para apontar para um símbolo específico (girando os mostradores no aletiômetro), enquanto o quarto ponteiro mais fino não pode ser controlado e gira livremente ao redor da face do instrumento. Parte disso foi vislumbrada na estreia, mas presumivelmente, os fãs terão um olhar mais atento à medida que a série continua.

  • QUEM SÃO OS GYPTIANS?

O episódio de estréia de His Dark Materials concentra-se principalmente em dois grupos principais de pessoas: os estudiosos do Jordan College (junto com Lyra, Roger e Lord Asriel, é claro), e os egípcios. Os egípcios também estão em Oxford quando são vistos pela primeira vez, mas vivem de uma maneira muito diferente de Lyra e dos habitantes do Jordan College. Os egípcios são um grupo nômade neste mundo e vivem em barcos fluviais, viajando pelas vias navegáveis. Nos livros, confirma-se que eles tendem a viajar sazonalmente e retornam a Oxford nas mesmas épocas do ano, e, embora a série não torne isso tão óbvio, ela mostra os egípcios que optam por partir de Oxford no final do episódio.

  • GOBBLERS – MAIS DO QUE UMA LENDA URBANA

Um dos maiores elementos da história egípcia na estréia é o Gobblers – uma espécie de lenda urbana, de pessoas que vêm e roubam crianças involuntárias. Isso é mencionado quando Billy Costa (irmão de Tony) desaparece, mas Tony e Lyra imediatamente o descartam como boato. No entanto, à medida que o episódio continua, fica claro que os Gobblers não são apenas uma história contada para assustar as crianças. Billy e Roger são mostrados para serem capturados por alguém que tem um daemon de raposa, embora não mais sejam vistos alguns vislumbres sombrios. Também não está claro por que os Papões estão levando crianças, embora Lorde Faa explique que muitas crianças egípcias foram capturadas, e o boato é que elas estão sendo levadas para Londres.

Os leitores dos livros saberão quem são os Gobblers e por que eles são chamados de Gobblers, mas como essas são algumas das maiores reviravoltas do primeiro livro, os espectadores terão que esperar e descobrir.

  • O MAGISTERIUM – IGREJA, ESTADO OU AMBOS?

Outra grande diferença entre o mundo de Lyra e o nosso é a presença iminente do aterrorizante Magisterium. Na estréia, o Magesterium mal é visto, mas o que é revelado é um espaço assustadoramente grande e homens com roupas de padre. Seria fácil supor que o Magisterium é simplesmente o corpo religioso deste mundo (e até certo ponto, isso é verdade). Mas eles são muito mais do que apenas uma igreja.

Imagem: HBO/Divulgação

Aparentemente, eles são a autoridade dominante da Santa Igreja. No entanto, neste mundo significa que eles também são o principal poder governante, e as leis deste mundo são guiadas pela religião. Eles também são essencialmente o único corpo religioso neste mundo – embora alguns possam não ser verdadeiros crentes, e outros no Norte possam ter suas próprias crenças, a Santa Igreja é a única grande fé na trilogia original.

  • URSOS E BRUXAS BLINDADOS

Finalmente, dois outros grupos são mencionados brevemente na estreia (e se tornarão uma parte maior da série com o passar do tempo): os Ursos Blindados e as Bruxas. As Bruxas ainda não foram vistas, mas são mencionadas na introdução como morando longe no Norte, fora do controle do Magesterium. Pelos livros, sabe-se que as bruxas não são completamente humanas, embora pareçam humanas e também tenham daemons. Ao contrário dos seres humanos, no entanto, as bruxas têm o uso de magia e uma vida útil muito mais longa. 

Os Ursos Blindados também recebem apenas uma menção, embora o trailer inclua imagens fenomenais de Iorek Byrnison (Joe Tandberg), o urso blindado que será um personagem importante no final da série. Os ursos não série são uma raça de ursos polares inteligente. Além disso, têm a capacidade de falar e que são metalúrgicos brilhantes – e é assim que eles fazem a armadura que lhes dá nome. Eles vivem em Svalbard, na maioria das vezes, mas podem ser contratados para lutar pelos outros. Embora eles sejam como humanos em sua inteligência e fala, os Ursos Blindados não têm daemons e são incapazes de serem enganados.

Além disso, completo. Todavia, palavras. No entanto, necessárias.

E então, ficou com alguma dúvida sobre o universo de His Dark Materials? Deixe nos comentários. Os episódios inéditos serão exibidos todas as segundas, na HBO, a partir das 23h. 

Além disso, completo. Todavia, palavras. No entanto, necessárias.

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.

No comments

Add yours