Uma Thurman revela ter sido assediada por Harvey Weinstein e expõe estupro na adolescência

Imagem: Damon Winter/The New York Times

Atriz de Kill Bill acusa produtor de Hollywood de assédio sexual

Meses depois das primeiras denúncias que deram origem a um movimento na indústria cinematográfica americana, Harvey Weinstein continua acusado de assédio sexual. Dessa vez, foi a atriz Uma Thurman que relatou ser vítima do produtor.

A atriz trabalhou com Weinstein em dois de seus mais famosos filmes: Kill Bill e Pulp Fiction. Em entrevista ao jornal The New York Times, a atriz deu detalhes sobre o episódio que teria acontecido em um hotel de Londres. Segundo Thurman, Weinstein a convidou para sua suíte e lá teria se esfregado nela e tentado tirar sua roupa. Nesse momento, a atriz teria gritado.

No outro dia, recebeu um buquê de rosas como pedido de desculpas e em seguida subiu até o quarto do hotel e disse à Weinstein: “Se fizer com outras pessoas o que fez comigo, você perderá sua carreira, sua reputação e sua família, eu te prometo“.

Continua após a publicidade

Esperando o momento certo

A atriz já havia criticado o famoso produtor logo que as primeiras denúncias foram divulgadas, mas disse que esperaria o momento certo para contar sua história detalhadamente.

No texto publicado neste sábado, intitulado “É por isso que Uma Thurman está com raiva”, a atriz reconheceu se sentir “muito mal” pelas outras vítimas. “Todos estes cordeiros (as mulheres atacadas) acabaram no matadouro porque estavam convencidos que ninguém que alcança essa posição (como Weinstein) faria algo ilegal contra você“, refletiu.

Estupro na adolescência

Uma Thurman também revelou que foi estuprada. O fato aconteceu quando ela tinha apenas 16 anos em Nova York. Ela não quis identificar o homem, que na época tinha 20 anos, e conta que não o denunciou. “A partir daí, acho que fiquei menos tolerante a este tipo de coisa“, disse.

E para finalizar, a atriz ainda comentou do seu desentendimento com o diretor Quentin Tarantino, com quem trabalhou em Pulp Fiction e Kill Bill. De acordo com ela, Tarantino a forçou realizar uma cena de carro que não tinha segurança, mesmo sabendo deste detalhe. Ela acabou sofrendo um acidente durante as filmagens. Na matéria original, você consegue assistir ao vídeo do acidente.

Italo Marciel

Italo Marciel

Cearense, 28 anos. Jornalista especialista em Assessoria de Comunicação. Viciado em séries desde que se entende por gente e apaixonado por cinema. O cara que fica feliz em indicar uma boa série ou um bom filme para os amigos.

No comments

Add yours