UnReal – 2×02 – Insurgent

UnReal Insurgent MAIOR

Imagem: Forever Young Adult

 

Depois de uma Season Premiere que trouxe a deliciosa e perspicaz UnReal de volta, um drama que tenho o maior prazer de dizer que não é apenas únicos, como também um dos melhores da televisão atualmente, seja pela arrogância ou pelo humor negro, essa equipe de roteiristas continua mostrando para os profissionais da TV aberta que o modelo de ouro dos anos setenta precisa de uma reforma urgentemente. O motivo dessa minha confiança? O episódio Insurgent, que sobe tom.

UnReal Insurgent

Imagem: HD Filmes Online Gratis

Continua após a publicidade

Com a ideia de enfiar o dedo da ferida, visto que este roteiro não veio para ter papas na língua, do racismo na televisão e entre tantos outros desafios que a indústria enfrenta atualmente, tudo ficou um pouco de lado com a amostra de que a rixa, ou melhor, o duelo entre Quinn e Chad não é apenas para valer, como mostra-se algo tendencioso a se repetir, o que acaba me preocupando um pouquinho porque o principal pode, repito, pode ficar de lado pela vaidade do texto em promover uma guerra dos sexos desnecessária para o momento.

Apesar dessa provável escorregada, que poderá se concretizar ou não nos próximos episódios, Constance Zimmer nos entrega mais uma performance que, sem sombra de dúvida, servirá como inscrição para muitos prêmios no decorrer do próximo ano. Com uma velocidade e maturidade que podem deixar o telespectador um pouco perdido nas rápidas trocadas de cena, a atriz talvez esteja no caminho certo para ser, finalmente, chamada para personagens tão obscuros, complicados e maravilhosos como esse aqui.

Sem ficar na sombra da colega de elenco, Shiri Appleby consegue melhorar a cada episódio e a cada cena em uma tarefa dificílima que é de compor e construir uma pessoa com tantas camadas como Rachel. É claro que fica evidente que teremos muitas descobertas pela frente ao analisarmos a maneira como Insurgent terminou, mas hei de reconhecer que os roteiristas estão dando o melhor material possível para que e o elenco nos mostre o quão sensacional eles são. 

Falando nele, tenho que deixar minha saudações e reconhecimento para Stacy Rukeyser que foi responsável pelo texto desse episódio e também por ideias fenomenais. Como a bandeira Confederada como a estampa do biquíni da moça descendente de uma família que comunga de ideais da supremacia branca, em plena festa com um solteiro negro, ou até mesmo da frustrada que entrou no reality show para fugir da sombra do pai, que é executivo da área de futebol americano, mas acaba flertando com o quarterback mais desejado do país. 

Tags UnREAL
Avatar

Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.

No comments

Add yours