V: Nós somos pacíficos, sempre!

v-visitors-1 (4)

Continua após as recomendações

 

V – The Visitors é um seriado americano de ficção científica exibido pela ABC, estreante de 2009. É na verdade um remake da minissérie de 1983 de mesmo nome, criada por Kenneth Johnson, que conta sobre a chegada de uma espécie alienígena de extremo avanço tecnológico que aparentemente vêm em paz para a Terra, mas que na verdade quer outras coisas dos humanos. Produzida por Scott Rosenbaum, Yves Simoneau, Scott Peters e Jace Hall, V teve duas temporadas – 22 episódios – e foi cancelada em maio de 2011.

Continua após a publicidade

Se trata de um enredo ao mesmo tempo otimista e apocalíptico. Nos estranhamos com Anna (Morena Baccarin/Firefly), a chefe dos Visitors, porque acompanhamos suas maldades que não são aparentes. Ela é linda, simpática, calma e sempre afirma ter vindo em paz: Nós somos pacíficos, sempre! Simpatizamos com Érica (Elizabeth Mitchell/Lost), que acaba formando uma resistência, junto de Ryan – um Visitor rebelde. Naves V cobrem as 29 principais cidades do mundo espalhando a cura para doenças e muita paz, alegria e ‘grace’. A quinta coluna, nome da resistência, começa a investigar essa bondade toda e começa a descobrir os podres do povo forasteiro.

Visitors-2

Para começar eles não são humanos, e tivemos o desprazer de presenciar sua real forma em alguns episódios onde ratos e pessoas foram engolidas, quase inteiras. Deselegante e indigesto! Porém a crítica foi muito favorável e a audiência também não foi ruim. O piloto foi assistido por 14,6 milhões de pessoas e os demais episódios tiveram média de 5,4 milhões. Isso não é ruim, talvez só para ABC que considerou isso mediano! E por isso ficamos sem saber se a ‘filha’ da Anna, Amy, seria um ser do mal, porque ela hipnotizou a humanidade toda no final da segunda temporada e ficamos chupando o dedo – Tá, e agora? Ah, sem contar que ela matou o próprio pai, Ryan!

A atriz que fez Diana – mãe de Anna em 2009 – é a mesma que fez a Anna na série original nos anos 80. Mas ela ficou a série toda presa em um calabouço porque sabia os planos da filha então foi uma personagem super mal aproveitada na trama. Quanto ao lagarto mal encarado que tivemos o desprazer de ver na season finale da segunda temporada, os efeitos foram até bons comparados aos chroma keys mal feitos anteriormente. São muitos efeitos especiais e o orçamento é apertado, entendemos.

Lisa, filha de Anna, acaba adquirindo emoções humanas e se apaixonando por Tyler, que era para ser apenas um reprodutor humano. Então Tyler, o Homem Objeto acaba sendo enganado quando uma Lisa impostora vem para o acasalamento. Sim, eu sei que isso parece estranho. Mas o objetivo de Anna aqui era criar uma raça mista e mais forte, dominar o mundo e blá blá blá! Ela é uma das vilãs mais inescrupulosas que já foi vista no mundo Sci Fi. Quanto ao Tyler, bem, ele foi comido, no sentido literal da palavra!

v-visitors-1 (3)

Mas os planos de Scott Rosenbaum para terceira temporada eram interessantes. Erica iria descobrir que seu filho havia virado almoço de V depois do acasalamento, Anna sabe que há uma chance dos próprios Visitors se revoltarem contra ela, se Lisa, sua filha o fez, mais gente lá dentro também o faria. Existia uma resistência bem consolidada, pois Erica foi levada para uma unidade do governo que também estava investigando os visitantes estranhos nesse último episódio da segunda temporada. E também a segunda parte do plano de Anna, existia toda uma mitologia em volta disso que seria abordada na terceira temporada que nunca existiu.

Fãs devotos apelaram até para a Warner Bross – uma das produtoras – para que levasse V a outro canal. Também gostaria de saber o final, o grande plano, guerra entre Quinta Coluna e Visitors, sucesso ou fracasso, mas não foi dessa vez, quem sabe no próximo remake!

Warner Bross tentou tirar o título de ‘criado por’ de Kenneth Johnson porque dizia que a série estava tão mudada que seria uma produção original e não um remake, isso chegou parar a produção em 2009. Mas não conseguiram, tivemos muita coisa da série original inclusive as naves enormes, os uniformes vermelhos e o bebê alienígena! Alguns críticos acharam a história descuidada e estereotipada, e eu francamente concordo. Mas a premissa dos encontros com aliens, desilusão em massa e manipulação da mídia, eram muito legais.

Alguns chatos que procuram encrenca disseram que a série veio ao ar no primeiro aniversário da eleição de Obama, e que isso seria uma alegoria à sua campanha fundamentada em “esperança” e “mudança” – palavras que ele usou bastante. A série foi nomeada em alguns prêmios como Creative Arts Emmy Awards, People’s Choice Awards e Saturn Awards. Para quem curte a boa e velha ficção científica como Stargate, Battlestar Galactica e a mais recente 12 Monkeys, vale dar uma passadinha em V, Os Visitantes! Gostaram desse remember? Minha vontade de saber o final ficou mais aguçada agora.

 

v-visitors-1 (1)

Caroline Marques

Caroline Marques

Engenheira de Alimentos, mestre em química de alimentos, um tanto quanto viciada em séries, filmes e livros. Fã de Hannibal, Dexter, Grey's Anatomy, Demolidor, Sherlock e Stranger Things. Reviewer de Chicago PD.

No comments

Add yours