Negócio fechado: as futuras vendas da CW e Starz

Como será que isso afeta suas séries preferidas?

The Flash
Imagem: Divulgação
- Publicidade -

Após a grande aquisição da WarnerMedia por parte da Discovery Inc., os próximos grandes negócios na indústria de mídia devem ser as respectivas vendas da CW e da Starz. As informações são da Variety e The Wall Street Journal.

- Publicidade -

A venda de ambas as empresas estão em processos bastante adiantados. O Nexstar Group, que deve ficar com a CW, deve adquirir 75% do canal e ser, portanto, controladora majoritária. Tanto a Warner Bros. Discovery quanto a Paramount Global, que têm 50% da emissora, ficarão com 12,5%. A ideia é que tudo continue como está.

Tanto a Warner Bros. TV quanto a CBS TV continuarão produzindo e abastecendo a grande da CW com suas séries. Contudo, a Nexstar Group pretende investir em aquisições internacionais para que o canal tenha um apelo maior com uma audiência mais adulta. O interesse na aquisição é de aumentar o portfólio de emissoras locais que hoje já é um dos maiores dos Estados Unidos.

- Publicidade -

A ideia de venda do Starz é antiga, na verdade acredita-se que já até passou da hora da Lionsgate em se desfazer do canal a cabo. Contudo, a emissora, e principalmente o StarzPlay, são vistos pela indústria como aquisições interessantes. O canal possui um bom apelo junto a comunidade negra. Além disso, o streaming é popular em grandes mercados, como a América Latina.

Ainda não se sabe, entretanto, quais empresas estariam interessadas e negociando uma aquisição.

Ghosts(
Imagem: Divulgação

Desejo antigo

É importante lembrar que a venda de ambas as empresas não é nenhuma surpresa. A CW é vista como um bom acessório para Warner Bros. Discovery fazer caixa e diminuir sua dívida. David Zaslav, o CEO da nova companhia, é dito como alguém que gosta de contas equilibradas e de objetivos claros. Sendo assim, não há motivo para continuar investindo num canal linear que quase ninguém assiste cujos sucessos acontecem na Netflix, como é o caso de Riverdale.

- Publicidade -

No caso da Starz, a situação é um pouco mais complicada. Sua empresa mãe, a Lions Gate Entertainment Corporation, é vista como uma das únicas grandes companhias disponíveis no mercado para quem busca viabilizar seu negócio no streaming. O problema é que até que uma aquisição aconteça, ela continua perdendo valor de mercado e consequentemente fica com menos capital para produzir conteúdo.

O Starz, e principalmente a StarzPlay, é uma das poucas divisões da empresa que, assim como a Lionsgate, dão dinheiro. Sendo assim, sua venda é vista como uma boa oportunidade de fazer caixa e focar no que funciona: produzir conteúdo para os outros. Lembro que a Lionsgate TV é responsável por séries como Julia e Minx para HBO Max; Ghosts na CBS e Home Economics para ABC.

Vale lembrar que a expectativa é da Lionsgate anunciar um acordo ainda em agosto, ao mesmo tempo fale-se que o acordo pela compra da CW está ‘próximo’.

- Publicidade -
- Publicidade -