VideoMix: 7 episódios musicais que amamos odiar (ou odiamos amar)

Imagem: ABC

No fundo todo mundo ama um musical. Pode falar mal, pode dizer que é vergonha alheia, mas internamente todo mundo dá aquela cantadinha ou presta atenção em determinada letra ao assistir algo do gênero.

As séries de TV, cada vez mais, estão investindo neste formato, que de início pode parecer uma péssima ideia, mas que acabam dando certo no final – pelo menos, na maioria das vezes.

Nessa onda do crossover musical de The Flash e Supergirl, resolvemos entrar no clima e separamos para vocês 7 cenas de episódios musicais inesquecíveis e que todo mundo amou odiar.

Quer relembrar? Vem comigo!

– Psych – “Psych: The Musical” (7×15 e 16)

Os 90 minutos de episódio musical em Psych foi bastante desnecessário na opinião da maioria dos fãs, mas é inegável que os momentos deste episódio são, até hoje, inesquecíveis.

– Passions: “Spellbinding” (2008)

Uma hilariante e desavergonhada homenagem, “Spellbinding” nos leva de volta aos primeiros dias de Tabitha como uma estudante mágica, onde ela e seu chapéu preto, eventualmente, abandonam o lado do bem em favor de um futuro egoísta do mal.

– Community: “Regional Holiday Music” (3×10)

Neste clássico de Natal, este episódio maluco – dentro de toda a maluquice de Community – apresentou Taran Killam como um instrutor de um clube de coral. O resultado? Muitas e muitas risadas.

– Fringe: “Brown Betty” (2×20)

De todos os mundos explorados durante as cinco temporadas do drama da Fox, não podemos estar surpresos com o fato de que um dos mais estranhos – e definitivamente o mais musical – seja cortesia de uma erva daninha especial do Walter. “Sdds” Fringe!

– Scrubs: “My Musical”

Ninguém no Sacred Heart Hospital pode abster-se de acabar cantando uma música durante este episódio premiado de Scrubs. E com composições de Jeff Marx e Robert Lopez, quem poderia culpá-los?

– Buffy the Vampire Slayer: “Once More, With Feeling” (6×07)

Quase todas as músicas desta obra-prima são reconfortantes, cortesia do criador da série, Joss Whedon, que junto com o seu elenco maravilhoso, executou tudo sem falhas – ou pelo menos com muito entusiasmo.

– Grey’s Anatomy: “Song Beneath the Song” (7×18)

Estamos diante da vergonha alheia mais gostosa que sentimos na vida. Nunca, em vida, imaginamos um episódio musical para Grey’s Anatomy, mas Shonda Rhimes foi lá e fez. E ficou lindo e inesquecível.

Pessoal, por hoje ficamos por aqui. Obrigada pela visita e nos vemos na semana que vem. Beijos e até lá!

Share this post

Jeh Mari

Vive sua história de amor através de Nathan e Haley. Acha que FRIENDS é a oitava maravilha do mundo (e ai de quem falar o contrário). Seu sonho: encontrar o seu Pacey Witter. Formada em Direito, mas deveria ter optado por comunicação, afinal, é geminiana. 26 anos, 7486 episódios assistidos.