Vikings – 4×18 – Revenge

vikings 4x18 1

Imagem: Arquivo pessoal

 

“God help us” – Bishop Edmund

“I dont think he can!” – king Aelle

Depois do final do episódio passado, achei que “Revenge” foi fraco no início, melhorando só no final. Ivar que tanto prometia que ia fazer e acontecer ficou um tanto quanto apagado nesse episódio. Mas, como todos os episódios de Vikings, mesmo o mais mediano dos episódios é muito bom, com reviravoltas acontecendo a todo momento. Fora isso, a ambientação, os cenários, as cenas de batalhas estão cada dia melhores, eu diria até impecáveis. Quer um exemplo disso? Olha bem a cena do sacrifício deste episódio, a atenção aos detalhes, desde o cabelo de Lagertha ao sangue na lâmina. Tudo muito bem feito.

vikings 4x18 3

Imagem: Arquivo pessoal

Continua após a publicidade

Claro que haveriam os tradicionais sacrifícios feitos aos Deuses pelos nórdicos. Uma viagem grande com o maior exército já feito precisava disso. E claro, Lagertha cuidou muito bem dessa parte. Bjorn e Astrid, vulgo, a namorada da mãe, claro, deram uma fugidinha para matar a vontade um do outro. Mas a Rainha da p*[email protected] toda percebeu. É incrível como os vikings tinham pouco apego quando se trata de dividir a pessoa amada. Hvitserk e seu Ubbe seguiram esse modelo à risca, mas será que vai dar certo? Achei que Ubbe meio que estava testando o irmão e a esposa.

A discussão, ou melhor dizendo, o esporro que Bjorn dá nos irmãos, assumindo a liderança foi ótimo. A maneira como ele se impõe e ao mesmo tempo inspira os irmãos foi digna de um verdadeiro líder. A despedida meio fria de Bjorn e sua mãe foi clara indicação que ela já sacou tudo que está acontecendo. Queria fazer um adendo: a Torvi não é feia, mas do lado de Astrid e Lagertha ela fica parecendo um morcego recém-nascido, coitada.

Sei que quando eu vi a proporção do tamanho do exército viking e a expressão do rei Aelle, de “putz, tô muuuuuito fud&%#”, eu dei uma gargalhada tão alta, que me senti assistindo uma série de comédia. Quem mais? O único que sabe o quão poderoso pode vir a ser o exército dos vikings é o Aethelwuf. Estou muito ansioso para ver esse combate, já que nesse episódio só vimos os exércitos de Bjorn e Aelle se aproximando e logo depois Aelle já derrotado. Enfim a vingança prometida foi realizada. Bye bye, King Aelle. Já foi tarde!

PS: Não estou ignorando a trama do Halfdan the Black, mas eu estou achando desnecessária. A trama, afinal, é sobre a família e lenda de Ragnar e seus descendentes. Tudo bem que já entendi que vão tentar trair a rainha da p*[email protected] toda, mas está claro que vão se dar muito mal.

 

Tags Vikings
Avatar

Estevão Vieira

Empresário, bilionário, morando na California, super-heroi nas horas vagas.... oh wait! esse é o Tony Stark!!! ¬¬

No comments

Add yours