Você lembra da série White Collar? Hora de matar as saudades…

White Collar ou o seriado de Matt Bomer?

Em outubro de 2009, quando o hit era fazer seriados procedurais, o pouco conhecido USA Network decidiu entrar na onda lançando White Collar. O que era para ser um seriado divertido, transformou-se num sucesso imediato e grande parte disso se deu por conta de seu protagonista, o até então desconhecido Matt Bomer. Chegou a hora de você matar as saudades aqui no Memórias do Mix de Séries.

Totalmente inspirado em Prenda-me se por Capaz, filme estrelado por Leonardo DiCaprio e Tom Hanks, White Collar ia além de um procedural: mostrava a difícil relação de amizade entre um policial e um bandido. Talvez seja esse o grande motivo do seriado ter durado 6 temporadas.

A cada episódio, nós torcíamos pelo personagem de Bomer e desejávamos que ele se desse bem e mandasse o FBI tomar naquele lugar. Algo completamente inaceitável, não?! Bom, de qualquer forma foi graças ao carisma de Bomer que White Collar ganhou legião de fãs. Além disso, sem falar que a beleza do ator ajudou e muito para que a mulherada assistisse show em peso.

A história

Neal Caffrey (personagem de Bomer) é um ex-ladrão e falsificador que foi capturado pelo Agente Especial Peter Burke (o sempre ótimo Tim DeKay), do FBI, após várias tentativas frustradas. Condenado a uma pena de 4 anos, Neal Caffrey foge da prisão faltando apenas 3 meses para acabar de cumprir sua pena. Fuga essa que deixa muitos filmes de Stallone no chinelo. O motivo de Neal fugir é por conta de uma garota, não qualquer garota, diga-se por passagem, mas sim para encontrar sua ex-namorada Kate. Infelizmente, o plano dele vai para os ares pois é recapturado Burke e, assim, surge uma amizade inesperada.

Neal precisa encontrar sua amada e, para isso, acaba fazendo um acordo com o FBI e se transformar num consultor. Isso te lembra de algo? Pois bem, depois de White Collar e Neal Caffrey invadirem a sua telinha, muitos seriados usaram a ideia de colocar algum consultor na polícia. É o caso de Castle e de Blindspot.

Embora a trama gire nesse acordo entre Neal e o FBI, o seriado vai além disso. Portanto, um de seus trunfos é mostrar o lado pessoal dos personagens. Neal não é nenhum mocinho, nem bandido; é apenas um nerd que soube muito bem usar a sua inteligência para em seu prol. Em contrapartida, Burke não é um policial perfeitinho; ele faz de tudo para prender um bandido, mesmo que tenha que agir fora da lei.

Coadjuvante

Por mais que o seriado tenha êxtase por conta da conturba relação Caffrey-Burk, são os coadjuvantes quem roubam a cena. Na verdade, apenas um coadjuvante: Mozzie. O melhor amigo de Neal chegou chegando e com seu jeitinho cômico e único de ser conquistou a todos.

Imagem: USA Network / Divulgação

Até hoje, nunca soubemos direito sobre seu passado, porém, a lealdade dele com Neal é tanta que, em algum momento do seriado, sentimos ciúmes da amizade dos dois. Por mais que eu adore ver Neal e Burke juntos, a amizade de Neal com Mozzie é única e especial.

E foi exatamente isso que me fez ficar grudadinha na telinha do computador: a amizade. Seja ela entre Burke e Neal, seja entre Mozzie e Neal; seja entre a equipe do FBI. Uma coisa é certa: se existe alguém que roubou mais que Neal Caffrey meu coração, esse alguém foi Mozzie. Melhor personagem de White Collar ever!

Essência de White Collar

Se vocês me perguntassem se White Collar é um típico seriado policial americano, eu diria que não. Ele vai além de um procedural, pois o que os roteiristas nos presenteiam é um seriado em que fala sobre a amizade e sobre confiança.

O relacionamento de Burke e Caffrey não é fácil e está longe de ser. Entretanto, a química da dupla é assombrosa e, por mais que eles se tornam grandes amigos, Neal está sempre tentado a voltar para o crime – e a confiança entre os dois vive sempre na corda bamba.

E sobra para quem colar essa amizade complicada? Para Mozzie e para a esposa de Burke, Elizabeth (interpretada por Tiffani Thiessen). São esses dois quem tem a grande responsabilidade em colocar na linha os protagonistas. E é exatamente por isso que o seriado deu certo.

White Collar funciona muito bem por mesclar o drama, o suspense e a ação com a comédia. Há momentos em que você pensa estar assistindo uma série policial; em outros, um sitcom. A ótima dupla principal (DeKay e Bomer) tem o auxílio de grandes coadjuvantes, com destaque especial para Willie Garson, que faz o amigável e carismático vigarista Mozzie, melhor amigo de Neal.

Avatar

Gabriella Siggia

Quem eu sou? Eu sou uma em um milhão: escritora nas horas vagas, seriadora de coração, cinemática de plantão e amante da literatura. Divertida, alto astral e bastante bem humorada. Só não achei ainda minha outra pessoa. Ah, música faz parte da minha vida.

No comments

Add yours