Você precisa maratonar…

Maratonas

Continua após a publicidade

Você que está aí curtindo o hiatus de fim de ano, está com um tempinho livre e não sabe o que maratonar?

Calma. Nós do Mix pensamos em tudo.

Reunimos alguns colaboradores para compartilhar experiências de maratonas feitas por nós, e quem sabe assim, inspirar você a assistir alguma delas?

Eis aqui, algumas séries que você precisa maratonar

 

Matheus Machado indica… BLACK SAILS

Maratona-BlackSailsBlack Sails conta a história das aventuras do Capitão Flint e sua tripulação em busca de um tesouro espanhol, e a luta dos piratas para defenderem sua existência e o lugar onde moram, a Ilha de New Providence. A série conta com oito episódios em sua primeira temporada, com média de 50 minutos cada. Fiz a maratona de Black Sails no começo do ano logo depois de finalizar a temporada. Confesso que sou fascinado por histórias fantasiosas e nunca me decepciono com o gênero e  Black Sails superou todas as minhas expectativas. Isso porque a sua história de aventura é muito bem contada com ação, intrigas e rivalidades entre piratas. A produção da série não deixa a desejar em nenhum aspecto, o cenário é extremamente excepcional com belas paisagens e extremamente realista para o gênero. Lembra um pouco Piratas do Caribe, mas não faremos comparações. Uma curiosidade que vai motivar muitos a assistir a série é que antes mesmo da estreia da sua primeira temporada a série televisiva já tinha sido renovada. Pela primeira vez isso acontece na emissora americana STARZ e por incrível que pareça antes da estreia da segunda temporada a série foi novamente renovada, então sem preocupações no quesito renovação. É uma maratona super tranquila de se fazer: eu, por exemplo, fiz ela em um dia e não me arrependo porque os episódios me prenderam completamente.

 

Ana Maria indica… FIREFLY

Maratona-FireflyTodo mundo sempre falou muito bem da série pra mim. Eu resistia bravamente por conta do medo, pois ela tem apenas 14 episódios + um filme, e foi produzida em 2002. Quando iniciei minha maratona, eu paguei minha língua feio. Foi a melhor coisa que eu fiz na minha vida. Lembro até hoje que iniciei a maratona, e depois que vi a premiere, de uma hora e meia, e o fade-out final rolou na minha tela, tudo que eu pensei dela caiu por terra. E hoje, mesmo depois de 12 anos da exibição, eu e milhões de fãs continuamos amando. Firefly tem uma pegada futurista, mas ao mesmo tempo mostra um cenário apocalíptico, onde os personagens vivem no ano de 2517, em uma Terra completamente super populosa e com escassez de recursos naturais básicos. Nesse cenário, a população acaba viajando no espaço em busca de novas galáxias e planetas, atrás de um lar. Algo que eu adorei na produção é exatamente o fato dos produtores não usarem de aliens ou qualquer tecnologia alienígena para mostrar o futuro. De fato, a forma que eles projetam é bem peculiar. O clima é árido, os personagens utilizam roupas adaptadas do século XVIII e os personagens são amor. A produção é ótima, apesar da produção ser cara na época, eles conseguiram fazer muita coisa com pouco orçamento (salve Joss Whedon o/) e o elenco é ótimo (Nathan Fillion, Gina Torres, Alan Tudyk, Adam Baldwin e tantos outros…). O único problema de toda a série tem três letras: Fox. A emissora não embarcou no projeto do mesmo jeito que os atores e produtores embarcaram, e não viu retorno na exibição dos episódios. Aliás, se você vai fazer a maratona (e eu tenho certeza que vai fazer), siga a ordem que está nesse site aqui. É a correta, e você vai ter um entendimento melhor, do que seguir a ordem que está no Banco de Séries. É lei dos seriadores: se você não ver Firefly, você não é digno de levar esse título! Então, nesse início de ano, pegue um copo de refrigerante, aquele prato bem decorado, com o resto de lentilha da festa de ontem, junto com aquele arroz à grega requentado e aquele pedaço de carne assada escorrendo gordura, sente-se na frente de seu computador e assista essa série. Pode me agradecer depois, porque você jamais vai se arrepender.

 

Izabella Viana indica… BLACK MIRROR

Maratona-BlackMirrorBom, primeiramente devo dizer que Black Mirror foi uma das melhores surpresas pra mim esse ano. Comecei timidamente com a série, não esperando muito dela. Mas a partir do momento que vi os comentários maravilhosos do primeiro episódio, eu me senti na obrigação de começar a assistir. E não deu em outra: amor à primeira vista. Mas afinal, do que se trata Black Mirror? Bem, a série possui episódios independentes, cada um com sua própria história, sendo assim uma antologia. Ela faz uma crítica pesada à sociedade atual, cada vez mais dependente de tecnologia e serviços midiáticos para poder viver melhor. Cada episódio – são apenas seis, três em cada temporada, o que faz a sua maratona ser a mais rápida do mundo – traz uma visão futurística da influência da mídia no ser humano. E recomendo com toda certeza essa maratona porque depois de fazê-la você não verá mais a si mesmo da mesma maneira. Black Mirror é aquele tipo de série que atinge o seu ponto fraco, te tira da zona de conforto, faz você rever suas atitudes. É impossível não se colocar na situação dos personagens e até perceber que já se comportou daquele jeito. Após assistir ao primeiro episódio – que foi uma das coisas mais agoniantes que já vi – você não vai conseguir largar a série. Boa maratona!

 

Anderson Narciso indica… THE BIG C

Maratona-The-Big-CThe Big C foi uma das maratonas que realizei no final do ano passado. Em uma espécie de acordo com um amigo, indiquei uma série para assistí-lo, enquanto fui apresentado a esta série. E olha, que prazer foi assistir a esta história. Produzida pela Showtime, a história tem uma mistura de drama com comédia, quando uma professora, mãe, casada e presa a seu cotidiano descobre que tem um câncer do tipo melanoma, e que lhe resta pouco tempo de vida. Isso é o fator decisivo para Cathy, interpretada magistralmente por Laura Linney dar uma guinada em sua vida. Com um humor negro, a série faz muitas críticas as pessoas que literalmente têm medo de serem felizes, e esperam situações como essas para viver a vida. Você dará boas risadas ao longo da série, mas acredite, quando ela pega no drama, separe o lencinho porque o choro é certo. A série possui 4 temporadas, com 40 episódios no total – com duração de menos de 30 minutos. Apenas a última temporada, que tem apenas 4 episódios, tem episódios mais longos de 1 hora. Certeza que você se emocionará, e irá gostar da história de Cathy. Indicação de maratona sempre!

 

Daniele Duarte indica… PRIDE AND PREJUDICE

Maratona-PrideanPredQuais são as razões para maratonar Pride and Prejudice? A primeira razão é: Jane Austen. Para quem não sabe, Pride and Prejudice, Orgulho e Preconceito em português, é o livro mais famoso dessa escritora britânica. A série foi produzida pela BBC e conta com um elenco de peso como Colin Firth (Mr. Darcy) e Jennifer Ehle (Elizabeth) que tiveram um relacionamento na vida real. Pride and Prejudice contém seis episódios com duração de 1 hora, mas, te garanto, que passa tão rápido que você nem sente. A experiência de maratoná-la é a melhor possível. Primeiro que a produção é luxuosa e o telespectador é imerso no século XIX. Segundo que é uma série da BBC e sabemos que é canal de excelência. Terceiro é por ser obra da fabulosa Jane Austen. A maratona dessa série foi feita por mim em um dia. Sim, caros eleitores: eu passei o dia inteiro em frente do computador vendo essa delícia porque a série é tão viciante que quando você assiste o piloto, você não quer ver outra coisa. Eu fiquei tão apaixonada pela série que Pride and Prejudice tem media 10,00 no banco de séries. Escrevendo esse texto fiquei até com vontade de rever tudo de novo <3.

 

Eduardo Nogueira indica… SCANDAL

Maratona-ScandalFui descobrir realmente a existência dessa maravilhosa série no ano passado, e foi através dos meus amigos e colaboradores do site Anderson Narciso e Tony Faria que me senti incentivado em maratonar Scandal. Comecei a acompanhar a série quando todas as que eu assistia entraram em hiatus por conta do fim de ano, e logo de cara me apaixonei por Olivia Pope: uma personagem tão forte e poderosa, mas que por trás de uma imagem impecável, é uma mulher sensível e vulnerável. Esse foi um dos fatores que me prendeu logo de cara. No mesmo dia em que comecei a maratona já estava começando a segunda temporada (tudo bem que a primeira tem apenas oito episódios, mas mesmo assim). Shonda sabe prender o público, com tramas espetaculares, e isso me fez querer ver a série mais e mais, e assim fui indo. Por isso, vale e muito a pena maratonar Scandal. Uma dica: pega um dia que você esteja totalmente livre para assistir a primeira temporada, por ser bem curta. A segunda é bom administrar melhor o tempo, de preferência durante os períodos de hiatus. A terceira, que possui 18 episódios, siga o mesmo esquema de acompanhar com um tempo mais planejado para isso.

 

Paula Reis indica… ORANGE IS THE NEW BLACK

Maratona-OrangeEu indico Orange Is The New Black como uma boa maratona para fazer neste fim de ano, pois foi uma das mais rápidas que fiz. Recorde de uma semana. Isso acontece porque realmente OITNB é muito boa, a história é bem feita e te prende muito. A série é uma produção original da Netflix, facilitando e muito, pois você não precisa baixar nenhum episódio; eles estão todos lindamente na sua TV te esperando. E o melhor, um episódio começa logo em seguida do outro, com intervalos de segundos para respirar (é apenas o que você precisa mesmo entre um episódio sensacional e outro de Orange). Esta maratona vai ser breve, pois a série possui apenas, por enquanto, duas temporadas, com treze episódios cada uma. Orange Is The New Black é uma adaptação de um livro de mesmo nome, escrito por Piper, que é a nossa loira protagonista patricinha ryca, que vai parar em uma penitenciária feminina. Muitas coisas acontecem lá, mas o que mais me chamou atenção na série são as histórias paralelas, das outras detentas. Tem muito personagem legal e você realmente se envolve com eles. Nota-se, pois assisti tudo muito rápido. Por isso, recomendo a você, para aproveitar este hiatus de final de ano, para assistir esta série maravilhosa, que você não vai se arrepender. Muita risada, drama e emoção, enquanto aguardamos a terceira temporada ano que vem.

 

Janyne Bibs indica… BEING ERICA

Maratona-BeingEricaPor que maratonar Being Erica? Porque combina com o natal e festas de fim de ano! E não, não é uma série sobre uma das ajudantes do Papai Noel não! Imagine se você tivesse a oportunidade de voltar a seu passado e assim poder se livrar de todos os seus arrependimentos? Assim é o mote de Being Erica, série canadense que foi exibida durante 4 anos e que conta a história da protagonista que leva o nome da série, que tenta crescer com seus erros e arrependimentos. Daí você para e pensa: tem coisa mais “natalina feat. final de ano que esse lance de pensar nos erros cometidos durante o ano e tentar ao menos pensar em fazer diferente no ano que se inicia? Além do mais, Erica é o tipo de personagem completa, daquelas que toda pessoa que assistir (seja você jovem ou velha) irá se identificar, justamente por essa vontade instintiva de sempre buscarmos melhorar nossa condição enquanto seres pensantes! E fora que ela com certeza te dará (indiretamente ou não) dicas sobre o que fazer em algumas ocasiões! Então tá esperando o quê pra fazer uso da TV torrent e maratonar essa coisa linda que é a série?

 

Letícia Bastos indica… MY MAD FAT DIARY

Maratona-MyMadFatSou uma fã de pilotos, muitas vezes vejo só o piloto da série e deixo o resto para lá. E foi com esse objetivo que meu amor por My Mad Fat Diary começou. Assisti o piloto sem pretensões, e fiquei tão enlouquecida que engrenei o segundo episódio direto. O terceiro só não veio na sequência porque precisava voltar ao trabalho. Mas mesmo assim passei a tarde pensando na série, e quando cheguei em casa devorei o resto com uma facilidade incrível.  My Mad Fat Diary conta a história real (claro que com pitadas de ficção) de Ray, adolescente obesa que “volta à vida” depois de ficar meses internada em uma clínica psiquiátrica, após uma tentativa de suicídio. Agora com novos amigos ela quer se divertir, encontrar um grande amor e finalmente perder a virgindade – aliás, o modo com que ela lida com sexo é engraçadíssimo.  Mas a série é uma dramédia, então mesmo tendo muita coisa engraçada, tem muito drama, tem muita vida. Os coadjuvantes, minha outra paixão, são incríveis, reais, como aqueles amigos que encontramos por aí. Cheio de profundidade e leveza. Outra coisa incrível é a ambientação nos anos 90, e a nostalgia que isso dá.  E se você gostou de tudo que escrevi, mas bateu aquela preguiça de ver mais uma série saiba que, britânica como é, My Mad Fat Diary é bem curta. Até agora a série tem apenas duas temporadas com seis episódios cada. Ou seja, dá para você ver tudo bem rápido, e ficar na espera da terceira temporada que foi anunciada em novembro. E se mesmo assim você ainda ficou na dúvida, finalizo dizendo que o romance totalmente livre de clichês de Rae e Finn vale a série inteira.

 

É, com tanta série boa indicada para você maratonar, agora você não tem de reclamar sobre o vazio desse hiatus de fim de ano 🙂

Boa maratona!

Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

No comments

Add yours