Will Smith esbanja simpatia no Brasil e dispara: “Eu tinha de morar aqui”

Imagem: Netflix/Divulgação/Imprensa.
Imagem: Netflix/Divulgação/Imprensa.

[spacer height=”20px”]

Continua após publicidade

Will Smith, sem sombra de dúvidas, foi um dos grandes nomes da CCXP 2017. No domingo (10), as pessoas madrugaram na fila para conseguir entrar no painel Cinemark e garantirem um lugar no painel mais disputado do dia, que começava apenas às 17h.

O Mix de Séries garantiu o seu lugar e conseguiu assistir Smith esbanjar simpatia no auditório, logo após a exibição de Bright, filme que ele estrela na Netflix a partir do dia 22. “É uma mistura de Senhor dos Anéis com Dia de Treinamento“, ressaltou o ator. O drama sci-fi mostra a vida de um policial negro tendo de lidar com criaturas estranhas, nos dias de hoje. Mas engana-se quem pensa ser apenas mais um filme bizarro. Bright trata de temas como “cultura, raça e religião”.

Continua após publicidade
Imagem: Matheus Pereira/Mix de Séries.

[spacer height=”20px”]

O filme de David Ayer, o mesmo de Esquadrão Suicida, chamou atenção de Will Smith, que destacou ser o diretor um dos nomes “A” de sua lista. “David Ayer é um daqueles nomes que eu precisava trabalhar. Aquele tipo de trabalho que eu não posso recusar. Eu tenho alguns nomes como Ang Lee, Michael Bay e Christopher Nolan. Ayer está junto deles.”. Bright mostra a ação pela perspectiva de dois personagens que dividem a mesma viatura de polícia, o humano Daryl Ward (Smith) e um orc Nick Jacoby (Joel Egderton). Os personagens vivem em um mundo divido orcs, humanos, elfos e fadas coexistem, e as varinhas de condão são itens valiosíssimos.

Mas deixando o filme um pouco de lado, a presença de Will Smith, em si, foi um show a parte. O ator chamou atenção onde passou. E olha que até disfarçado na feira ele andou. Ao chegar no stand da Netflix dedicado ao filme ele retirou a máscara e, então, atraiu uma multidão de gente que começou a gritar  “Will, Will, Will“.

Continua após publicidade

O ator aparentava ser extremamente simpático, e em todas as palavras enaltecia a gratidão que tinha por tudo o que conquistou. Ele também se certifica de devolver com amor, tudo o que seus fãs lhe permitiram ter. Prova disso é que ele respondia a todos os acenos, gritos e pedidos.

Com coros que completavam com “Sil” ao seu chamado de “Bra”, Will Smith ainda cantou o tema de Um Maluco no Pedaço no painel, levando o público ao delírio. E ainda disparou: “Eu tinha de morar aqui“.

De fato, com uma recepção dessas, quem não quer?

Continua após publicidade

Criador do Mix de Séries, atua hoje como redator e editor chefe do portal. Especialista em SEO e construção de textos para internet, também atua como webwriter com foco em textos para o Google. Autor na internet desde 2011, passou pelos portais TeleSéries e Box de Séries. Fã de carteirinha de Friends, ER e One Tree Hill, é aficionado pelo mundo dos seriados. Também é fã de procedurais, sabendo tudo sobre o universo das séries Chicago, Grey's Anatomy, e séries de sucesso como La Casa de Papel e Lucifer. Também é fã da DC Comics, e acompanha produções inspiradas em personagens da editora, como Titans e até o mais recente produto da editora, Sweet Tooth.