Bake Off Brasil – 3×13 – A Última das Recalcadas

Imagem: Artur Igrecias/SBT

A estratégia que o SBT usa para divulgar e promover essa guinada para reta final do Bake Off Brasil é, no mínimo, muito curiosa. De um lado temos a exploração ridícula, desnecessária e exaustiva de uma pseudo-disputa entre a Marina e a Gigi, mas de outro lado temos a produção acertando em trazer o Chef Shimura mais uma vez. Entendo que barraco rende, haja vista que o programa rapidamente subiu aos trending topics do Twitter, mas a confeitaria é maior do que isso tal qual o formato importado dos ingleses.

Imagem: Artur Igrecias/SBT

Para prova criativa tivemos uma proposta muito interessante que me fez pensar, ou melhor, questionar o porquê esse reality show custa em desenvolver uma receita salgada. Sei que a proposta da confeitaria é de navegar pelo vasto (e maravilhoso) mundo dos doces, porém uma mudança de foco é essencial para trazer um frescor no momento certo. Digo isso porque a ideia aqui não poderia ter sido melhor – uma Schiacciata (tipo de Focaccia), sem contar que foi supervisionada por um dos chefs mais experientes de atrações gastronômicas da TV – o chef Rogério Shimura.

Adoro quando consigo aprender alguma coisa assistindo uma pessoa experiente e com dotes culinários espectaculares na televisão, afinal de contas, o papel deles não é de vender Cacau Show e sim de fazer alguma diferença na vida das pessoas através da arte de cozinhar. Algumas pontuações eu certamente levarei para vida, seja a dica do salame ressecado ou do alecrim queimado. O problema é que tudo isso acaba ofuscado pelas intrigas sem sentido que a direção encontra para explorar e jogar no ar.

Já na prova de eliminação a ideia foi de fazer um Drip Cake de Doce de Leite (imagem de dentro do post), que me animou ainda mais por ser uma receita simples, porém com um resultado lindo. Tenho que confessar a minha ignorância em afirmar que nunca tinha ouvido falar nesse tipo de bolo, mas não só me surpreendi, como também vou querer experimentar na próxima vez que for numa confeitaria. O desenvolvimento da prova foi curiosamente desastroso, mas o que mais chamou foi a produção do Bake Off Brasil fazer uma audição para o Big Brother Brasil, diria que foi até divertido ver o José tentando passar “uma ajudinha” para Gigi.

Quanto a eliminação, acredito que por mais que goste da Marina por uma série de razões, já está na hora de ser maduro e manter as pessoas que estão ali para levar essa competição com a seriedade que se precisa.

Por Bernardo Vieira

Comments

comments

About Team Mix Reality

#TeamReality no Mix de Séries é responsável pelos realities shows.
  • Bruno D Rangel

    Eu ainda não consigo acreditar que não eliminaram a Gigi depois de três semanas entre as piores.

    • Eduardo Nogueira

      Gigi é a nova Paula da disputa, kkkkkkkk

  • Daniel Gonçalves de Amorim

    Sendo bem sincero, a eliminação de Marina foi justa. Não porque ela “não levava a competição a sério”, como o autor do texto disse. Aquelas brincadeiras que a Marina faz são apenas para desanuviar, uma forma que ela encontrou para se sentir relaxada, embora concorde de uns tempos pra cá ela estava passando um pouco do limite. A verdadeira razão pra mim foi pelo desempenho geral nas provas, tanto dessa semana quanto das passadas, bem mediana pra ruim. Nas provas em geral, pra mim, ela estava melhor do que Gigi, mas como Gigi já havia conquistado o título de mestre confeiteiro (graças a prova técnica mais fácil disparado) e não precisou de repescagem, os jurados optaram por preservá-la. Mas da semana que vem, a cobra de lencinho não passa, pra mim isso é certeza.