Crítica: Caça às bruxas vira um grande aprendizado no episódio 2×04 de Timeless

Imagem: Divulgação/NBC

Nem Jessica e nem Flyyn foram os grandes destaques desta semana. Aprendemos, mais uma vez, que Timeless tinha de ser uma série obrigatória para o ensino médio.

Lembro das primeiras críticas da série, quando eu dizia que ela deveria ser veiculada nas escolas de tão bons ensinamentos que passa. E, fato é, que depois de exatos 20 episódios, Timeless tem se mostrado digna deste mérito. Mesmo em um capítulo que tinha tudo para ser centrado em dramas amorosos e de inimizade, o viés histórico se sobressaiu. Não estamos falando de algo tão bom quanto semana passada, mas de uma manutenção de boa qualidade na telinha. Isso é raro em programas na TV hoje em dia.

Salem, Massachusetts, 22 de setembro de 1962. Ápice dos julgamentos e extermínios de mulheres acusadas de bruxaria. Ano também em que Abby, mãe do famoso Benjamim Franklin, seria também acusada, graças a interferência de Rittenhouse. Ou melhor dizendo, devido a presença da mãe da Lucy. Fica evidente o conflito pelo qual ela está passando pela filha. Agora ela será obrigada a ficar afastada e decidir em qual lado vai ficar. Uma decisão que influenciará sua vida para sempre.

Enquanto isso em 2018, Jéssica e Wyatt têm os seus problemas…

Bem diferente do que o nosso herói poderia prever, as coisas estão difíceis com a volta da sua esposa. Primeiro porque parece que ela sofreu muito na linha do tempo que ele não conhece. Segundo porque Wyatt tem sentimentos verdadeiros por Lucy. E, por fim, agora eles têm de retomar um amor que ambos não sabem como de fato está dentro de cada um. Como isso foi obra de Rittenhouse, nossa, seria ÉPICO se ela fosse uma pessoa infiltrada lá dentro das Indústrias Mason. Estou numa torcida fervorosa.

E como a série só tem mais seis episódios, é melhor as coisas acontecerem rápido.

O capítulo cinco vai marcar o meio da segunda (e certamente última) temporada. Já estamos vendo os acontecimentos serem contados em uma narrativa diferente dos primeiros capítulos. Agora é hora de sabermos quem vai levar a melhor e nos aprofundarmos mais nos problemas da Jiya. Ela não pode ser simplesmente ignorada como agora. Essa negligência com alguns núcleos é muito ruim, pois nos deixa sem uma boa continuidade. Só lamento a esse respeito.

TIMELESS HISTORY: A série poderia facilmente ser transferida para o History Channel. E me arrisco a dizer que iria gostar mais se assim fosse.
TIMELESS HISTORY: Oito homens e mulheres: Martha Corey, Alice Parker, Mary Parker, Margaret Scott, Mary Eastey, Ann Pudeator, Wilmot Redd e Samuel Wardwell foram enforcados acusados de bruxaria em 22 de setembro de 1962.
TIMELESS HISTORY: Obrigado novamente, NBC, por renovar meus conhecimentos e esperanças de bons dramas na TV.

The Salem Witch Hunt

Nota do Episódio - 8

8

Review do quarto episódio da segunda temporada de Timeless, da NBC, intitulado "The Salem Witch Hunt".

User Rating: Be the first one !

About Wellington Torres

Oi, eu sou o Well. Jornalista, amante de séries, animes e totalmente ligado na cultura geek. Responsável pelas reviews de 3% (Netflix), House of Cards (Netflix), Marvel's Iron Fist (Netflix), Shooter (Canal USA), Timeless (NBC), Once Upon a Time (ABC) e Westworld (HBO).