Crítica: Once Upon a Time faz maravilhas com Alice no episódio 7×14

Imagem: Divulgação/ABC

Não achava que o potencial da Alice fosse tão grande quanto o mostrado essa semana. Mas, companheiros, a menina tem tudo para ser um dos maiores acertos da temporada!

Alice foi o foco de A Garota da Torre, 14º episódio de OUAT em sua reta final. De começo, ao vê-la ali com o “chapeleiro” tomando chá, achei que seria algo bem água com açúcar. Porém como é bom estar enganado. Não demorou muito para descobrirmos a forma que ela saiu da torre. Embora a magia dela justifique essa saída, achei meio forçado. Se só era arrancar o teto, porque ninguém pensou nisso antes? Esperava uma mandinga maior da Mãe Gothel!

Também descobrimos como ela e Robin se conheceram na Floresta Encantada. É lindo ver as duas. Eu não as colocaria como um casal na série, mas como melhores amigas, porém é inegável como elas trabalham bem juntas. Essa dupla em Seatle finalmente se encontra e de uma maneira incrivelmente fofa. Margot, recém-chegada do Tibet, vem recuperar de Zelena um pouco da atenção que abdicou ao fugir. Aí entra algo mágico, que é ver as irmãs Regina e Zelena com os dilemas de seus filhos. Muito bom!

Assuntos inacabados sim, porém, A Garota do Torre foi o melhor episódio “filler” da temporada!

Imagem: Divulgação/ABC

Foi um episódio lindo que sacramentou Alice, tanto na EF quanto na Cidade H, como uma das melhores personagens dessa temporada. A atriz sabe colocar o sentimento na cena, ao chorar e rir na medida certa. Suas cenas com o Nook foram boas e ela ter ido morar com ele no final, nossa, que surpresa agradável!

Quanto ao tema secundário, Dr. Facilier abriu o jogo com Regina e declarou estar em busca da adaga do Rumpel. Querem saber minha opinião? Tarde demais para inserir isso na história, mas, já que é um fato, que seja bem feito. Seria ele o guardião procurado pelo Gold todos estes anos? Sei não, mas essa coisa repentina não me parece bacana. Só conseguiremos entender isso melhorar nos flashbacks, que estão, de longe, melhores do que os contos atuais.

Vale dizer também: Ivy e Henry poderiam ter um envolvimento. Funcionaria muito bem!

Vale dizer também 2: Rumpel não apareceu. E, na real, nem fez falta. E isso é horrível!

Vale dizer também 3: Está nítida a pressa para fechar acontecimentos que poderiam ter sido explicados no início da temporada.

Vale dizer também 4: Henry então. Olha… completamente descartável no 7×14.

The Girl in The Tower

Nota do Episódio - 8

8

Review do décimo quarto episódio da sétima temporada de Once Upon a Time, da ABC, intitulado "The Girl in The Tower".

User Rating: 4.55 ( 1 votes)

About Wellington Torres

Oi, eu sou o Well. Jornalista, amante de séries, animes e totalmente ligado na cultura geek. Responsável pelas reviews de 3% (Netflix), House of Cards (Netflix), Marvel's Iron Fist (Netflix), Shooter (Canal USA), Timeless (NBC), Once Upon a Time (ABC) e Westworld (HBO).