Departamento de Justiça dos EUA aprova compra da Fox pela Disney; saiba mais

21st Century Fox, Disney, Compra, Departamento de Justiça,
Imagem: ABC/Divulgação; Walt Disney Pictures/Divulgação; NBC/Divulgação; 20th Century/Divulgação

Governo dá sinal verde para Disney

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos anunciou nesta quarta-feira (27) que a Disney poderá comprar parte da 21st Century Fox, mas com uma ressalva. As informações são da CNN, The Wall Street Journal, CNBC e Broadcasting & Cable.

A unidade anti-trust do órgão federal impôs para Disney, como condição para validar o acordo, a venda dos 22 canais esportivos regionais da 21st Century Fox. “Consumidores americanos têm se beneficiado muito da competição dos canais da Fox e Disney que preveniu os grandes canais a cabo de aumentar os preços,” disse o Procurador Geral-Assistente, Makan Delrahim, responsável pela divisão anti-trust.

O acordo de hoje vai permitir a preservação na competição de programação esportivas em mercados locais onde a Disney e a Fox competem por distribuição a cabo ou por satélite,” completou. O anúncio não é uma grande surpresa. Na verdade, tanto a Disney quanto a Comcast já tinham anunciado a disposição em renunciar de tais canais como condição para aprovação.

Mesmo sendo um grande passo em direção a Disney adquirindo parte da Fox, ainda há alguns desafios pela frente. De acordo com o The Wall Street Journal, a Comcast não desistiu. Isso porque eles estariam conversando com empresas de capital privado para proporem uma oferta conjunta de 90 bilhões de dólares. Ainda não há nenhuma previsão de quando isso pode acontecer.

Continua após a publicidade

E agora?

O problema é que a Fox parece já ter tomado uma decisão. Em reunião com seus acionistas e investidores, a 21st Century Fox indicou que há riscos do governo federal travar qualquer acordo com a Comcast. Seja em virtude de canais esportivos ou da Hulu, cujo controle a Comcast passaria de 30% para 60%. Ninguém quer ter os problemas que a AT&T teve em adquirir a Time Warner.

Qual próximo passo? A reunião dos acionistas da Fox na sexta-feira, 27 de julho. É nesse dia em que haverá votação para decidir se o conselho da empresa vai aceitar (ou rejeitar) a proposta de 71 bilhões da Disney. Todos os caminhos indicam que a Disney prevalecerá, mas tudo pode acontecer.

Vale lembrar que a 21st Century Fox está vendendo: 20th Century Fox TV; 20th Century Fox, Fox Star Studios, FX Networks, National Geographicações internacionais (como a América Latina), 39% da Sky e 30% da Hulu. No caso do Brasil, o CADE ainda precisa anunciar uma posição acerca do acordo.

About Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.