Guardiões da Galáxia Vol. 2: mais um grande acerto da Marvel

Imagem: Marvel

Um dos filmes mais aguardados do ano finalmente chegou e para ficar nas memórias dos fãs de HQ como o melhor filme do universo Marvel. Guardiões da Galáxia Vol. 2 consegue superar todas as falhas de Batman vs Superman, Esquadrão Suicida e Os Vingadores ao mostrar como uma equipe realmente deve trabalhar para salvar o mundo ou universo. É incrível quanto os integrantes dos Guardiões da Galáxia conseguem se completarem e são importantes para a história do segundo filme. Eles se completam e cada qualidade e defeito os tornam especiais como um grupo.

Esqueçam todos os trailers vistos até agora, pois o filme consegue nos surpreender de tal forma que a sensação que sentimos quando acaba é a de “quero mais”. A construção da história envolvendo o pai de Peter Quill é magnífica e, sem dúvidas, um dos pontos altos do filme. Eu estava meio receosa com o surgimento do planeta Ego e como seria contado a história do pai de Peter, mas acabei tendo que aplaudir de pé James Gunn e sua equipe por me proporcionar momentos únicos e jamais vistos no cinema. Repleto de ótimas sacadas dos anos 70 e 80 e com um excelente visual alegre, a nova aventura dos guardiões mais amados do momento consegue nos deixar sem folego. Os efeitos visuais também merecem todo o destaque e a sensação que eu tive foi de estar vivenciando cada momento dos personagens com eles.

Eu ri, gritei, torci e chorei com os guardiões o filme inteiro. Sem mencionar a trilha sonora que foi perfeita. Para quem é fã de boa música e ótimas tiradas, Guardiões da Galáxia Vol. 2 é o filme perfeito. Não tem como não sair do cinema com aquela sensação de felicidade plena. O filme merece todo o reconhecimento e conseguiu algo único: superar o primeiro. Sim, quando um filme é tão bom, existirá comparações com a sua continuação e aquele sentimento de medo é comum, porém, após ver a continuação, podemos concluir que a expectativa foi superada e os roteiristas conseguiram alcançar todos os seus objetivos.

Imagem: Arquivo Pessoal

O filme não é só sobre o Senhor das Estrelas em encontrar o seu pai, mas sim sobre como dar continuidade na relação entre os guardiões. Eles não são amigos, mas sim uma família e isso é algo que o torna tão especial. Ninguém rouba mais espaço que o outro e todos os personagens tem a sua devida importância na trama. Ah, e é claro que o Baby Groot acaba sendo a sensação do filme, mas nada que deixe os outros membros de escanteio. A forma como colocaram Yondu e Nebula para salvar a galáxia novamente foi incrível e não deixou a falhar em nenhum momento.

Mesclando drama com humor, Guardiões da Galáxia Vol. 2 é mais um acerto do universo Marvel e tem tudo para arrematar altas bilheterias. O filme consegue nos prender do começo ao fim e todo a história envolvendo Ego e o Senhor das Estrelas é surpreendente. Só senti falta de algo mais não verbalizado entre Peter e Gamora, mas eu aceito diante do conteúdo da obra. Guardiões da Galáxia Vol. 2 é aquele tipo de filme que você assistirá mais de uma vez e terá aquela sensação de alegria. Agora só teremos que aguardar a ansiedade para vermos Peter, Gamora, Drex, Rocket, Mantis e Baby Groot novamente. E não saiam do cinema antes dos créditos terminarem, pois o filme contém várias cenas pós créditos – cinco no total, que deixam qualquer um com um sorriso bobo de ponta a ponta.

Para mais notícias, informações e reviews não deixem de acompanhar o Mix de SériesWe are Groot!

Nota do filme - 10

10

User Rating: Be the first one !

Comments

comments

About Gabriella Siggia

Quem eu sou? Eu sou uma em um milhão: escritora nas horas vagas, seriadora de coração, cinemática de plantão e amante da literatura. Divertida, alto astral e bastante bem humorada. Só não achei ainda minha outra pessoa. Ah, música faz parte da minha vida.