Ringue Mix: as grandes decisões de Suits e Scandal

Imagem: ABC/USA

O Ringue Mix desta semana está menos arriscado se compararmos com a coluna mais recente entre os melhores plantões médicos da televisão, mas isso não quer dizer que o confronto entre Suits e Scandal é menos ousado, picante e emocionante do que nossos companheiros da medicina. Preparados?

Antes de mais nada, entretanto, é importante ressaltar que ambos os competidores possui credenciais importantes. De um lado temos uma das firmas de advogados mais poderosas de Chicago, enquanto do outro uma firma de relações públicas que esconde desde a amante misteriosamente morta do Senador em reeleição até mesmo “dá um jeito” numa eleição competitiva em Ohio.

OS COMPETIDORES

De um lado do tatame….

Imagem: ABC/Divulgação

Scandal
7 temporadas (109 episódios)
2012 – atualmente
Criada por: Shonda Rhimes

Uma das principais qualidades de Scandal é o fato de ter estreado em 2012 sem nenhuma perspectiva. Sua primeira temporada teve apenas oito episódios e a ABC, muito menos Paul Lee [o responsável pela programação à época], esperavam que a série fosse muito longe, sequer que se tornaria um fenômeno nacional e chamaria a atenção do então primeiro casal, Barack e Michelle Obama, fãs convictos do drama.

Do outro lado…

Imagem: USA Network/Divulgação

Suits
7 temporadas (103 episódios)
2013 – atualmente
Criada por: Aaron Korsch

Assim como Scandal, Suits chegou sem muito alarde. Era mais uma série jurídica, muitos críticos escreveram após assistir um episódio piloto que realmente não trazia muitas novidades. Felizmente, o tempo passou, a série cresceu, desenvolveu-se e mostrou a todos a que veio, sua qualidade e (principalmente) uma inteligência inquestionável para falar de leis. E não, não precisa ser formado em Harvard.

Resultado de imagem para fight png

Como foi visto na apresentação, esses dois gigantes da televisão estão em plena forma física apesar da idade. É bem verdade que um deles (Scandal) já anunciou sua aposentadoria no final do ano, prometendo uma das suas melhores lutas até aqui para despedir-se em grande estilo. Suits, por sua vez, vem recuperando fôlego gradativamente após algumas escorregadas recentes, renovando sua equipe técnica nos últimos meses e falando em estar plenamente capaz de vencer qualquer disputa.

As cidades que ambas as séries se desenvolvem são praticamente um protagonista e merecem indiscutivelmente, um destaque. De um lado, Scandal trabalha boa parte da sua narrativa em Washington D.C., capital dos Estados Unidos que Donald Trump adora adjetivar como “lodo”, mas que foi usada por Olivia Pope para mostrar seus músculos, fazer uma mágica midiática – que muitos duvidariam – e encontrar o amor da sua vida, o Presidente da nação. É verdade que raros momentos utilizou-se dos prédios históricos da melhor maneira, mas para quem visitou D.C., sabe que pequenos recortes são suficientes para tirar o fôlego.

Suits, por outro lado, usa e abusa muito bem da antagônica, diversificada e surpreendente Chicago. Quantas vezes o telespectador ficou impressionado com aqueles arranha céus, deslumbrado com a beleza do Chicago Riverwalk ou com a grandiosidade das cortes utilizadas por Harvey e Louis para sua sustentação oral. Falando neles, há de se ressaltar as grandes armas que esses dois dramas possuem  – seus protagonistas.

Enquanto Scandal é amplamente conhecida pela força de uma mulher negra, emponderada, inteligente, sagaz, destemida chamada Olivia Pope à frente, Suits têm dois homens de gerações diferentes, com formação jurídica impecável e de ternos super, ultra bem cortados. É impossível definir qual manda chuva é o melhor já que os três comandam suas histórias com pulso firme, originalidade e sempre com uma mensagem positiva (e até moralmente questionáveis) para o telespectador.

Resultado de imagem para fatality logo

Com histórias semelhantes, protagonistas fortes, figurinos caros e panos de fundo de tirar o fôlego, o ponto determinante nessa disputa esta na maneira na qual ambas as séries evoluíram, ou seja, a consistência das duas. Enquanto Scandal apresentou três temporadas fortes, sensacionais e espetaculares enquanto a outras foram boas, Suits conseguiu se manter firme durante suas sete temporadas.

Já em relação a condução da trama, ambas as séries têm suas particularidades. Enquanto uma busca manter o telespectador envolvido a partir de flashbacks, flashforwards e reviravoltas mirabolantes (lê-se Scandal), a outra (Suits) constrói uma narrativa plana, simples e bem bolada, mas com uma condução forte que não perde e o ritmo e consegue entreter durante as desafiadoras temporadas de 16 episódios. É verdade que o carismo dos personagens principais ajuda, mas a maneira na qual a história se desenvolve certamente é o que faz Suits ser melhor nesse sentido.

E o vencedor é….

Foi muito difícil determinar um vencedor dessa disputa, até porque ambas moram no coração deste que vos escreve, mas quando analisamos o envelhecimento de Scandal e Suits é evidente que a última conseguiu manter uma certa sobriedade até sua sétima temporada. O fato de uma estar na TV aberta e sofrer sanções de órgãos reguladores enquanto outra goza dos benefícios de poder falar, e fazer qualquer coisa, na TV a cabo contribui (e muito) para esse resultado.

About Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.