12 fatos que você não sabia sobre The Mentalist

As curiosidades sobre a série de sucesso The Mentalist

The Mentalist

The Mentalist foi um dos maiores sucessos da televisão nos anos 2000/2010. Protagonizada por Simon Baker, a série unia o que havia de melhor nos procedurais de mistério com um mitologia sólida. Com personagens carismáticos, o show se tornou um dos melhores, mais respeitados e assistidos dramas da TV aberta. Com sete temporadas, The Mentalist é relembrada e assistida até hoje. Trazemos, então, 12 fatos que você não sabia sobre a série.

Continua após publicidade

Ator de novelas

Simon Baker, na verdade, não é americano. O ator que protagonizou o sucesso da TV nasceu e foi criado na Austrália. Sua carreira de ator começou em novelas. Sim, novelas com as que temos aqui no Brasil e fazem enorme sucesso. Seus primeiros trabalhos foram em Heartbreak Kid e Home and Away. Baker então se mudou para Los Angeles e teve um espaço no sucesso da CBS, The Guardian. Logo depois, conquistou o papel que o lançou no mundo: O Mentalista.

Continua após a publicidade

Episódios vermelhos e chá preto

Todos os episódios da primeira até a quinta temporada envolve a cor vermelha. Todo o uso da cor leva até a captura e morte do notório serial killer Red John. Note o nome dos episódios e veja como o roteiro trata de misturar a cor aos temas dos capítulos. Além disso, você deve ter percebido que Patrick Jane está sempre com um copo na mão. É um chá preto da China. O detalhe é que na China ele é chamado de chá vermelho.

Continua após publicidade

Leia mais: O Gambito da Rainha: 10 fatos escondidos que você não percebeu

Sem casalzinho 

Quando Bruno Heller, criador da série, começou a escrever o piloto, Lisbon e Jane não deveriam ficar juntos. A ideia dos protagonistas se tornarem um casal nunca passou pela cabeça do roteirista em 2008, quando o projeto foi aprovado pelo canal. Isso é interessante pelo fato de que várias outras séries também negavam o amor dos protagonistas até juntá-los em algum momento da história. Fox Mulder e Scully também não deveriam namorar, e veja no que deu…

The Mentalist tem elenco internacional

Além de Baker ser australiano, outra estrela do show vem de fora dos Estados Unidos. Owain Yeoman (Wayne Rigsby) é do País de Gales. Como o ator permanecia do personagem mesmo quando as câmeras estava desligadas, seus parceiros de elenco não faziam ideia de que ele não era americano. Ele também teve papeis em Troy e Kitchen Confidential. 

Continua após publicidade

Um longo mistério…

O mitério de Red John foi tão longo porque os criadores simplesmente não conseguiam decidir quem ele era. Aparentemente existiam três ou quatro possibilidades para a identidade do assassino. Eventualmente, o segredo foi revelado e a identidade foi conhecida pelos fãs. Em resumo, a história começou sem ter um final, muito menos a face do principal vilão. Coragem.

Final trágico em The Mentalist

Muito embora Lisbon e Jane tenham um final feliz, Simon Baker tinha outros planos para o fim do casal. “Jane sempre foi um personagem trágico. Para mim, só pareceria certo se houvesse um tipo de final trágico para ele”, afirmou o astro. 

Bebê a bordo

Amanda Righetti estava grávida durante as filmagens da quinta temporada da série. Mas como sua personagem, Grace Van Pelt, não estava saindo com ninguém na história, a equipe teve que se virar e ser criativa. Assim, não estranhe ao ver a moça muito sentada ou escondida atrás de mesas e objetos. Eles estavam apenas escondendo a barriga.

Estrela para a estrela

Simon Baker ganou sua estrela na Calçada da Fama em 2013. O Mentalista estava em sua quinta temporada. A homenagem foi apresentada pelo criador do show, Bruno Heller e Naomin Watts, famosa atriz que é uma das melhores amigas do ator. Baker agradeceu sua parceira de cena, Robin Tunney, por fazer cada dia de trabalha uma dádiva. 

The Mentalist e Naomi

Por falar em Naomi Watts, a atriz e Baker são grandes amigos. Eles estrelaram juntos em O Chamado 2, mas originalmente se conheceram quando o ator começou a namorar a melhor amiga de Watts, Rebecca. Mas os amigos nem sempre se deram bem. No início, Watts “odiava” Baker, pois ele estava sempre “interrompendo” o momento das meninas. Naomi queria sair com a amiga que, por sua vez, queria ver o namorado. Hoje, Watts é madrinha do filho de Simon e Recebba.

Química de amigos

A química entre Lisbon e Jane foi fácil porque a dupla é muito amiga na vida real. Baker e Tunney são grande amigos, e sua relação fora das câmera tornou o processo muito mais fácil. “A sugestão, o carinho, enquanto a relação progredia, é muito o que vivemos na vida real. Só mostra o quão confotáveis nos sentimos um com o outro”, afirmou Tunney. “Tem pouca atuação envolvida. Somos sortudos.”

The Mentalist inspirou livros

O show era tão popular que inspirou livros. David Daniel, fã e professor de psicologia, escreveu The Mentalist Code e Search for Red John. Não é de se surpreender, já que a persona de Jane, bem como seus métodos, são envolventes e complexos. Como ele trabalha? Como ele vê os detalhes que vê? Jane é tão interessante porque ele parece um Sherlock Holmes calcado em ciência e truques muito bem firmados na realidade.

O carro de Jane

Simon Baker escolheu o famoso carro de Patrick Jane pessoalmente. O personagem é visto com frequência dirigindo um belo Citroën DS, um carro francês dos anos 1950. O objetivo era que Jane dirigisse algo fora do comum, belo, mas fora do normal. Muito semelhante ao próprio personagem.

Gaúcho, estudante de jornalismo e viciado em séries. Tem séries pra assistir de mais e tempo de menos. Séries favoritas? Six Feet Under e Breaking Bad.