14×05 de Blue Bloods trouxe pressão política em Frank

Review com spoilers do quinto episódio da décima quarta temporada de Blue Bloods, que traz discussão sobre sindicato e policiais.

Blue Bloods 14x05 review
Imagem: Divulgação.

O 5º episódio da 14ª temporada de “Blue Bloods” foi intenso. Ele jogou luz sobre as complexidades e dilemas enfrentados pelo Comissário de Polícia Frank Reagan, interpretado com a habitual profundidade por Tom Selleck.

O episódio, intitulado “Desafios do Comando”, tece uma narrativa repleta de pressões políticas e decisões éticas, servindo como um microcosmo dos desafios enfrentados por Frank ao longo da série.

Debate de sindicalização de policiais ganha espaço em Blue Bloods

A trama principal girou em torno do debate sobre a sindicalização dos policiais. Essa, uma questão que coloca Frank em uma posição delicada, tendo que navegar entre os interesses políticos e o bem-estar de sua equipe.

A chegada de um rosto familiar, interpretado por Tate Donovan, acrescenta uma camada de tensão ao episódio, pressionando Frank a tomar uma posição clara sobre a questão sindical. Mas a habilidade de Frank em lidar com as pressões externas enquanto mantém sua integridade é posta à prova. Refletindo, assim, o dilema moral no coração da série.

Saiba mais sobre Blue Bloods:

Enquanto isso, a trama secundária traz Erin Reagan, interpretada por Bridget Moynahan, em uma investigação de corrupção no mundo das corridas de cavalos. A tensão entre fazer o que é correto e atender às expectativas do sistema judicial proporciona um contraponto intrigante à história principal. E que destaca a linha tênue entre justiça e dever.

O episódio também reserva espaço para Danny Reagan, papel de Donnie Wahlberg, cujo enredo aborda a complexidade das relações entre a polícia e a comunidade, particularmente no contexto de gangues e crime organizado. A interação entre Danny e um antigo rival, Sonny, destaca a capacidade de redenção e a importância de segundas chances, um tema recorrente na série.

Resolução ganha espaço

Blue Bloods 14x05 review
Imagem: Divulgação.

Um dos pontos altos do episódio é a resolução surpreendente da história de Jamie Reagan, interpretado por Will Estes, que, apesar de suas ações desafiadoras, recebe uma promoção inesperada. Esse desfecho sublinha a valorização da liderança assertiva e da iniciativa individual dentro da narrativa da série, mesmo quando confrontada com a rigidez hierárquica.

“Desafios do Comando” brilha ao equilibrar as tramas individuais dos personagens com a narrativa coletiva da família Reagan. Mantendo, dessa forma, a série ancorada em seus temas centrais de lealdade, ética e justiça. Apesar de alguns momentos de confusão, especialmente em torno das posições de Frank sobre a sindicalização, o episódio consegue transmitir a complexidade das escolhas enfrentadas pelos personagens em seu dia a dia. E isso serve para manter os espectadores envolvidos e reflexivos.

Em suma, o 5º episódio da 14ª temporada de “Blue Bloods” é uma adição valiosa à saga da família Reagan. Oferecendo um olhar profundo sobre os desafios de liderar em um mundo repleto de cinzas morais. Com atuações sólidas e uma trama bem construída, o episódio reafirma a relevância de “Blue Bloods” como uma série que não tem medo de explorar as complexidades do trabalho policial e das relações familiares.

Sobre o autor
Avatar

Matheus Pereira

Redação

Jornalista, curioso e viciado em cultura. Escreve há quase 10 anos no Mix e Six Feet Under é sua série favorita.

Baixe nosso App Oficial

Logo Mix de Séries

Aproveite todo conteúdo do Mix diretamente celular. Baixe já, é de graça!