23×05 de Law & Order: SVU faltou ousadia, mas teve acerto

Episódio pecou na ousadia, embora Law & Order SVU tenha acertado no tema!

Fast Times @TheWheelhouse, Law & Order: SVU
Imagem: Virginia Sherwood / NBC
Continua após publicidade

Como fã de Law & Order: SVU, vejo todos os episódios como necessários. Os temas são importantes. As discussões são notáveis e as mensagens, por mais frustrantes que as resoluções sejam, são pontuais. Mesmo assim, acredito que o episódio possui um valor diferente para este que vos escreve.

Continua após publicidade

Dediquei minha dissertação à influência das redes sociais no tribunal do júri. Um dos debates deste episódio que, mesmo tímido, acredito que serviu para fazer com que o telespectador entenda os enormes desafios que os novos tempos trazem. Quais problemas e acertos? Vamos discutir!

Em “Fast Times @TheWheelhouse“, temos um grupo de jovens que monetiza sua farta testosterona em redes sociais como Instagram e TikTok. Eles moram numa casa, a tal Wheelhouse do título, onde diversos influenciadores digitais comungam das mesmas estratégias e práticas.

Continua após publicidade
Continua após publicidade

O problema é que os líderes desse grupo usam a proposta da casa para abusar de jovens ambiciosas (e deslumbradas) pela promessa de fama instantânea. Uma das vítimas, contudo, toma coragem e compartilha sua experiência na internet. A partir daí é Olivia Benson (Mariska Hargitay) ao resgate.

Fast Times @TheWheelhouse, Law & Order: SVU
Imagem: NBC / Divulgação

Arranhando a superfície

A proposta, à primeira vista, é realmente muito boa. O problema é a construção da narrativa, que é incrivelmente falha e ruim. O roteiro prefere apelar à superficialidade do que realmente apresentar algo surpreendente e significativo. Um estupro aconteceu numa casa com influenciadores digitais e as redes sociais tumultuaram tudo.

Continua após publicidade

Leia também: 23×04 de Law & Order SVU manteve o foco

Mas e aí? Onde está o restante da história? Nós já vimos essa estrutura no caso do O.J. Simpson, irmãos Menendez, assim como o assassinato do Versace e por aí vai. É só trocar o TikTok pela CourTV que as semelhanças estão absurdamente claras. Dessa forma, não há nada de novo, infelizmente.

Continua após publicidade

Acredito que faltou ousadia e ambição por parte dos roteiristas em ir além. Abrir uma discussão sobre algoritmos, por exemplo. Afinal, porque esses canais extremamente tóxicos e de baixa qualidade têm mais engajamento do que criadores de conteúdo negros e LGBTQIAP+? São discussões do momento que estão no noticiário. Por que não tratar disso?

Continua após publicidade
Fast Times @TheWheelhouse, Law & Order: SVU
Imagem: NBC / Divulgação

Law & Order: SVU e seus atores apáticos

Outro problema que me incomoda profundamente são os atores convidados, aqueles que interpretam os vilões e as vítimas, sabe? Pois bem, eles continuam péssimos. Aliás, lembro que foi Law & Order: SVU que apresentou Viola Davis ao mundo. Só para citar um pequeno exemplo da importância dessa série para indústria. Mas, à luz da conjuntura econômica, preferem pagar intérpretes péssimos para viver personagens que horas depois esqueceremos. Ou seja: atrapalha a qualidade do episódio.

Continua após publicidade

No entanto, entendo que é caro e inviável chamar, por exemplo, Jane Levy para fazer uma ponta. Contudo, acredito que há atores muito bons em escolas cênicas de Nova York que mereceriam uma atenção. Ou melhor, uma chance. É preciso, para o bem dos futuros episódios, que a produção resolva esse problema. Além disso, há intérpretes excelentes lá fora, basta procurar e se esforçar um pouquinho mais.

Continua após publicidade

Em suma, Law & Order: SVU acerta no tema. Inegável e indiscutível. O problema é o desenvolvimento, a formulação, construção, assim como apresentação da história. Não há riqueza intelectual. Não há nada de novo ou de inovador. É sensacional, confesso, ver uma série que estreou quando Bill Clinton ainda era presidente, colocando TikTok em voga. Mas é preciso que isso seja feito com propriedade, assim como inteligência.

E então, o que você achou?

Nota: 3/5