9×10 de Chicago PD deu o pior pesadelo para Ruzek e Burgess

Episódio de retorno nos EUA para Chicago PD trouxe caso agoniante, com reviravoltas em trama de Burgess e Ruzek.

Chicago PD review 9x10
Continua após publicidade

Chicago PD está de volta com mais inéditos da nona temporada nos Estados Unidos, com este décimo episódio dando início a novas histórias.

Continua após publicidade

Após superarem todos os conflitos envolvendo Voight, Upton e Jay, chegou a hora de entrarmos em novas histórias. E, ao que parece, este será o momento de Ruzek e Burgess terem destaque.

O décimo episódio da nona temporada teve desdobramentos intrigantes, além de um caso que prendeu do início ao fim.

Continua após publicidade
Continua após publicidade

Desaparecimento de garota agita o Distrito 21

Preciso ressaltar que há tempos eu não via um caso da semana de Chicago PD que prendesse tanta atenção como o do desaparecimento da garotinha desta história.

Leia também: O chocante motivo por que Sophia Bush deixou Chicago PD

A Inteligência pegou para investigar o sumiço de uma menina de 7 anos, que gostava de praticar caratê e que ficava sempre sozinha no quintal treinando, longe dos olhares da mãe.

Continua após publicidade

O desespero da família foi agoniante, principalmente porque eles estavam muito aflitos, querendo encontrar a menina. Mas, quanto mais tempo passava, menos eles tinham esperança de que isso iria acontecer.

Continua após publicidade

Outro ponto muito interessante do caso na série foi a rede de ped0filos que a Unidade foi interligando, mostrando como que a investigação deles partiram de uma suposição, mas que levou a uma dica certa.

Continua após publicidade

Aliás, este episódio também utilizou a estratégia de “enganar” o público com um suspeito, mas, na verdade, ser aquele outro que a gente nem imaginava. No fim, a garotinha foi salva, mas o caso dela teve um impacto ainda maior em dois personagens de Chicago PD.

Continua após publicidade
Chicago PD 9x10
Imagem: Divulgação.

Ruzek e Burgess estabelecem limites

Este episódio de Chicago PD, em si, também serviu para destacar Burgess e Ruzek, como disse mais acima. De início, vimos Ruzek passando pelo constrangimento de ser impedido de levar Makayla embora da escola e necessitando de Burgess aparecer no local.

Continua após publicidade

Leia também: As piores coisas que os irmãos Halstead fizeram em Chicago PD

Claro que isso despertou uma curiosidade em Ruzek, sobre o papel dele na vida de Makayla. E ele chegou a questionar Burgess, se ela não havia enviado os papéis autorizando o policial a buscá-la no colégio. Pois bem, Burgess desconversou, mas acabou falando que talvez fosse melhor que eles criassem limites no contato do policial com garota.

Eu achei que, em partes, Burgess fez boas colocações. Afinal, a dupla não namora mais e manter Ruzek por perto só confundiria ainda mais Makayla. Lembrando que ela já passou por muita coisa, então, Burgess tem um ponto.

Só que Ruzek, claro, não aceitou muito bem isso, até porque ele gosta muito da garotinha e quer estar presente na criação dela. Então, qual a solução que eles encontraram? Burgess propôs se mudar para um apartamento maior, de três quartos, e Burgess e Ruzek serem “colegas de quarto”, criando Makayla.

Que ideia mais sem pé nem cabeça, ? Ou eles reatam, ou eles de fato estabeleçam os tais limites. Já pensou, Ruzek começar outro namoro, e como ficaria Burgess na jogada com Makayla? Até mesmo a própria Burgess pode ter outro relacionamento. Seria estranho, então não sei se essa ideia resultaria em algo bom.

Chicago PD 9x10
Imagem: Divulgação.

Pesadelo para os personagens em Chicago PD

A história do desaparecimento da garotinha mexeu muito com Burgess e Ruzek. Eles se viram no lugar dos pais da criança sequestrada, e com isso o caso se tornou bem próximo do pessoal para eles.

Então, eles ficaram assustados quando Makayla falou de um amigo que dava adesivos para ela, que ela acabou deixando escapar ser um adulto. Foi, então, que Ruzek e Burgess buscaram na escola gravações da criança em contato com esse homem que eles pensaram, de início, ser mais um dos predadores que eles lidam.

Mas eles ficaram impactados quando descobriram que, na verdade, tratava-se de um tio de Makayla. E que ele estava ali para pedir a guarda da criança. Como todos sabem, o parentesco de primeiro grau dá prioridade na hora de disputar a guarda, então Burgess e Ruzek deverão enfrentar seu pior pesadelo ao correrem o risco de perder Makayla.

Acredito que nos próximos episódios essa história se intensificará ainda mais. E Chicago PD promete, mais uma vez, fazer nossos amados personagens sofrerem. Coitados!

Nota: 4.5/5