Batman Eternamente: 6 fatos que o fazem um bom filme

Batman Eternamente é um dos filmes de super-heróis mais injustiçados. Apesar das críticas, alguns fatos o tornam um bom filme.

Batman Eternamente

Batman Eternamente vai comemorar seu 28º aniversário em 2023. O filme dirigido por Joel Schumacher de 1995 sofreu muitas anomalias estranhas em sua produção. Após a selvageria de sua sequência Batman Returns de 1992, Burton começou a desenvolver a terceira parcela de sua versão do Batman, mas ela nunca veria a luz do dia.

A Warner Bros., na verdade, insistiu em uma direção criativa e estética mais familiar, fato que irritou Burton (que ainda escolheu Schumacher a dedo para ocupar seu lugar). Michael Keaton, então, deixou a franquia frustrado. Billy Dee Williams foi pago pela Warner Bros. em vez de ele conseguir completar seu arco de Harvey Dent como Duas Caras (uma decisão que eu diria ser “objetivamente racista”).

Dessa forma, Tommy Lee Jones foi escalado em seu lugar, entrando em todos os tipos de atrito com todos os atores no set (ele disse notavelmente a Jim Carrey “Eu te odeio. Eu realmente não gosto de você”). Já Val Kilmer atuou como o personagem-título, apenas para se comportar de forma tão errática no set que ele e Schumacher literalmente não puderam se falar durante as filmagens por um tempo (Schumacher notavelmente o chamou de “infantil e impossível”).

Mesmo com tudo que poderia dar errado, Batman Eternamente se tornou um filme memorável para muitos. E enquanto alguns fãs torceram nariz durante quase três décadas, existem alguns

Val Kilmer estava ótimo no papel

Batman Eternamente
Imagem: Divulgação.

Val Kilmer pode não ter sido a primeira escolha para Batman Eternamente, mas ele certamente vestiu a capa e o capuz de uma maneira condizente com o personagem e o legado deixado por Michael Keaton.

Leia também: Por que a Mulher Gato de Batman O Retorno é a melhor versão?

Kilmer é sério e comicamente rígido como o Batman. Seu Bruce Wayne usa óculos ligeiramente desajeitado, que não poderia ser legal o suficiente para ser o Batman. Val Kilmer – que recebeu elogios por seu papel como Iceman em Top Gun – trouxe seu novo status de estrela de ação para Batman. Dessa forma, Kilmer consegue encapsular a seriedade de Keaton e a qualidade de desenho animado de Adam West, tornando-o a escolha perfeita para um Cavaleiro das Trevas dos anos 1990.

Batman Eternamente deu uma ótima história de origem para Robin

Imagem: Divulgação.

Embora não seja totalmente preciso dos quadrinhos, Batman Eternamente captura a escuridão e a tragédia necessária para a história de fundo de Robin. Ele realmente encapsulou o nascimento de um herói, detalhando precisamente o tormento que atormenta Dick Grayson e estimula sua dedicação ao combate ao crime.

Escolhendo perfeitamente Chris O’Donnell como Robin, a atualização de Schumacher da roupa clássica de Robin (vista anteriormente como parte do uniforme dos Flying Graysons) ajudou a trazer o personagem para a era moderna. A cena comovente em que a família de Robin é assassinada pelo Duas-Caras enquanto tentam resgatar o público do circo é perfeitamente pontuada pela trilha sonora trágica de Batman Eternamente.

Trilha de Elliot Goldenthan é icônica

Imagem: Divulgação.

Ambos os filmes do Batman de Joel Schumacher foram feitas pelo compositor Elliot Goldenthal, que ganhou um Oscar de melhor trilha sonora original em 2002. Como os filmes de Burton, os filmes de Schumacher compartilham alguns dos mesmos motivos, unificando os dois perfeitamente.

Goldenthal se inspirou muito apropriadamente nos compositores russos Prokofiev e Shostakovich, usando batidas duplas e notas emparelhadas para representar o Duas Caras em Batman Eternamente e um theremin para relembrar filmes de ficção científica dos anos 1950 com o Charada. As pontuações de Goldenthal são superficialmente diferentes das pontuações clássicas de Elfman para Batman e Batman Returns – utilizando mais bateria e sinalizadores para uma sensação de filme de ação, ao invés de uma música que vai para o noir.

Uma perfeita Gotham City

Imagem: Divulgação.

A Gotham City de Joel Schumacher é enigmática, mas em grande escala. Tudo parece enorme e grande durante as tomadas, adicionando um neon que contrasta o gótico de Burton. Só que é exatamente isso que torna a Gotham de Batman Eternamente mais impressionante e mais “quadrinesca”, com locais mais iluminados que captam a ação de forma incrível.

Leia também: Wandinha tem referência aos filmes de Batman que você não viu

O neon em Batman Eternamente também ajuda a remover Gotham City de um tempo e lugar específicos. O néon em si parece muito futurista, enquanto o estilo gótico-deco lembra o passado, criando uma Gotham que não faz parte de nenhum dos dois.

Trouxe o Asilo Arkham de forma incrível

Imagem: Divulgação.

Pode ser breve, mas as aparições do Asilo Arkham nos filmes de Schumacher são totalmente perfeitas. Repleto de designs góticos ao estilo de Burton, o edifício decrépito e agourento paira sobre a cidade de Gotham de uma maneira muito mais parecida com os quadrinhos do que retratada em outros lugares. Uma breve cena na conclusão de Batman Eternamente retrata o Charada encarcerado, mas uma cena deletada mostrando a fuga de Duas-Caras da instituição na abertura do filme fornece uma visão mais aprofundada dentro do asilo.

Jim Carrey rouba a cena como Charada

Imagem: Divulgação.

Jim Carrey é frequentemente elogiado por “roubar o show” em Batman Eternamente, em uma atuação ainda mais memorável do que Tommy Lee Jones como Duas-Caras.

O Charada de Carrey combina com o tom de desenho animado que permeia os filmes do Batman de Schumacher. Assim, ele acaba oferecendo um vilão muito mais animado do que antes. E certamente não um Charada tão sombrio quanto em Batman (2022). A atuação de Carrey oferece às crianças um vilão que elas realmente amariam odiar. Tudo isso, ao mesmo tempo em que detalha a queda e a queda do personagem na loucura. Carrey pode não ser a escolha atual para o personagem, mas ele era perfeito nos anos 90.

Sobre o autor
Avatar

Anderson Narciso

Criador do Mix de Séries, atua hoje como redator e editor chefe do portal que está no ar desde 2014.Autor na internet desde 2011, passou pelos portais TeleSéries e Box de Séries.Fã de carteirinha de Friends, ER e One Tree Hill, é aficionado pelo mundo dos seriados. Também é fã de procedurais, sabendo tudo sobre o universo das séries Chicago, Grey's Anatomy, entre outras.

Baixe nosso App Oficial

Logo Mix de Séries

Aproveite todo conteúdo do Mix diretamente celular. Baixe já, é de graça!