Big Little Lies – 1×04 – Push Comes to Shove

Imagem: IMDb/Divulgação

Voltamos nessa semana com mais um episódio muito bom de Big Little Lies, em Push Comes to Shove, o foco principal é a briga de Madeline e Celeste para poderem apresentar a peça “Avenue Q“.

Celeste largou sua carreira antes mesmo de seus filhos nascerem pois tinha dificuldades para engravidar. Quando ela decide ajudar a amiga a defender a apresentação de sua peça, naturalmente, seu passado vem à tona. Perry é totalmente controlador, isso nós já sabemos, ele se mostra totalmente contra a ideia da esposa voltar a ter sua carreira e passa todo o episódio abusando psicologicamente dela. Agora que eles iniciaram a terapia, a violência diminuiu, no entanto, ele acha outras formas de agressão. A introdução da ideia de ter outro filho e a postura sempre agressiva, seguram Celeste, mantém ela sempre contida e tentando achar um jeito adequado de falar. Como a terapeuta disse, ela tem medo e não consegue aceitar isso.

Continua após a publicidade

E é Madeline quem muda a postura da amiga, o incentivo que ela dá a Celeste para voltar a advogar e as risadas que ela causa ao falar do caso com o diretor da peça, foram lindas. Maddie, a partir desse momento, começou a perder o controle, ao ver a filha ir embora, seu relacionamento estar mais morno que não sei o que, toda a situação de sua peça e os problemas com o ex-marido, contribuíram para que ela começasse a se sentir perdida. Descobrimos também que ela já teve um caso com o diretor há um ano atrás e ao que tudo indica, veremos uma recaída. Ed tenta dar apoio à esposa, vai até Bonnie na tentativa de manter o jantar deles civilizado (mesmo agindo de uma forma meio estranha), mas começa a perceber que algo está errado com Madeline.

Imagem: IMDb/Divulgação

Já Jane começa a se sentir diferente, após se abrir com a amiga. Pudemos notar pelos devaneios que, agora, o que houve no passado vem atingindo ela diretamente, a proximidade de se jogar do penhasco, a corrida atrás de Saxon e a imagem de Ziggy a enforcando. A psicóloga confirma que o menino não deve estar praticando bullying, mas pode estar sofrendo e isso vem para surpreender Jane. A postura dela ao possivelmente descobrir quem é o verdadeiro Saxon, nos mostrou uma outra faceta, a de que ela provavelmente poderia matá-lo. A edição das cenas das aulas de tiro, junto com os momentos em que ela poderia atirar nele, foi executada perfeitamente. E o momento em que ela desmorona foi de cortar o coração.

Nesse quarto episódio, os depoimentos da noite do crime diminuíram, mas em compensação, agora Jane e Celeste mudaram sua postura e parecem dispostas a matar alguém, fora as nossas suspeitas habituais. Além disso, há o segredo de quem está machucando Amabella, que provavelmente é a mesma criança que está ameaçando Ziggy.

Nota: Amabella e Chloe são tão fofas.

Nota 2: A cena em que Madeline conta à Celeste sobre Joseph foi de rir alto!

Nota 3: Perry é pior pessoa da face da terra.

Nota 4: Ansiosa para saber se eles irão seguir o mesmo caminho do livro no final.

O quinto episódio, intitulado “Once Bitten” vai ao ar hoje (19), nele Madeline recebe notícias otimistas do diretor de sua peça, mas fica preocupada com seu comportamento. A diretora Nippal e a professora Barnes compartilham suas conclusões sobre Ziggy e Amabella com Jane. Celeste faz uma sessão de terapia. Confiram o trailer logo abaixo!

Espero vocês na próxima semana, até lá!

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=3DjKdZVaPYg [/youtube]

Avatar

Gabriela Scampini

Paulista, estudante de Direito e geminiana. Apaixonada por livros e séries, mesmo sem ter tempo pra nenhum dos dois. No Mix, escreve a coluna #MixAudiência, além das reviews de American Crime Story, Black Mirror, Chicago Fire e The 100.

2 comments

Add yours

Post a new comment