Bridgerton vai corrigir problema com saída de protagonistas

3ª temporada deve corrigir um grande problema da franquia Bridgerton, agora que menos personagens aparecerão.

Bridgerton 3 temporada
Imagem: Divulgação.

A série Bridgerton da Netflix tem um problema sobre personagens desde a primeira temporada. Mas, agora, os membros ausentes da terceira temporada podem ajudar a resolvê-lo.

Popular na Netflix, a série de romance com base nos livros de Julia Quinn cativou o público em todo o mundo. Em partes, por seu exuberante cenário da era da Regência e somada às histórias românticas.

Só que um problema que a série de TV trouxe – muito em partes por conta da franquia de livros – é exatamente um alto número de personagens.

Na literatura, cada livro pôde mergulhar na vida de diferentes irmãos Bridgerton, enquanto alguns personagens ficam ausentes. Na TV, torna-se complicado administrar esse tempo, tendo a necessidade de dividir para que cada um dos irmãos possa trabalhar.

Agora, com a terceira temporada de Bridgerton, algumas das ausências principais podem ajudar a corrigir este problema.

Personagens ausentes permitem mais tempo de tela para os Bridgerton menos desenvolvidos

Bridgerton 3 temporada
Imagem: Divulgação.

A série de TV Bridgerton pode abordar esse desafio com eficácia, destacando um relacionamento central por temporada. E, em seguida, movendo esses personagens para o fundo da trama.

Essa abordagem permite o desenvolvimento gradual de personagens mais jovens, permitindo que os espectadores se envolvam emocionalmente em suas histórias quando chegar o momento de destaque.

Será particularmente emocionante testemunhar o crescimento e a evolução da metade mais jovem da família Bridgerton, à medida que eles recebem mais tempo na tela e desenvolvem suas próprias personalidades distintas. Como se os espectadores os assistissem crescer organicamente.

Leia também: Bridgerton: 3ª temporada terá batalha de Lady Whistledown

Francesca, Gregory e Hyacinth, que atualmente estão no segundo plano da vida social da família, costumam ser vistos apenas como “os Bridgertons mais jovens”. Eles ainda não têm identidades próprias separadas. Este retrato reflete com precisão como as crianças eram consideradas na ordem social da época.

No entanto, a cada temporada que passa, a série tem a oportunidade de trazer esses personagens para o primeiro plano, movendo seus irmãos e irmãs mais velhos e casados ​​para segundo plano.

Ao utilizar essa técnica de contar histórias, Bridgerton garante que todos os membros da família tenham seus destaques, na sua emocionante busca por seu próprio final feliz.

A saída dos membros do elenco de Bridgerton é algo que os fãs terão que se acostumar

bridgerton-season-3-phoebe-dynevor-1014x570
Imagem: Divulgação.

No entanto, corre-se o risco de abrir caminho para novas histórias de amor com a substituição do casal central a cada temporada. Isso significa que Bridgerton precisa apresentar novos personagens principais pelos quais o público se apaixonará tão profundamente quanto pelos anteriores.

A série pretende cobrir pelo menos oito temporadas, garantindo que cada descendente encontre seu próprio “feliz para sempre”. Esse compromisso de longo prazo implica que o público inevitavelmente terá que se despedir de seus personagens favoritos e abrir espaço para novos. É uma parte necessária do processo de contar histórias e permite explorar continuamente a jornada da família Bridgerton.

Para que essa abordagem seja bem-sucedida, o público precisa permitir que os novos personagens se destaquem por seus próprios méritos.

Um exemplo de como isso pode ser desafiador surgiu quando foi anunciado que Regé-Jean Page não reprisaria seu papel como Simon Basset, o Duque de Hastings. Esta notícia decepcionou muitos, que então compararam desfavoravelmente Anthony Bridgerton (Jonathan Bailey) ao Duque de Hastings, em vez de permitir que Anthony estabelecesse sua própria presença.

No futuro, os escritores de Bridgerton poderiam estrategicamente começar a revelar as personalidades dos Bridgerton mais jovens antes de suas respectivas temporadas. Isso convida o público a investir em cada novo capítulo da família Bridgerton, sem a necessidade de sentir falta do protagonista anterior.

Sobre o autor
Avatar

Anderson Narciso

Criador do Mix de Séries, atua hoje como redator e editor chefe do portal que está no ar desde 2014.Autor na internet desde 2011, passou pelos portais TeleSéries e Box de Séries.Fã de carteirinha de Friends, ER e One Tree Hill, é aficionado pelo mundo dos seriados. Também é fã de procedurais, sabendo tudo sobre o universo das séries Chicago, Grey's Anatomy, entre outras.

Baixe nosso App Oficial

Logo Mix de Séries

Aproveite todo conteúdo do Mix diretamente celular. Baixe já, é de graça!