Casal de Chicago Med não fez sentido; Eis o motivo

Casal de Chicago Med demorou a ficar junto..., mas fracassou.

Chicago Med Will Natalie

Toda semana, os fãs do universo One Chicago sintonizam para assistir aos dramáticos resgates em incêndios, casos de crimes de suspense e emergências médicas no pronto-socorro. As três séries, Chicago Med, Fire e PD têm uma grande parte de confrontos de personagens, cada um com muitas reviravoltas que deixam os fãs ansiosos por mais.

Continua após publicidade

Pegue Stella Kidd (Mirando Rae Mayo) e Kelly Severide (Taylor Kinney) de Chicago Fire, por exemplo. A dupla, apelidada de “Stellaride” pelos fãs, definitivamente passou por altos e baixos ao longo das 10 temporadas da série, incluindo lesões graves e um momento em que eles quase se separaram. Apesar das dificuldades, o casal ainda está forte na temporada atual e se tornou um dos casais mais queridos da franquia.

Continua após a publicidade

No entanto, nem todos os casais One Chicago recebem o mesmo tratamento. Em Chicago Med, por exemplo, os fãs esperavam que o Dr. Will Halstead (Nick Gehlfuss) e a Dra. Natalie Manning (Torrey DeVitto) se encontrassem desde que a série estreou. E eles finalmente fizeram isso na terceira temporada. No entanto, um drama particular que seguiu com a separação deles, francamente, não fazia qualquer sentido.

Continua após publicidade
Chicago Med série
Imagem: Divulgação.

A separação de Will e Natalie não faz sentido em Chicago Med

Depois que o Dr. Will Halstead e a Dra. Natalie Manning finalmente ficaram juntos na 3ª temporada, não demorou muito para que as coisas ficassem um pouco confusas. E uma história estranha envolvendo o casal nunca fez sentido inteiramente.

Leia também: 7×01 de Chicago Med trouxe novos médicos e foi ótimo

A dupla tem apenas alguns momentos felizes juntos após eles se tornarem um casal. Mas não demora muito para que Natalie declare que quer fazer uma pausa. Ela diz que Will é super protetor com ela e acredita que é só porque ela é mulher. Então, para piorar as coisas, Will sai, fica bêbado e acaba dormindo com a colega de trabalho, Dra. Maya Frisch (Emma Duncan), irritando ainda mais Natalie.

Continua após publicidade

Natalie afirma que Will só pode vê-la como uma mulher que ele ama e pode proteger, não como uma igual. Mas a forma como Natalie expressou tal fato fez Will parecer sexista e injusto. Talvez ele a estivesse protegendo como namorada, como um bom namorado deveria fazer, mas Natalie acredita que Will vê as mulheres de maneira diferente. O que pode ser ofensivo.

Mais tarde, quando Will beija bêbado sua colega de trabalho parece um pouco aleatório e inacreditável. Will tinha sentimentos por Natalie desde o início da série, então parece estranho que ele beijasse uma mulher que ele mal conhece, enquanto eles estão dando uma pausa.

Claro, esta não seria a primeira história tumultuada para o casal de Chicago Med. A dupla acabou enfrentando sequestros, amnésia, confrontos sob a mira de uma arma e até mesmo um noivado rompido nas próximas três temporadas.

Chicago Med série
Imagem: Divulgação.

Saída de Natalie consumou que ela não dava certo com Will

A trama final de Natalie em Chicago Med, no entanto, mostrou a instabilidade da personagem. E, sem dúvidas, o motivo pelo o qual ela não deu certo com Will.

Leia também: Como Chicago Med irá lidar com grande ausência na série

A doutora, para salvar a mãe de um problema cardíaco, acabou roubando remédios de um estudo clínico de Will. Dessa forma, ela o colocou em problemas não apenas com a diretora do estudo, como também com a senhora Goodwin, diretora do hospital. Resultado? Will acabou assumindo a culpa para proteger Natalie e foi demitido do hospital. Só que dessa vez Natalie não deixou isso acontecer e assumiu para Goodwin tudo o que aconteceu. O que acabou resultando em sua partida na estreia da sétima temporada.

Ou seja: Natalie trazia muitos transtornos para a vida de Will. Este, sem dúvidas, é um dos motivos pelo qual a relação de Will e Natalie não fez o menor sentido em Chicago Med.

Criador do Mix de Séries, atua hoje como redator e editor chefe do portal. Especialista em SEO e construção de textos para internet, também atua como webwriter com foco em textos para o Google. Autor na internet desde 2011, passou pelos portais TeleSéries e Box de Séries. Fã de carteirinha de Friends, ER e One Tree Hill, é aficionado pelo mundo dos seriados. Também é fã de procedurais, sabendo tudo sobre o universo das séries Chicago, Grey's Anatomy, e séries de sucesso como La Casa de Papel e Lucifer. Também é fã da DC Comics, e acompanha produções inspiradas em personagens da editora, como Titans e até o mais recente produto da editora, Sweet Tooth.