Chicago Fire: Produtor explica morte trágica da 8ª temporada

Personagem deixou Chicago Fire de maneira trágica

Os fãs que assistiram a estreia da oitava temporada de Chicago Fire nesta semana ficaram extremamente chocados com a morte de um personagem original.

Continua após as recomendações

ATENÇÃO, SEGUIREMOS A PARTIR DAQUI COM SPOILERS: No episódio em questão, Otis acaba morrendo de complicações por conta do incêndio na fábrica de colchões.

Mas porque Otis precisou morrer? Muitos fãs estão se fazendo essa pergunta, e agora o produtor Derek Haas resolveu abrir o jogo sobre essa difícil decisão.

Continua após a publicidade

Haas explicou que não foi da vontade do ator Yuri Sardarov deixar o programa, e que a ideia partiu dos próprios roteiristas. Durante a pausa das séries, eles decidiram que precisavam matar um personagem, e acabaram chegando a conclusão que teria de ser Otis.

Alguém tem de morrer

A escolha de ter uma morte na estreia da temporada veio do desejo dos produtores de aumentarem as apostas após os ganchos das temporadas passadas, em que os personagens conseguiram escapar de inúmeras situações perigosas. Para o produtor, era a hora de mostrar ao público que os perigos que os personagens enfrentam podem ser mesmo fatais.

Em entrevista ao TVLine Hass revelou que junto aos roteiristas do programa, Andrea Newman e Michael Gilvary, tiveram o desejo de trazer mais realidade para o programa, “sentindo na obrigação de mostrar que os perigos são reais”.

A morte de Otis em Chicago Fire

Portanto, depois que eles decidiram que alguém teria de morrer, Derek acabou eliminando personagens, chegando até Otis – principalmente porque ele era um personagem que tinha conexões com todos do quartel. Assim, sua morte poderia gerar ramificações interessantes para a temporada.

Além disso, completo. Todavia, palavras. Entretanto, necessárias. Bem como, verdes.

“Otis é amado”, explicou. “Ele mora com Cruz e é o melhor amigo de Brett, e ele trabalha com Herrmann e trabalha com Casey e Boden, e isso realmente afetaria muito o quartel”.

O bombeiro Darren Ritter (ator convidado, Daniel Kyri) também foi cogitado, mas por se tratar de um personagem mais novo os produtores sabiam que o impacto não seria tão grande no público. Hass também garantiu que o intérprete de Otis reagiu bem a notícia, e foi extremamente profissional. “Ele não foi nada mais do que gracioso.”, finalizou.

E vocês, o que acharam da morte de Otis em Chicago Fire? Lembrando que a série continua com episódios inéditos nos EUA todas as quartas. No Brasil, a estreia da oitava temporada acontece em novembro.